Legislativo

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 10h:41 | Atualizado: 08/02/2019, 14h:23

Brumadinho

Senadores de MT assinam CPI e cobram investigação rigorosa sobre rompimento

Os três senadores de Mato Grosso Jayme Campos (DEM), Selma Arruda (PSL) e Wellington Fagundes (PR) assinaram o requerimento para a criação da CPI de Brumadinho, que foi protocolado ontem (7) com 42 assinaturas. Caberá aos parlamentares investigar as causas do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho (MG). O documento foi entregue à secretaria-seral da Mesa pelos senadores Otto Alencar (PSD-BA) e Carlos Viana (PSD-MG).

Rodinei Crescêncio

Selma Arruda, Jayme Campos e Wellington Fagundes

Selma, Jayme e Wellington ressaltam impacto de tragédia e cobram investigação do caso

Jayme cobra uma severa e rigorosa investigação para apurar os responsáveis pela carnificina em Minas Gerais. Nesta linha, pondera que as empresas mineradoras têm importância, mas precisam ter mais responsabilidade. “Nós temos que ter alguma coisa mais segura. Esse tsunami matou quase 300 pessoas”, frisa.

Para o democrata, a tendência é que seja criada uma comissão mista, visto que deputados federais também querem investigar o caso e coletam assinaturas.

 Selma, por sua vez ressalta, por meio das redes sociais, que endossou a criação da CPI porque “o Brasil cobra e precisa de uma resposta urgente”.

Na mesma linha, Wellington ressalta que a catástrofe de Brumadinho exige esclarecimentos, por isso resolveu ser signatário da CPI.  “Para buscar explicações e adotar eventuais medidas de responsabilização”.

Ocorrido em 25 de janeiro, o rompimento da barragem de rejeitos da mina Córrego do Feijão, segundo último balanço da Defesa Civil, provocou a morte de 157 pessoas. Deste total, foram identificadas 134 vítimas. As equipes ainda buscam 182 desparecidos. O balanço da Defesa Civil ainda registra a existência de 133 desabrigados, que foram retirados de suas casas, que apresentavam riscos ou foram  destruídas, tendo sido levados a hotéis. Três pessoas ainda estão hospitalizadas.

De acordo com Otto Alencar, que liderou a obtenção de assinaturas, a expectativa é de que a CPI seja instalada ainda em fevereiro. Os líderes partidários indicarão os membros logo após leitura do requerimento em Plenário, prevista para terça (12).

A CPI tem os mesmos poderes de investigação das autoridades judiciais. Os integrantes podem realizar diligências, convocar ministros, tomar depoimentos, inquirir testemunhas e requisitar informações. Segundo Otto, inicialmente deverão ser convocados os responsáveis pela fiscalização em todos os níveis, bem como representantes da Agência Nacional de Águas (ANA), da Agência Nacional de Mineração (ANM) e outros. (Com informações do Senado e da Agência Brasil).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.