Legislativo

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 11h:02 | Atualizado: 23/05/2019, 17h:59

DERROTA DO GOVERNO

3 federais de MT votam para Coaf voltar à Economia; 4 são contra - confira placar

Rodinei Crescêncio

coaf_bancada

Acima, veja como votaram os federais de MT, segundo dados da Câmara

A bancada de Mato Grosso se dividiu em quatro votos a três na votação feita pela Câmara dos Deputados, que devolveu o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para a área econômica do governo, atualmente sob controle do ministro da Economia, Paulo Guedes. A votação ontem quarta (22) - veja como votaram todos os federais.

A medida provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), em janeiro, reorganizou os ministérios e havia colocado o Coaf no ministério da Justiça e Segurança Pública, sob controle do ex-juiz federal Sérgio Moro.

No total, foram 228 votos a favor do retorno à Economia, contra 210 pela manutenção na Justiça. Da bancada de Mato Grosso, votaram pelo retorno do Coaf a sua alocação original os deputados Valtenir Pereira (MDB), Neri Geller (PP) e Rosa Neide (PT). A favor do governo votaram Juarez Costa (MDB), Nelson Barbudo (PSL), Emanuelzinho (PTB) e Leonardo Albuquerque (SD). O deputado José Medeiros (Pode) esteve ausente da votação.

O Coaf foi criado em 1998 e é responsável por investigações relacionadas à lavagem de dinheiro a partir de informações repassadas pelo sistema financeiro sobre movimentações suspeitas de recursos. Nos últimos anos, o órgão foi importante ao alimentar a Operação Lava Jato com informações sobre as transações financeiras ilegais realizadas por agentes públicos e pessoas ligadas a eles.

Bolsonaro havia transferido o Coaf para a pasta comandada por Moro, que julgou diversos casos da Lava Jato enquanto era juiz federal. Agora, o órgão retorna à estrutura em que era alocado originalmente. A votação foi considerada uma importante derrota para o governo.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Cidadão brasileiro | Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 12h32
    2
    0

    Sérgio Moro hoje não passe de um ex-juiz, metido em um governo medíocre, sem rumo e que está colocando o país numa situação de incertezas. Não há protesto pró que resolva problemas de incapacidade ou burrice de um líder.

  • elias | Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 08h20
    4
    3

    Parabens aos 3 deputados....vai que MORO livrava o Flavio bolsonaro....laranja

  • Luiz rol | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 23h13
    1
    1

    Eu a vi que a lava jato deve continuar, assim garanto mais episódios da minha série favorita que é O MECANUSMO DA NETFLIX!

  • Carlos Miguel Feitosa | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 19h13
    6
    2

    Porque o baba ovo faltou já está arrependido,o valentão braçal. Porque não deu as caras

  • alexandre | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 15h07
    5
    9

    o COAF junto do Moro combate a corrupção, dia 26 gritaremos nosso apoio ao Moro e a operação lava jato...

  • Valdivino | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 14h56
    6
    5

    QUE VERGONHA!!!! ÉPOCA DE CAMPANHA VEM COM DISCURSO " MORALIZADOR ": TEMOS QUE MUDAR O BRASIL!!!!. Campada de lobos trajados de ovelhas, JAMMMMAIS votaremos em vocês traidores da PÁTRIA. FORA VALTENIR PEREIRA!!, FORA NERI GELLER!! e FORA ROSA NEIDE!!.

  • alexandre | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 13h53
    6
    8

    mais 1 motivo para ira para as ruas dia 26, a cada mudança de humor do Maia, as bolsas sobem...não pode elogiar o Congresso...

  • Pingos nos is | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 12h48
    15
    5

    O ministério não é "do Moro" - é do governo da República Federativa do Brasil. O Coaf não é órgão de polícia (ministério da Justiça) - é órgão de fiscalização financeira (hoje, ministério da Economia). Simples assim.

  • Marcio | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 11h44
    13
    10

    Lembram quando o PT se apresentava como o partido da ética? da honestidade? hoje, todo projeto que quer penalizar os criminosos, o PT vota pensando em seus líderes que se encontram na cadeia. A dona Rosa Neide não podia ser diferente.

  • Armindo de Figueiredo Filho | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 11h44
    11
    9

    """"V E R G O N H A """""Os que votaram contra o MORO...é PORQUE NÃO QUEREM VER O ""FIM DA CORRUPÇÃO"".....Querem navegar com ela sempre ........ OLHO VIVO nesses ""TRÊS NOBRES DISTINTOS"" políticos..........FIM DE PAPO....

Matéria(s) relacionada(s):

TCE declara prefeita Lucimar à revelia

lucimar campos curtinhas   O conselheiro do TCE Guilherme Maluf declarou à revelia a prefeita Lucimar Campos (foto), de Várzea Grande, em um processo de tomada de conta especial que aponta danos ao erário. Foram feitos pagamentos indevidos à empresa contratada Selprom Tecnologia. A esposa do senador Jayme Campos deve...

Aumento virá se MT melhorar o Ideb

mauro mendes curtinha   O governador Mauro Mendes propõe aos profissionais da Educação, que estão em greve, conceder reajuste de 7,6%, mas se o Estado atingir duas metas. E uma delas dependerá da atuação em sala de aula dos próprios educadores. Esse aumento virá quando o Executivo...

Bezerra se empolga e lança Emanuel

bezerra_curtinha   O deputado federal Carlos Bezerra, eterno presidente do MDB, fez um comentário curioso nesta terça durante o lançamento da construção de um viaduto na avenida Beira Rio, na Capital. Ele disse que políticos como ele e Emanuel têm o perfil de falar mais do que fazer. Em seguida,...

Comitiva da Bolívia e debate sobre gás

O governo boliviano vai retribuir a visita feita pelo governador Mauro Mendes em maio. Há uma pré-agenda de uma comitiva para uma reunião nesta 5ª (27) em MT, quando será debatida a retomada do abastecimento de gás natural, vendido pela Bolívia, além do fornecimento de ureia. Rafael Reis, presidente do MT Gás, diz que ainda não pode dar detalhes, mas garante que as tratativas estão avançando. Mauro, nas...

Licitações serão gravadas em Tangará

rogerio silva curtinha   Mesmo o prefeito Fabinho Junqueira se manifestando contra, a Prefeitura de Tangará da Serra e suas autarquias e também a Câmara Municipal terão agora que gravar e transmitir em áudio e vídeo todas as sessões de licitações. O projeto partiu do vereador emedebista...

Pleno escolhe novo desembargador

carlos alberto 190 curtinha tj   Nesta 5ª (27) o Pleno do Tribunal de Justiça, sob Carlos Alberto Alves, define quem vai assumir a vaga deixada pela desembargadora aposentada Cleuci Terezinha Chagas, que deixou o Pleno em janeiro. Ao total, 24 magistrados, da primeira quinta parte dos mais antigos lotados na Entrância Especial,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.