Legislativo

Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 20h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Barra do Bugres

Câmara cassa Orlando pela 2ª vez

Orlando Chaves em discurso da tribuna da Câmara nesta segunda   Por sete votos a um, a Câmara de Barra do Bugres cassou nesta segunda (25) o mandato do vereador Orlando Cardoso Chaves, o Orlandinho (PV). A decisão foi lida por volta das 19h45. Apenas Eurico Faria dos Santos (PRB) votou a favor do parlamentar do PV. Esta é a segunda vez que Orlandinho tem o mandato cassado pelo plenário. A primeira foi em 2007, quando presidia a Mesa Diretora. Na época, ele foi reconduzido ao cargo por decisão do Tribunal de Justiça, que anulou a sessão de julgamento. Desta vez, a história deve ser diferente. Isto porque a Comissão Processante conta com a assessoria jurídica da advogada Débora Simone da Rocha Faria, tida como uma das melhores especialistas em Direito Processual do Estado.

   Orlandinho foi denunciado em outubro de 2009, pelo representante do Conselho Municipal de Habitação, ex-vereador Arlindo Bezerra dos Santos, de 65 anos. “O vereador me acusou de manter com o Poder Executivo relações espúrias, afirmando que eu estaria mamando nas tetas da prefeitura e proferiu contra mim palavras de baixo calão”, relata o eleitor. As ofensas teriam sido proferidas por Orlandinho durante uma sessão da Câmara, em 1º de outubro de 2009, com transmissão por emissoras de rádio e televisão. “Os xingamentos foram lançados aos quatro cantos da cidade”, reclama Arlindo.

   A sessão de julgamento deveria ter ocorrido na última sexta, mas foi adiada, pois o vereador desapareceu, numa manobra para protelar a sessão. Nesta segunda, ele compareceu à Câmara Municipal, ao lado da advogada. O vereador ficou conhecido na década de 80 por arquitetar a tentativa de sequestro do então deputado estadual Renê Barbour (já falecido).

   Em 2007, Olandinho foi cassado por 6 votos a 3 sob acusação de superfaturamento. Ele teria comprado nada menos de oito mil cartões para aparelho celular, 17 mil litros de gasolina para um único veículo da Câmara e quatro baterias num mês para o mesmo carro.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • o filho | Segunda-Feira, 08 de Fevereiro de 2010, 20h35
    0
    0

    esse e pra a queles k achao k orlandinho ta certo e se fosse seu pai k ele teria chingado e ai

  • João | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 13h47
    0
    0

    João, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Nelson Brito | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 16h31
    0
    0

    Eu conheço o Orlandinho, é tanta safadesa, nessa Câmara de Barra do Bugres, que o Orlandinho, com todos os seus defeitos, ainda é o melhor, pelo menos denuncia, as falcatruas e os gastos desnecessários existentes nos poderes Executivo e Legislativo. A unica obra que estão realizando com recursos próprios é o corte das arvores existes nas avenidas da Cidade.

  • Ana | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 08h39
    0
    0

    O veredor se quer se defendeu apenas lançou acusação para todos os lados , se pensasse antes de abrir a boca não seria cassado

  • Junior | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 07h57
    0
    0

    O vereador Orlandinho ser caçado já era esperado , o que esta fora de controle é a revolta popular pela situação criada pelos outros vereadores, todos acertados com o prefeito a vereadora Juza tem a familia inteira trabalhando na saude do municipio , o vereador Jova tambem, assim como os vereadores Jamil , e Luiz Contalex , esse ultimo ainda na ocasião da cassação foi denunciado por crime de assédio sexual por uma ex funcionária no ato da seção. A coisa esta feia em nosso municipio precisamos urgente de uma intervenção do estado, é maquina publica na fazenda do Sr. Rene Barbour fazendo rede de agua para as vacas , na fazenda do presidente do partido do prefeito o PDT fazendo tanques e aterro, 10 represas de peixe na fazenda do secretario de obras, a gestão esta sem controle , são mais de quatrocentos funcionários pagos ilegalmente por recibo , desses alguns recebem por vários empregos mas não trabalham em nenhum, médicos que não existem com salário de R$24.850,00 mensais...... isso é só o começo ... Socorrooooooo

  • Osder silva | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 20h27
    0
    0

    Osder silva, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.