Legislativo

Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 17h:57 | Atualizado: 05/02/2019, 18h:07

Novo Congresso

Selma se reúne com Moro para apresentar Frente Ética Contra a Corrupção - confira

A senadora Selma Arruda (PSL ), juntamente com outros parlamentares, participou de reunião na tarde desta terça  (5) com o ministro da Justiça e Segurança Pública (FECC),   Sérgio Moro, para comunicar a formação Frente Ética Contra a Corrupção, no Congresso Nacional, reunindo deputados federais e senadores. A reunião aconteceu no Ministério da Justiça e reuniu mais de 10 parlamentares.

Assessoria

Selma Moro

Senadora Selma Arruda e integrantes da Frente Ética Contra a Corrupção estiveram com o ministro da Justiça Sérgio Moro para debater o combate ao crime 

Na segunda  (4), mesmo dia que a FECC foi protocolada no Congresso, Moro  apresentou um projeto de Lei Anticrime com o objetivo de dar mais efetividade no combate a três frentes principais: corrupção, crime organizado e crimes violentos.

“Fico satisfeito com essas iniciativas. Muitas dessas questões, também são as questões executivas. A própria questão da força tarefa, talvez, não sei se é necessária força de Lei. É basicamente uma vontade executiva de montar e fazer. O que a gente colocou no projeto são aquelas forças tarefas transnacionais. Que realmente precisamos de uma regulação legislativa ”, explicou o ministro da Justiça.

As forças tarefas transnacionais envolvem dois ou mais países e dependem de legislação específica. Selma , durante a reunião, se posicionou que esse é um ponto importe, especialmente para o Estado de Mato Grosso.

“Fui juíza criminal por anos e numa vara cuja a especialidade era o combate a corrupção e as organizações criminosas. Eu acho até que a nossa Frente, possa dar um olhar mais profundo e peço a sua atenção nisso, na questão sobre a fronteira seca. Em meu estado temos 750 km de fronteira seca. O fato preocupante é que ela está toda descoberta”, pontuou.    

  se mostrou satisfeito com a iniciativa e alertou sobre a necessidade do Congresso também ser uma instituição que deve ser vista como referência para a população. “Nos últimos quatro anos, começamos a perceber algumas mudanças no Judiciário. O Congresso precisa acompanhar essa mudança. Não que não tinham pessoas boas, iniciativas boas, mas era uma minoria, isso precisa ser maioria. Vejo que a Frente já uma demonstração que as coisas estão mudando”, disse o ministro. 

Com 185 parlamentares de 20 partidos, a Frente Ética tem natureza política bicameral, suprapartidária, âmbito nacional. A duração é indeterminada.  (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • alex sander | Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2019, 13h50
    1
    0

    brasil discursos,reunião, nada na pratica. desde menino vejo isso e nada mudou piorou, assistimos outros países a prosperidade e tudo andar aqui nada vai pra frente.

  • Concursada | Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2019, 12h58
    0
    1

    Selma neles! Orgulho do meu voto! Força doutora!

  • deovaldo | Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2019, 08h18
    3
    3

    Como assim assumira a """"Comissão da frente ética contra a corrupção"""" , não é a mesma que o TRE-MT Reprovou as contas de campanha por caixa 2 ...Só Brasilllllllllllllllllllllllllll,,,terra de quem desvia e nada a contece, já não tem conduta Ilibada para tal comissão...Piada né,,kkkkkkkkkkkkkkkkk,,,rindo até Blairo ser Eleito Novamente..

Matéria(s) relacionada(s):

Pleno escolhe novo desembargador

carlos alberto 190 curtinha tj   Nesta 5ª (27) o Pleno do Tribunal de Justiça, sob Carlos Alberto Alves, define quem vai assumir a vaga deixada pela desembargadora aposentada Cleuci Terezinha Chagas, que deixou o Pleno em janeiro. Ao total, 24 magistrados, da primeira quinta parte dos mais antigos lotados na Entrância Especial,...

Retorno e convidados de Rondonópolis

adilton sachetti curtinha   Apesar de ter se casado com Lidiane Campos longe de Rondonópolis, onde foi prefeito e pretende concorrer de novo ao mesmo posto, Adilton Sachetti fez questão de prestigiar dezenas de rondonopolitanos entre os 250 que receberam convite especial à festa matrimonial, realizada sábado, na pousada...

Prefeitos e dinheiro público com shows

marquinhos do dede curtinha   Algumas prefeitos estão aproveitando datas comemorativas, como o aniversário de seus municípios, para promover farra artística com dinheiro público. Em Paranatinga, por exemplo, o prefeito Marquinhos do Dedé (foto) autorizou gastar R$ 115 mil em dois shows dentro da...

Possível duelo entre Pátio e Sachetti

Em 2008, Adilton Sachetti (foto) era prefeito de Rondonópolis e, com a máquina a seu favor, tentou a reeleição e, mesmo assim, foi derrotado por Zé do Pátio. No próximo ano, 12 anos depois, os dois devem se enfrentar de novo nas urnas. Agora em posições inversas. Pátio, com o controle da máquina, buscará novo mandato. E Sachetti, pela oposição, pretende reconquistar a prefeitura para resgatar...

Situação de emergência na MT-100

As péssimas condições de trafegabilidade da MT-100, agravadas por ingerências e irresponsabilidade de empreiteiras que fizeram obras pela metade, levaram o governo estadual a decretar situação de emergência no trecho entre Torixoréu e Pontal do Araguaia e sob interferência da Defesa Civil. Com isso, está sendo possível executar obras paliativas sem licitação, uma forma de amenizar o transtorno,...

Após governador, prefeito vai à Bolívia

francis maris curtinha   Duas semanas depois do governador Mauro e dois secretários terem ido à Bolívia tratar da comercialização do gás e do fornecimento de ureia para MT, o prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) e sua vice Eliene Liberato vão fazer igual. Ambos ficarão 10 dias em...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.