Legislativo

Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 14h:08 | Atualizado: 26/03/2020, 18h:02

CORONAVÍRUS E AFASTAMENTO

Câmara de Cuiabá aprova sessões virtuais durante crise; ausência pode ter punição

Assessoria

Misael Galv�o

O presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão, durante sessão realizada na manhã desta 5ª, por meio de videoconferência entre os vereadores

A Câmara de Cuiabá aprovou na manhã desta quinta (26) resolução que institui as sessões virtuais ordinárias a cada 15 dias, sem necessidade de convocação. A proposta foi votada em regime de urgência por meio de uma sessão por teleconferência. A iniciativa foi do presidente Misael Galvão (PTB) e a pauta teve apenas esse item a ser votado. Participaram da sessão 24 dos 25 parlamentares, somente o Doutor Xavier (PTC) esteve ausente.

As sessões ordinárias vão ocorrer nas quintas, às 9h, e continuam sendo transmitidas pelo Portal da Câmara. Ainda pode ser convocada sessão extraordinária. As ausências sem justificativa levarão a desconto nos salários.

Os vereadores suspenderam ainda o andamento das CPIs, audiências públicas e prazos regimentais.

A resolução aprovada determina que os vereadores se apresentam antes do horário da sessão para estabelecer a conexão pela internet que pode ocorrer pelo WhatsApp, redes similares ou pelo Portal da Câmara. Eles ainda têm o dever de mandar os dados atualizados tanto de e-mail, como telefone. Quem descumprir ou se ausentar sem justificativa pode ter desconto no pagamento dos subsídios.

Também ficou instituída a obrigatoriedade do teletrabalho aos servidores cujas funções se encaixem na modalidade. A resolução já passou pela Comissão de Constituição e Justiça que foi unânime.

A votação foi por maioria e apenas o vereador Diego Guimarães (PP) votou contra, sob a justificativa de que a Mesa Diretora não permitiu o debate. O regime de votação possibilitava somente que os vereadores se manifestassem por sim ou não, tendo 4 minutos ao final para manifestações. Ele chegou a apresentar emenda à resolução, mas não obteve apoio dos colegas.

PageFlips: Resolução sessões remotas Câmara de Cuiabá

Verba Indenizatória

Está longe de ser consenso entre os vereadores a possibilidade de abrir mao da VI de R$ 18,9 mil para que o recurso possa ser usado pelo Executivo em ações de combate ao avanço do coronavírus. Na primeira sessão virtual da Câmara, três vereadores anunciaram que não vão receber a verba: Felipe Wellaton (PV), Orivaldo da Farmácia (PP) e Diego Guimarães (PP) que ainda abriu mão do salário. Wellaton queria aprovar que a medida fosse imposta aos demais e encontrou indisposição entre os colegas.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • vania | Sexta-Feira, 27 de Março de 2020, 12h40
    0
    0

    pode ter???? será que algum vereador ou mesmo deputado alguma vez teve descontado suas faltas????????

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.