Legislativo

Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 14h:42 | Atualizado: 21/05/2019, 14h:49

SENADORA CASSADA

Acho engraçado brigarem por herança de defunto vivo, diz Selma sobre nova eleição

Marcos Oliveira

Selma Arruda

Selma, que foi cassada, na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor 

Com mandato cassado em abril por crimes de Caixa 2 e abuso do poder econômico, a senadora Selma Arruda (PSL) garante estar tranquila em relação a decisão que deverá ser tomada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde, segundo a parlamentar, os ministros estarão livres de “influências políticas” e sem “vícios”, que teriam cercado a decisão no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

Selma também avalia que acha “engraçado” os políticos que se articulam para se lançar a candidato ao Senado, caso seja confirmada sua cassação. “Acho engraçado as pessoas contarem com coisas que ainda não aconteceram, dividindo herança de defunto vivo. A vaidade pelo poder pode passar dos limites do bom senso”.

Entre os nomes que chegaram a se colocar como eventuais candidatos está o deputado federal Nelson Barbudo, que preside o PSL em Mato Grosso. “O Nelson disse que pode ser candidato não no sentido de passar por cima de mim, mas no sentido de que o PSL não ficará sem senador”, disse a senadora em entrevista à imprensa ontem (20).

A senadora aponta que manterá a mesma tese que utilizou no julgamento no TRE. “Não cometi caixa 2, eles pegaram gastos que tive entre março e abril, e nenhum outro candidato prestou contas do que fez em março, abril, maio e junho. E eles alegaram como se fosse caixa 2”.

A condenação foi dirimida em razão de gastos publicitários com material gráfico que Selma contratou antes do período pré-eleitoral.

Além do recurso no TSE, a defesa de Selma também aguarda resultado da análise de embargos ao próprio TRE-MT. Nesta semana, o procurador regional eleitoral Pedro Melo Pouchain Ribeiro, do Ministério Público Eleitoral (MPE), apontou que um cheque de R$ 29,9 mil, supostamente fraudado, foi incluído irregularmente nos autos da ação que culminou na cassação. Ele pediu a retirada do cheque dos autos, porém afirmou que tal valor é irrisório perto da quantidade que ela teria utilizado sem declarar à Justiça, R$ 1,2 milhão. Desta forma, se manifestou a favor da manutenção da cassação da parlamentar.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • João da Costa | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 19h12
    0
    0

    No início tinha cacique dizendo que tinha nome pra assumir a vaga, hoje esse mesmo cacique diz que se isso acontecer já tem nome pra essa "vaga", portanto, nem eles tem certeza de nada, boca calada não entra mosca "Macaco e 17".

  • joaoderondonopolis | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 17h12
    1
    0

    Já falei mais de mil vezes e vou repetir, quem está pensando ocupar a vaga da senadora Selma vai pisar na graxa e rasgar a boca no arame. Pois a senadora Selma não será cassada, até porque a senadora não cometeu nenhum crime.

  • Geraldo Andrade | Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 13h56
    2
    0

    Se a senhora mesma já fala em DEFUNTO VIVO...defunto vivo ou morto é defunto. Vivo é pior pq nada faz nem fez e pensa que ainda pode fazer. Que pensa. Assim como tantos deveria só e tão somente trabalhar conforme sua capacidade em sua lotação e/ou lugar.

  • Roberto Almeida | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 15h25
    11
    3

    A assessoria da senhora deveria orientá-la a falar menos. Cada vez que conversa com a mídia é uma lástima. A senhora não respeita o livre arbítrio, a senhora se acha no direito de controlar até a vontade das pessoas. Ponha no seu lugar.

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.