Legislativo

Quinta-Feira, 13 de Junho de 2019, 15h:01 | Atualizado: 13/06/2019, 16h:00

MODAL TRAVADO

Vereador vê “situação vergonhosa” e faz convocação para examinar obras do VLT

Nemias Coelho

Misael Galv�o

Presidente da Câmara Municipal Misael Galvão, em evento no seu gabinete, em Cuiabá

O presidente da Câmara de Cuiabá Misael Galvão (PSB) convocou os vereadores para uma inspeção nos principais pontos da obra do VLT, que esta paralisada desde 2014.  Além disso, serão inspecionados os vagões e trilhos que ainda não foram utilizados.

Segundo Misael, a intenção é de se inteirar sobre a situação do modal que está parado há muito tempo. Para tanto, o parlamentar ainda convidou os vereadores de Várzea Grande, os deputados estaduais, federais e senadores bem como membros do Tribunal de Contas e Ministério Público para participarem da “vistoria”.

Para Misael, é uma “vergonha” uma obra ter consumido mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos e não ter sido concluída. “Vergonha! Só posso usar essa palavra para definir a situação de indefinição do VLT. A obra, que prometia revolucionar o transporte público, já consumiu R$ 1,066  bilhão dos cofres públicos e está parada desde dezembro de 2014. Veja bem: parada há mais de quatro anos”, enfatizou.

O vereador ainda lembra que os vagões adquiridos correm risco de não poder ser utilizado tendo em vista a degradação devido à exposição ao sol e chuva. “A situação também não é diferente nos locais onde a obra avançou, e existe trilhos. Ferros enferrujados, postes, tubos e pré-moldados de concreto atrapalham a circulação de pedestres, que se arriscam em meio às instalações inacabadas. Corremos o risco de perder tudo e até o momento não há uma definição do Governo quanto ao assunto”.

Diante disso, Misael sugere ainda que, após as visitas, os parlamentares se reúnam com o governador Mauro Mendes (DEM) para cobrar um posicionamento.

Rescisão contratual

No último dia 6 de junho, por maioria, a Turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público Coletivo do Tribunal de Justiça decidiu pela manutenção da rescisão do contrato entre o Estado e o Consórcio VLT. Por meio de nota, o Executivo prometeu anunciar os próximos passos no prazo de 30 dias. Já a empresa responsável afirma que continua trabalhando para viabilizar o Projeto VLT Cuiabá-Várzea Grande (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • alex r | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 13h19
    2
    0

    Só há uma única forma consistindo em 2 passos: 1- entregar para empresa privada em parceria com o Estado por 20-30 anos, 2- os senhores políticos deixarem o ego de lado e trabalharem pela sociedade!

  • Luciano | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 11h23
    0
    1

    Inspeção??? Essa é a obra mais inspecionada da história!!! Emanuel Pinheiro enquanto deputado a única coisa que fez foi inspecionar essa obra, o que precisa ser feito é a troca de modal, afinal quem bancará esse imenso elefante branco?

  • VICENTE VUOLO | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 07h13
    2
    1

    Parabéns Vereador Misael por defender a nossa terra contra o mau uso do dinheiro público. O VLT é a solução para a mobilidade urbana. Forte abraço!

  • Janilda | Quinta-Feira, 13 de Junho de 2019, 16h01
    5
    0

    Socorro senhores políticos! Precisamos da SOLUÇÃO para o problema. Chega de marketing em cima disso!

Matéria(s) relacionada(s):

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.