Legislativo

Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 13h:27 | Atualizado: 11/12/2018, 09h:48

ARTICULAÇÃO INSTITUCIONAL

AL deve criar nova secretaria com custo mensal de R$ 105 mil e 9 cargos confira

Botelho também nega objetivo de usar nova estrutura para abrigar deputados estaduais não reeleitos

Rodinei Crescêncio

Eduardo Botelho

Presidente da Assembleia Eduardo Botelho nega aumento de gastos e indicações políticas 

A Mesa Diretora da Assembleia elaborou projeto de lei para criar a Secretaria de Articulação Institucional. A matéria já foi lida em plenário, mas ainda não está cadastrada no sistema informatizado do Legislativo. A expectativa é que o PL seja votado somente em janeiro quando o recesso deve ser interrompido para apreciação da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019.

A estrutura da Secretaria de Articulação Institucional contará com secretário, com salário mensal de aproximadamente R$ 18 mil, supervisor, coordenador, dois gerentes e quatro assessores. O gasto mensal da pasta será de R$ 105,7 mil, o que inclui vencimentos e auxílio-alimentação.

Nos bastidores, existe o comentário que a Secretaria de Articulação Institucional tem o objetivo de abrigar deputados estaduais que não conseguiram se reeleger. A lista inclui figuras como Romoaldo Júnior (MDB), Pedro Satélite (PSD),  Wagner Ramos (PSD), Daltinho (Patriota), Mauro Savi (PSB), Oscar Bezerra (PV), Zeca Viana (PDT), além de Gilmar Fabris (PSD) que foi indeferido pela Justiça Eleitoral e Baiano Filho (sem partido), Zé Domingos Fraga (PSD) e Wancley Carvalho (PV) que sequer foram candidatos.

O presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM), que se articula para concorrer à reeleição em 1º de fevereiro, garante que a Secretaria de Articulação Institucional não aumentará as despesas. Explica que seis cargos serão extintos na estrutura administrativa do Legislativo.

Essa conversa de abrigar deputados não reeleitos não tem fundamento. A eleição para a Mesa Diretora será em fevereiro e será a nova direção do Legislativo que fará as nomeações

Presidente da AL Eduardo Botelho

“Não serão criados cargos.  Vamos extinguir e remanejar cargos já existentes para o funcionamento da nova secretaria. No final, a  mudança garante economia de mais de R$ 105 mil por ano”, declarou Botelho ao .

Botelho também nega o objetivo de abrigar colegas não reeleitos. Segundo ele, a pasta terá 16 atribuições, entre elas,  fazer a interlocução com os demais Poderes e a sociedade, acompanhar tramitação de projetos de lei e emendas parlamentares e, manter os 24 deputados estaduais informados sobre tudo que ocorre no Legislativo.

 “Essa conversa de abrigar deputados não reeleitos não tem fundamento. A eleição para a Mesa Diretora será em fevereiro e será a nova direção do Legislativo que fará as nomeações caso a criação da Secretaria de Assuntos Institucionais seja aprovada em plenário”, concluiu.

 Salários

O secretário de Articulação Institucional receberá salário de R$ 18,2 mil. O supervisor receberá R$ 12,4 mil e o coordenar R$ 9,1 mil. Já os dois gerentes terão salário de R$ 7,3 mil, que será o mesmo vencimento dos  quatro assessores. Os nove servidores receberão auxílio-alimentação de R$ 950 cada.    

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • CIDADÃO INDIGNADO | Sexta-Feira, 18 de Janeiro de 2019, 08h52
    0
    0

    Essa Assembleia Legislativa é uma palhaçada que só!!!! 24 deputados???? Para que???? Milhões gastos!!!! 12 deputados já seriam suficientes!!!! Às patifaras seriam menos!!!!

  • Marcelo Cássio de Souza | Quinta-Feira, 17 de Janeiro de 2019, 21h01
    1
    0

    Os bons Companheiros! O Estado decreta calamidade financeira, servidores do Executivo sem receber o salário de Dezembro e o 13° dos aniversariantes de Novembro e Dezembro. Enquanto isso a Assembleia Legislativa cria secretaria para intocar deputados que não se reelegeram a custo de mais de um milhão e duzentos mil por ano e vc ai acreditando na falácia da crise!

  • Edson Justino | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 21h45
    0
    1

    Seria bom o jornalista informar melhor, o Deputado Wancley Carvalho é Policial Civil e retornará a sua função de concurso a partir de 01 de Fevereiro, foi o que ele disse dia 30/11 na Sessão Solene na AL.

