Legislativo

Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019, 18h:37 | Atualizado: 20/08/2019, 18h:47

Conselho de Ética arquiva representação, mas determina censura verbal a Medeiros

Rodinei Crescêncio

Jos� Medeiros

Deputado José Medeiros em entrevista ao Rdnews; ele se livrou do processo de cassação

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados acatou parecer do relator Luiz Carlos (PSDB-AP) e arquivou, por nove votos a dois, a representação movida pelo PSB contra o deputado José Medeiros (Podemos). No entanto, recomendou a aplicação de censura verbal ao representado.  

O procedimento instaurado pelo PSB contra Medeiros foi motivado por uma confusão entre o parlamentar mato-grossense e o deputado Aliel Machado (PSB-PR), no plenário da Câmara, durante debate sobre a Reforma da Previdência, em 24 de abril deste ano. O embate caloroso teve de ser separado por seguranças.

Na tribuna, Aliel Machado citou reportagem do jornal  Folha de S. Paulo, que relatou que o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) ofereceu benefícios a parlamentares em troca de votos pela aprovação da medida. “O governo está ofertando cargos. O governo está acertando com os deputados. Essa conversa aconteceu na reunião, na casa do presidente [da Câmara]”, disse  durante a sessão.

Em seguida, Medeiros se aproximou e chamou o parlamentar de “vagabundo” e partiu em direção ao colega. "Não nos meça com a sua régua, rapaz. Isso aqui você não vai fazer aqui, rapaz", disse o mato-grossense. O fato gerou tumulto no plenário. Deputados e seguranças da Câmara tiveram de intervir para separar a briga.

No voto, o relator afirma que a confiança depositada no Parlamento não pode ser quebrada com o rebaixamento do nível das discussões. Diz ainda que os parlamentares devem se comportar com altivez e humildade e que o comportamento de Medeiros não é o que a sociedade espera do deputado federal. Mesmo assim, solicitou o arquivamento da representação.

Para justificar a ausência da quebra do decoro, citou o exemplo de outros deputados e invocou a imunidade parlamentar. Inclusive lembrou que Bolsonaro foi representado pelo voto em homenagem ao torturador Brilhante Ustra na admissão do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), mas a representação também acabou arquivada.

Pela assessoria, Medeiros informa que não foi notificado do arquivamento. Garante que também não recebeu nenhum censura verbal por parte do Legislativo.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • GONÇALO CAMARGO | Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019, 10h34
    2
    0

    parem de dar ibope por esse louco varrido.

  • Silvia Solon | Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019, 07h57
    5
    1

    Esses são os tipos de representantes do povo matogrossense. Rachando a nossa cara de vergonha!!

  • Carlos rondonopolis | Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019, 20h07
    1
    1

    Carlos rondonopolis, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Elson Oliveira | Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019, 19h33
    7
    2

    Tchá! Já pensou se junta esse com abilinho vereador?

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.