Legislativo

Terça-Feira, 15 de Abril de 2014, 20h:23 | Atualizado: 15/04/2014, 20h:25

Câmara de Cuiabá

Comissão pede revisão da decisão de juíza; votação na próxima semana

Ficou definida na reunião dos vereadores por Cuiabá com o presidente do Tribunal de Justiça Orlando Perri, nesta terça (15), que os parlamentares vão solicitar uma reconsideração da desembargadora Maria Aparecida Ribeiro acerca da decisão de suspender a votação da perca de mandato do vereador João Emanuel (PSD). A intenção é que a magistrada reverta seu próprio despacho.

Para isso, segundo o relator da Comissão de Ética, Ricardo Saad (PSDB), o assessor jurídico da Comissão, Paulo Borges, vai solicitar pedido de “retratação”, por meio de um mandado de segurança junto às Câmaras de Turmas de Direito Público. “Entregamos todos os documentos ao presidente Perri sobre as notificações enviadas ao vereador”, explica.

Na decisão, segundo a desembargadora, os documentos encaminhados para a defesa estão incompletos, faltando cópia em DVD do vídeo obtido durante a Operação Aprendiz, deflagrada pelo Gaeco. Ela afirma ter analisado e observado que não há elementos seguros no sentido de que realmente toda a documentação utilizada para a instauração de processo foi entregue antes do início do prazo para a defesa do vereador.

Diante disso, Saad sustenta que foi entregue ao presidente da Corte as notificações solicitadas, bem como o DVD oriundo da Operação. Se a juíza voltar no despacho, o tucano explica que o próximo passo será na sessão de terça (22), onde pedirá uma reunião extraordinária a fim de ser realizada no dia seguinte, com a finalidade de votarem a perda ou não do mandato de João Emanuel.

Durante o encontro, Perri esclareceu que não havendo dolo ou má fé por parte da desembargadora, não cabe nenhuma providência de caráter disciplinar, seja na Presidência do Tribunal, ou no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Diante disso, o presidente da Câmara, Júlio Pinheiro (PTB), não deve mais pedir nenhuma providência por parte do CNJ.

Além de Saad e Pinheiro, participaram os vereadores Wilson kero-kero (Solidariedade), Dilemário Alencar (PTB), Faissal Calil (PSB), Haroldo Kuzai (Solidariedade), Juca do Guaraná (PT do B), Lilo Pinheiro (PRP), Mário Nadaf (PV) e o Professor Néviton (PTB).

Desembargadora suspende sessão de possível cassação de Emanuel

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ariosvaldez Rodrigues de Lima | Quarta-Feira, 16 de Abril de 2014, 07h44
    0
    1

    O Judiciário dever agir de maneira técnica e não política, mesmo que, às vezes, tome uma decisão errada, deve sempre se limitar às provas trazidas aos autos...

  • rosa | Terça-Feira, 15 de Abril de 2014, 22h46
    1
    0

    Esse JUDICIÁRIO é uma vergonha...é podre...por isso que a sociedade está cada vez mais desacreditada com a justiça mato-grossense.

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.