  • ALDO VICENTE FILHO | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 17h54
    5
    0

    Não dá para acreditar que isso irá acontecer. O estado de Mato Grosso na situação que está, é momento de cotar gastos e vem com essa conversa de aumentar despesas. Ninguém aguenta mais isso. Um absurdo!!!!!!!

  • alexandre | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 16h59
    12
    0

    Por isso, precisa de mais 100 milhoes de aumento nos duodécimos ?

  • Antonio | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 16h50
    15
    0

    Taí o presidente que disse que os poderes iriam entrar nos cortes de gastos, agora dizer que a criação dessa secretaria não iria ter custos e que iria extinguir outras secretarias e conversar para boi dormir pois ele não quer cortar gastos coisa nenhuma, como extinguir uns cargos e criar outro, isso tudo é conversa fiada pois ele está se lixando com o governo e o funcionalismo público que estão ai sem receber o que é de direito.

  • Rosenildo | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 16h44
    16
    0

    cadê a ECONOMIA quee o Presidente tanto prega, retirando direitos de servidores CONCURSADOS para pagar regalias de COMISSIONADOS que recebem muito mais que o descrito nesta reportagem. ECONOMIA que compra Palmeiras a custos exorbitantes para embelezar a fachada da ALMT. Cadê o MP que não se pronuncia e faz um pente fino nos mais de 1.200 cargos comissionados dessa Assembleia e outros gastos inúteis como troca de placa das portas a custos fora do patamar de mercado?

  • Kleber | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 16h36
    18
    1

    O POVO DEVIA FAZER A MESMA COISA QUE OS COLETES AMARELOS ESTÃO FAZENDO NA FRANÇA, IR PARA AS RUAS, PORQUE É FÁCIL CRIAR CARGOS PARA AMIGOS, COM DINHEIRO DO POVO, ESSE PRESIDENTE FALOU SEMANA PASSADA QUE O ESTADO ESTÁ QUEBRADO.

  • Carlos | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 16h16
    3
    0

    Carlos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • DINIZ JOSÉ DE OLIVEIRA MIRANDA | Segunda-Feira, 10 de Dezembro de 2018, 16h01
    15
    0

    Isso é imoral,mais um trem da alegria na Assembléia. Cadê os novos deputados para se manisfestar contra esse desmandos do dinheiro público jogado fora.

Matéria(s) relacionada(s):

COT do Pari segue travado até 2020

padeiro_400_curtinha   A secretaria de Infraestrutura, sob Marcelo Padeiro (foto), determinou a criação de uma Comissão Técnica de Trabalhos para estudar detalhadamente o contrato e a obra do COT do Pari, que só será retomada no ano que vem. Afinal, os trabalhos de análise, seguirão até...

Nezinho, enfim, remanejado na gestão

nezinho_400_curtinha   Mesmo com reclamações sobre a maneira burocrática e os passos lentos de Nezinho (foto) no Governo, o prefeito da Capital Emanuel demorou mais de dois anos para remanejá-lo. Ex-prefeito de Livramento e amigo de longa data de Emanuel, Nezinho agora assume a Controladoria do município. No...

Natal Solidário com prêmios valiosos

francis maris 400 curtinha   O empresário e prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) lança nesta quarta, às 14h, na Assembleia Legislativa, mais uma campanha solidária em nome do Instituto Cometa, do Grupo Cometa, com sede em Cáceres e uma das maiores concessionárias de revenda do país. Em...

Sem elevar vaga de desembargador

carlos alberto 400 curtinha   O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), até concorda com a proposta de se aumentar o número de vagas de desembargadores, podendo subir de 30 para 35, por causa da elevada demanda e da necessidade de desafogar os processos na Justiça em...

Piran e avião de R$ 6 mi via o BNDES

valdir piran 400   O Antagonista revelou hoje a lista de beneficiários de empréstimos do BNDES para a compra de jatinhos da Embraer. E nela estão banqueiros, empresários, advogados e artistas. Um deles é o empresário mato-grossense Valdir Piran (foto), que captou nada menos que R$ 6,4...

Com mestrado e pronto para o retorno

jose carlos novelli 400 curtinha   Mesmo afastado da ativa por imposição do Supremo, em meio a um processo controverso baseado em denúncias sem prova, o conselheiro do TCE-MT, José Carlos Novelli (foto), segue se aperfeiçoando e ampliando conhecimentos. Acaba de receber diploma do curso de Mestrado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.