Legislativo

Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 08h:20 | Atualizado: 07/02/2019, 11h:37

Ex-secretário e ex-deputado são lotados na Assembleia com quase R$ 20 mil

O ex-deputado Zé Domingos Fraga (PSD) e o ex-secretário de Estado Domingos Sávio (ex-PSD) foram nomeados a cargos comissionados na Assembleia Legislativa. Eles ocuparão, respectivamente, os cargos de secretário Parlamentar da Mesa Diretora e Consultor Técnico Legislativo. Os salários são de R$ 18,2 mil.

As nomeações constam no Diário Oficial e foram assinadas pelo presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), e pelo 1º secretário, Max Russi (PSB). Os dois ficarão lotados na consultoria técnica jurídica da Mesa. Houve um erro na publicação do nome de Domingos, por isso, um novo ato sairá no diário da Assembleia.

Rdnews

Domingos S�vio e Domingos Fraga

Domingos Sávio e Domingos Fraga passam a atuar em cargos técnicos na Assembleia

Zé Domingos desistiu de disputar a reeleição em outubro do ano passado após ser flagrado em vídeo recebendo maços de dinheiro de Silvio César Correia, então chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa. Segundo a delação premiada feita por Silval e Silvio junto à Procuradoria-Geral da República, os valores eram referentes à propina paga aos deputados estaduais para aprovação de projetos de interesse do governo na Assembleia. A situação minou ainda os planos de Zé Domingos que sonhava ser indicado ao Tribunal de Contas.

Domingos Sávio foi vereador por quatro mandatos em Cuiabá. De fevereiro de 2017 até o final da gestão Pedro Taques (PSDB), em dezembro de 2018, o ex-vereador foi secretário de Estado. Ele comandou a secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec) e chegou a acumular a função com o Gabinete de Governo, onde era responsável pela articulação institucional do governo tucano. Também integrou a equipe do então prefeito de Cuiabá e hoje governador Mauro Mendes. Foi cogitada uma candidatura a deputado estadual de Domingos Sávio, mas que não se concretizou.

Secretaria 

A Assembleia chegou a elaborar, no final de 2018, um projeto para criação da secretaria de Articulação Institucional. A estrutura absorveria deputados que não se reelegeram ou não disputaram a reeleição.

Na forma original, a proposta não entrou em tramitação. A estrutura contaria com secretário, com salário mensal de aproximadamente R$ 18 mil, supervisor, coordenador, dois gerentes e quatro assessores. O gasto mensal da pasta seria de R$ 105,7 mil, incluindo vencimentos e auxílio-alimentação.

Postar um novo comentário

Comentários (30)

  • DELY | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 21h12
    3
    0

    Isso é uma vergonha...

  • jj | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 12h19
    3
    0

    ai o governo quer reduzir funcionários e colocando esses lixos com autos salários, é o fim da picada

  • Luciano Ferreira | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 10h08
    6
    0

    Esta é a verdadeira farra com o dinheiro público. Por isso que o Assembleia não aceita reduzir o duodécimo que recebe do Governo, pelo contrário ganharam foi aumento no duodécimo, pelo trabalho que fizeram de prejudicar o servidor público com a retirada de direitos e a proibição para a realização de novos concursos públicos.

  • Luis | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 07h47
    6
    1

    O pior somos nós que ficamos aqui comentando, indignados, mas esses porcarias não estão nem aí, primeiro que não leem as noticias, pois nem ler sabem, esse Zé Domingos deve ter só a 4ª série, os assessores que leem e falam para eles, afinal, ganham para isso. Nós, que realmente representamos a sociedade, deveriamos expor isso em outdoor, faixas e na mídia, para que os eleitores desses deputados que nomearam esses caras ai, fizessem a cobrança pública para seus eleitos.

  • Tico | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 07h43
    5
    0

    Lamentavelmente lamentável 🤦🏻‍♂️

  • O Atalaia | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 20h19
    5
    1

    Esse ex-secretário de Taques é mais um dos vive a custa de cargo de confiança. É mais um que ocupa vaga de emprego que poderia ser dado a um cidadão concursado e comprometido com o interesse público.

  • Jésus Barra do Garças | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 19h19
    8
    0

    pouca vergonha

  • marta | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 18h15
    6
    1

    o pior é o eduardo botelho que acoita esse povo do pedro taques na assembleia, não querem sair da teta, tem nepotismo na assembleia e ninguem ate agora falou nada...

  • Sergio Santos | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 16h57
    15
    2

    Em um país com aproximadamente 12 milhões de pais de famílias desempregados, certamente há profissionais qualificados, competentes e honestos, que seriam mais eficientes para o Estado que estes que vivem sugando da máquina pública... mas certamente daquí há 100 anos será desta forma...

  • Eleitor | Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 15h39
    10
    1

    O santo desse Domingos Fraga é forte, foi filmado recebendo maços de dinheiro e ainda foi beneficiado com cargo e salario de 18.000 mil. É por isso que defendo que a cada legislatura temos que trocar estes que são beneficiados pelos cumpadres da velha política, quero viver pra ver essa classe politica ser totalmente renovada e assim o nosso País ter Leis sérias para que políticos corruptos sejam presos e banido da vida pública.

Matéria(s) relacionada(s):

Kalil descarta candidatura a prefeito

kalil baracat curtinha   O secretário de Governo Kalil Baracat (foto), do MDB, assegura não ter nenhum projeto para disputa a prefeito de Várzea Grande e nem foi procurado pelo casal Jayme e Lucimar Campos, senador e prefeita, para debater o assunto. Pondera que ainda é cedo e que as discussões eleitorais...

Selma retribui elogio de Sérgio Moro

selma arruda curtinha   A senadora Selma Arruda (foto), que foi elogiada e utilizada como exemplo pelo ministro da Justiça  na CCJ do Senado, fez questão de expressar solidariedade a Sérgio Moro.  O ministro  está na defensiva desde que o site The Intercept começou a publicar supostas conversas com...

Cotia também quer disputar Cáceres

cotia curtinha   Surge mais um pré-candidato a prefeito de Cáceres, além dos três aliados do prefeito Francis Maris e de outros cinco pretendentes pela oposição. Trata-se de Renancildo Soares França, o Cotia (foto), filiado ao PSD. Ex-assessor do ex-federal Pedro Henry, do ex-vice-governador...

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.