Legislativo

Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 10h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Avaliação

Com essa de Arruda, não vai ser fácil falar ao povo, afirma Jayme

   Ex-colegas de legenda do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), os senadores democratas Jayme Campos e Gilberto Goellner lamentaram, neste sábado (13), os crimes que levaram o governador à cadeia. Para Jayme, é uma lástima que a sociedade tenha visto um gestor recebendo propina, como revelaram as imagem gravadas sem o conhecimento do governador. Neste caso, segundo Jayme, a justiça foi feita. “Pela primeira vez na história política brasileira, um governador é detido no exercício de seu mandato. Ainda assim, acredito que a Justiça agiu corretamente”, disse Campos. O democrata Goellner é da mesma opinião e falou que vê esta prisão como qualquer cidadão brasileiro - “vergonha nacional”.

   Goellner explica que não acredita na versão de Arruda de que tudo seja uma campanha difamatória sem precedentes. Ele lastima o envolvimento de um líder político ligado ao DEM. Porém, diz que não há desgaste para o partido. “Todos os membros do DEM ficaram chocados. Não admitimos que nenhum democrata faça o que ele fez. Acho que precisam ser apuradas, não só as ações dele, mas de todos os que estão embrenhados no processo com ele”.

   Segundo Goellner, muitos políticos fazem coisas erradas, só que uns deixam vestígios e outros não. “No caso de Arruda, o vácuo foi enorme e deu no que deu. Este fato só vem a colaborar com minha ideia de saída deste segmento porque a política brasileira está corrompida”, afirmou. De acordo com Goellner, uma de suas decepções com a política é a corrupção. No entanto, depois dessa prisão, ele até cogita continuar para “ajudar a moralizar a classe”, já que existem "causas nobres" que precisam ser defendidas. “Quanto mais a investigação continuar e for mostrada à sociedade, acredito que mais isto pode inibir outros ‘Arrudas’ de fazerem o que não é certo”, concluiu.

   Para Jayme Campos, Arruda estava totalmente errado e não poderia obstruir a investigação do jeito que fez. “A prisão foi correta. Lamentavelmente ele era do DEM, mas o choque de Justiça deve prevalecer”, opinou. Segundo o senador, a atitude do governador foi puramente pessoal e não teve orientação alguma do partido. Até porque o DEM não se responsabiliza pelas ações de cada um. “Tanto que, antes da expulsão, Arruda pediu para sair”, lembrou. Segundo Jayme, o efeito Arruda vai abalar ainda mais a confiança da população em relação aos políticos. “Isso já estava difícil com os recentes escândalos envolvendo a cúpula de Brasília, com os problemas com José Sarney e o mensalão do PT. Agora, com mais essa de Arruda, não será fácil falar ao povo”, avaliou.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Juca | Quarta-Feira, 17 de Fevereiro de 2010, 17h52
    0
    0

    Não é a politica brasileira que esta corrompida caro Senadores e sim os politicos, onde a maioria no meu entender como disse o companheiro do nobre senador Jaime Campos que alguns não deixam vestigio ja o Arruda deixou um grande Vacuo; Esse senhor sabe e muito das corrupções no mundo politico, Assim como todos brasileiros sabem o que acontece vinda pela imprensa. Houve mudança senhores senadores , talvez por causa do partidarismo vocês não passam agradecer ao presidente Lula que fez desse Brasil uma verdadeira democracia onde em governos anteriores homens como Arruda e muitos outros jamais seriam mostrado e algemado e presos por atos corruptos. Não adianta Falar de educação onde num país como o Brasil tem diversos ARRUDAS dentro do senario politico .

  • heleno | Domingo, 14 de Fevereiro de 2010, 14h32
    0
    0

    senhor Rafael Amoedo, pois então acho tbém que o DEM deveria sair do governo e fazer a oposição correta, o Gilmar Fabris eu acho que ja deveria sair da politica ja esta com o dele no bolso, e o julio campos quer pegar carona com o jaime, como sempre ele fez, agora digo que tem um prefeito do DEM, pertinho da capital cuiaba que o DEM deveria pensar melhor, e se for condenado pela justiça, ser expulso do partido, isso é o minimo que o partido devria fazer para o jayme pensar em pedir votos.

  • Rafael Amoedo | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 23h43
    0
    0

    Heleno Na minha opiniao, era o DEM sob a figura dos deputados Fabris e presidente Oscar Ribeiro, que deveriam expulsar Jayme da sigla, por infidelidade partidaria, ja que o DEM pertence a base de Maggi e por isso, deve apoiar Silval. Jayme faz oposiçao a Maggi e nao segue o DEM.

  • toco1000 | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 21h43
    0
    0

    Jayme já estáva perdido,ou ele queria ser candidato em BRASILIA?

  • Pedro Paulo | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 21h18
    0
    0

    Meu povo td isto que esta acontecendo e simples pra quem vive no meio politico depois vou dizer porque! bom o Senador Gilberto so não e candidato porque ele e mão de vaca e não sabe cm e fazer politica, ganhou um mandato de graça do finado Jonas! agora vou dizer que uma campanha de Senador so tem um pequeno e sibolico valor, nao vou colocar numeros pois enche o saco de numeros, DOZE MILHÕES e pouco ou quer mais! sou um cidadão em que sonho em ser Senador ganho um misero salario, então so os grandes consegue se eleger cm Jaime Blairo Jonas Antero, agora vou dar a receita o que voces acharam do Gov. de Brasilia ele esta fazendo o correto esse e o verdadeiro fundo de campanha se não meter a mão não vai a lugar nenhum, População me desculpe mais essa e a nossa realidade vc vale o que vc tem. vc conhece algum Ze Manoel Senador isto pra não dizer Ze Mane, então abre o ZzOIÃO.

  • aldo | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 19h28
    0
    0

    jaime seja candidato a governador, para tirar esse maggi do poder....

  • marcos | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 19h27
    0
    0

    E o mensalão do PT, todo mundo esqueceu? E o dinheiro na cueca, e o envolvimento do irmão do Genoino do PT. Deixa pra lá né...

  • ADILSON | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 19h12
    0
    0

    Esse DEM a muito tempo não tem nada de moralidade...desde a época da ditadura....era ACM..e demais politicos como Maluf que é originário do antigo Arena...jaime, julio bosaipo..erma tudo farima do mesmo saco..

  • roberto | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 15h52
    0
    0

    cuidado seu jaime que sua batata esta assando

  • Rui | Sábado, 13 de Fevereiro de 2010, 15h36
    0
    0

    Ilmo. Sr. Jaime Campos! A sociedade matogrossense e brasileira espera por um gesto de generosidade sua: que tal doar metade das suas 26 fazendas para assentar alguns milhares de sem-terra!?! Todos sabem que é extremamente injusto uma pessoa só ser dono de centenas de milhares de terra enquanto milhares de pessoas lutam por um pedacinho de terra para o seu sustento. Ou será que obteve todo esse império de forma lícita, ilibada?

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.