Legislativo

Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2019, 13h:40 | Atualizado: 06/02/2019, 18h:35

ATUOU NA TRANSIÇÃO

Após polêmica, Fávero dispensa envolvido em escândalos no Detran de seu gabinete

Rodinei Crescêncio

Silvio Favero

Deputado Silvio Fávero (PSL) sobe escadaria do Palácio Paiaguás, onde se encontrou com o governador Mauro Mendes (DEM), no mês passado

Em uma ação para evitar desgastes logo em seus primeiros dias enquanto parlamentar, o deputado Silvio Fávero (PSL) preferiu dispensar o funcionário Dauton Luiz de Vasconcellos, que é um dos principais investigados na Operação Bereré, como pivô no recebimento de propinas no escandâlo que durou anos no Detran. 

Favero esclareceu que o ex-funcionário do gabinete do ex-deputado Mauro Savi (DEM) não trabalhará em seu gabinete. Dauton Luiz de Vasconcellos chegou a atuar no gabinete do parlamentar durante a transição.

Na segunda (4), em uma conversa informal com a imprensa no saguão da Assembleia, Savi chegou a afirmar com certo tom de orgulho que Dauton tinha conseguido manter o emprego, e que junto com outros funcionários de Savi que trabalhariam para Fávero, seria importante para ajudar o deputado novato nas tomadas de decisões dentro da Casa.

“Dauton, como servidor à disposição do então deputado estadual Mauro Savi (DEM), foi importante no processo de transição. Natural que haja esta associação, em razão do mesmo pertencer ao gabinete que ocupo atualmente”, explicou Fávero, em nota.

Conhecido como “Vampiro do Dentran”, Dauton é investigado pela Operação Bereré, que apura desvios de recursos públicos na autarquia. O servidor, que chegou a ser chefe de gabinete de Savi, seria o responsável por cobrar propinas de empresas prestadoras de serviços ao Detran e garantia dinheiro ilícito ao ex-deputado, que chegou a ser preso em razão das investigações do esquema.

Savi foi preso durante a Operação Bônus, segunda fase da Operação Bereré. Ao todo, 40 pessoas teriam sido beneficiadas pelo esquema de corrupção, que teria desviado mais de R$ 30 milhões ilicitamente, conforme estima o Ministério Público Estadual (MPE).

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Vilmar Santos Silva | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 19h29
    0
    0

    Ufa!! ainda bem que conseguiu ver o erro a tempo e corrigir deputado,contratar alguém que está sendo investigado para trabalhar no seu gabinete seria um erro.E aliás esse rapaz ja está a muito tempo mamando na assembléia nas costas de deputados.

  • Vilmar Santos Silva | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 09h05
    0
    0

    Vilmar Santos Silva , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • renato | Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2019, 16h47
    7
    0

    esse esqueceu que o poder passa. Isso serve para os novos indicados que ao assumir um cargo público que o mesmo é mais passageiro do que pensam

Matéria(s) relacionada(s):

Oposição tenta vencer pelo cansaço

L�dio Cabral curtinha   A oposição formada pelos deputados Lúdio Cabral (foto), Valdir Barranco - ambos do PT - e Wilson Santos (PT), que decidiu obstruir a pauta da Assembleia enquanto o Executivo não apresentar uma prosposta aos trabalhadores da educação, tentam vencer o presidente...

Boicote à audiência sobre Fethab Milho

Conduzida pelo deputado Ulysses Moraes, a audiência pública na Assembleia para debater a questão do Fethab Milho e a possibilidade de exclui-lo da taxação não aconteceu conforme o planejado por causa de boicote dentro da própria AL. A TV Assembleia, que costuma transmitir ao vivo esse tipo de debate, não o fez. Alegou que uma peça de transmissão estragou. De última hora, mudaram a sessão de local, de um...

UFMT e incompetência administrativa

myrian ufmt curtinha   A considerar as explicações do ministro da Educação Abraham Weintraub sobre corte de energia elétrica da UFMT, a reitora Myrian Serra demonstrou incompetência administrativa em todo processo. São seis faturas em atraso, quatro do exercício de 2018 e duas deste ano. A...

Judiciário destina R$ 3 mi para Bope

carlos alberto 190 curtinha tj   O Poder Judiciário, sob Carlos Alberto (foto), autorizou a remessa de R$ 3,1 milhões para a secretaria de Segurança. Os recursos, arrecadados em ações da 7ª Vara Criminal, vão ser usados na compra fuzis, rifles de alta precisão, submetralhadoras, coletes...

Alerta e preocupação sobre a greve

janaina riva curtinha   Janaína Riva disse nesta 2ª à noite, em sabatina no Emparedado, programa exibido ao vivo pela TV Gazeta Canal 19.1, em Cuiabá, que, numa reunião junto com o colega petista Valdir Barranco e dirigentes do Sintep, perguntou aos sindicalistas que seria mesmo o momento de deflagrar greve na...

Peça de teatro nas escolas cuiabanas

alex vieira curtinha   A Associação Cultural Cena Onze vai faturar neste ano R$ 177 mil da Prefeitura de Cuiabá, após vencer processo licitatório, com o projeto de peças de teatro. Fará apresentação em 30 escolas da rede pública municipal. Em cada espetáculo, está...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.