Legislativo

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 17h:32 | Atualizado: 08/02/2019, 17h:44

Propostas de Moro

Selma pede o auxílio da Polícia Civil para aperfeiçoar pacote Anticrime da União

Assessoria

Selma delegados

Delegado Demerval Resende recebeu senadora Selma Arruda para debater pacote de Moro

A Polícia Judiciária Civil    (PJC) foi convidada pela senadora  Selma  Arruda (PSL), para analisar e sugerir alterações no Pacote Anticrime, apresentado  pelo ministro da Justiça Sérgio Moro, nessa semana.

A intenção da senadora, que se reuniu na manhã dessa sexta  ( 8), com toda a diretoria da PJC , é absorver  o conhecimento técnico de profissionais  da segurança pública, como os delegados, que vivenciam diariamente  as dificuldades diante da legislação vigente.

Selma    aponta que, no geral, o pacote de medidas é positivo, mas pode ser melhorado e os delegados de polícia, por exemplo, são legítimos conhecedores do Código Penal e toda a legislação criminal, podendo  com isso, contribuir significativamente com eventuais sugestões de mudanças.

“Nós aqui temos uma  visão toda própria disso tudo, visão de fronteira, de estado com grandes distâncias a percorrer, enfim, de coisas que  só  aqui que  acontecem. Por isso peço  que vocês analisem esse pacote, observem se há pontos a serem acrescentados ou suprimidos, para que, a partir daí, possamos pensar numa legislação criminal que possa realmente dar as respostas que precisamos”, enfatizou.

A senadora  adiantou também que pretende destinar, neste ano, parte de sua  emenda parlamentar para a PJC, que tem sofrido escassez de recursos e de estrutura para prestar seus serviços, especialmente nessa época, onde o Estado decretou calamidade financeira, ou seja,  descartando por tempo ainda não determinado, qualquer investimento no aparato de Segurança Pública de Mato Grosso.

“A senadora sabe muito bem como a Polícia Civil se desenvolve, da nossa importância no combate ao crime, já que no tempo em que ele foi juíza, ela viu as carências que a Polícia Civil tem passado e, agora como senadora, ela tem a oportunidade de nos auxiliar, tanto na parte da legislação, como também na parte das emendas”, observou o delegado-geral da PJC, Mário Dermeval Resende.

De acordo com ele, os delegados  têm muito a contribuir com o pacote de medidas propostas por Sérgio Moro.

“Vamos participar sim [da análise], nossa especialidade é fronteira e o combate ao crime organizado. Temos um corpo de delegados  que irá analisar essas  propostas do ministro da Justiça e então, sugeriremos e orientaremos a  senadora com base nesse estudo, para que ela faça propostas que possam fazer com que as investigações, de acordo com nossa peculiaridade, sejam melhoradas”, disse Resende. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 21h07
    0
    0

    Nunca vi a polícia civil na fronteira, seria mais eficiente dialogar com o GEFRON ou com o Comando Geral da Polícia Militar.

  • Edinei | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 19h08
    1
    0

    Senadora mal entrou já está dando lição de atuação para os demais, continua assim senadora, representando todos de Mato Grosso... Voto legítimo gestores competentes!

Matéria(s) relacionada(s):

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

Vander forte pela oposição em Tangará

vander masson curtinha   O nome mais forte hoje da oposição em Tangará da Serra, do ponto de vista da densidade eleitoral, é do empresário Vander Masson (foto), que ficou em terceiro lugar para prefeito em 2016 e, no pleito do ano passado, concorreu e perdeu para deputado federal. Filho do ex-prefeito e...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.