Legislativo

Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019, 14h:33 | Atualizado: 20/05/2019, 14h:37

POLÊMICA À VISTA

Jayme deve assumir Conselho de Ética do Senado para investigar Flávio Bolsonaro

Waldemir Barreto

Jayme Campos

Senador por MT Jayme Campos (DEM) na tribuna do Senado, durante sessão plenária

O senador Jayme Campos (DEM) segue cotado para assumir a presidência do Conselho de Ética do Senado. Caso a eleição para o cargo se confirme, o democrata conduzirá o processo de conduta ética contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

O  filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é investigado pelo Ministério Público por suspeita de peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa. Além disso, existem suspeitas de suposto envolvimento de Flávio com a milícia no Rio de Janeiro.

A possibilidade do democrata assumir a presidência do Conselho de Ética foi divulgada pela Revista Época neste final de semana. Entretanto, o assunto foi abordado pelo   ainda em fevereiro na matéria “Jayme assume presidência do Conselho de Ética e diz que trajetória limpa o credencia para função”.

Questionado sobre a postura que adotaria, Jayme prometeu cautela e respeito à lei. Ainda assim, evitou falar de casos concretos. "Iniciei na vida pública em 1982 e tenho 36 anos de uma trajetória política limpa. Por isso, estou apto a exercer a função de presidente do Conselho de Ética. Vou conduzir os eventuais processos de forma justa, sem açodamento e respeitando o que diz a lei. Missão dada é missão cumprida", disse. 

A presença de Jayme no Conselho de Ética não é novidade. Durante o primeiro mandato de senador (2007-2014) foi eleito e reeleito vice-presidente do colegiado.

Investigações contra Flávio 

 Há indícios de que houve no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro na Assembleia do Rio de Janeiro (Alerj) a chamada “rachadinha” - prática de servidores devolverem parte dos salários aos deputados.  

Em fevereiro deste ano, o próprio ex-motorista Fabrício Queiroz confirmou, em depoimento por escrito, que servidores do gabinete de Flávio devolviam parte do salário e que esse dinheiro era usado para ampliar a rede de colaboradores junto à base eleitoral do então deputado. O hoje senador Flávio nega que a "rachadinha" tenha ocorrido em seu gabinete (Com informações da Época).

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • CHIRRÃO | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 16h33
    0
    1

    ESSE AI TEM UMA ÉTICA INVEJÁVEL...só que nom!

  • Nunes | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 09h10
    2
    1

    Deveria investigar a morte do trabalhador, que morreu enfrente ao shopping Goiabeiras

  • Eduardo Neves | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 08h29
    1
    5

    Realmente o Jaime Campos e' um politico serio e honrado ate' que me prove o contrario.Pois ate' hoje nunca entrou em safadezas e maracutaias. Pode sim ser o Presidente da Comissao de Etica do Senado.

  • Eli Rosa | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 08h25
    1
    3

    Só espero que Jayme campo representa bem o seu povo de MATO GROSSO principalmente o de várzea Grande.

  • Edson Canzian | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 07h43
    0
    2

    Edson Canzian, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 07h34
    0
    2

    Maria, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Critico | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 02h10
    0
    2

    Critico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Lito | Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019, 15h01
    4
    2

    Quá, vem arranjo por aí. Aguardem.

Matéria(s) relacionada(s):

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

Quitados atrasados da gestão Taques

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes comemora o fato de estar fechando os 10 primeiros meses de mandato já tendo conseguido, mesmo sob crise financeira e uma série de medidas austeras para equilibrar as contas públicas, regularizar todos os pagamentos aos municípios de 2018 empurrados para sua...

Tangará, os indecisos e PSL com Caio

caio 400 tangara da serra curtinha   Em Tangará da Serra, até agora ninguém sabe para onde vão alguns partidos, como PTB, PL (ex-PR), Pros e DC. Há uma chance de que estes, que outrora foram importantes na cidade, nem lancem candidatos a vereador, principalmente porque não possuem nomes suficientes para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.