Legislativo

Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 17h:23 | Atualizado: 03/12/2019, 17h:33

CUIABÁ

Câmara autoriza Emanuel financiar R$ 100 mi no BNDES para asfaltar bairros

Assessoria

Misael Galv�o

O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Misael Galvão, durante ssessão plenária

Por 17 votos a sete, a Câmara aprovou projeto de lei que autoriza o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), realizar contratação de crédito junto ao BNDES no valor de R$ 100 milhões. A mensagem encaminhada em outubro foi justificada pelo chefe do Poder Executivo municipal pela necessidade de pavimentação de 19 bairros da Capital.

O valor será investido no programa Minha Rua Asfaltada, implantado em 2017. A estimativa é que 55 km sejam pavimentados. O valor também deverá ser empregado em obras de infraestrutura complementar de drenagem pluvial e calçadas.

Este é o segundo financiamento aprovado este ano. Em junho, o prefeito emprestou R$ 125 milhões junto à Caixa Econômica Federal para aplicar em obras de infraestrutura e mobilidade urbana. O empréstimo passou a comprometer R$ 3 milhões do orçamento mensal da prefeitura para quitar a operação de crédito.

Em 2018, o prefeito conseguiu aprovação da Câmara e contratou R$ 51 milhões junto ao Banco do Brasil para a construção de dois viadutos. O parlamento municipal autorizou a contratação de mais US$ 115 milhões junto a Corporação Andina de Fomento (CAF), para inicialmente aplicar no Programa Cuiabá 300 anos. À época, o valor do empréstimo em dólar equivaleria a pouco menos de meio bilhão de reais. 

O pedido ainda segue em Brasília, mas Emanuel já justificou que não vai mais precisar do recurso para as obras do programa em específico. Por outro lado, disse também não abrir mão do recurso, que pode ter a finalidade alterada e ser aplicado em outras obras.

Se concretizada a operação de crédito junto ao BNDES, Emanuel terá realizado ao longo de sua gestão à frente da Prefeitura, a contratação de R$ 276 milhões em financiamentos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Terça-Feira, 03 de Dezembro de 2019, 17h50
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

Redes sociais, lives e efeito colateral

Em tempo de coronavírus, as redes sociais têm sido fundamentais para disseminar informações. As plataformas são utilizadas, por exemplo, para realização de coletivas, mas, nesta segunda (6), houve um efeito colateral. O governador Mauro Mendes e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo foram "vítimas" de ferramenta de animação do Facebook. Os dois falavam sobre ações para combater a doença...

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.