Legislativo

Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019, 18h:16 | Atualizado: 10/10/2019, 07h:00

SINOP

Vereadores votam contra lei para proteger mulheres e são tachados como machistas

Reprodução

Arte projeto mulheres Sinop

Folder com nome e imagem dos vereadores contrários ao projeto em Sinop é divulgado pelas redes sociais

Oito vereadores de Sinop (a 503 km ao Norte de Cuiabá) estão sendo acusados de machismo após terem votado contra o projeto de lei de autoria da vereadora Professora Branca (PL), que obriga bares, casas noturnas e restaurantes a adotar medidas para auxiliar as mulheres que se sintam em situação de risco nas dependências dos estabelecimentos. A matéria  acabou arquivada e os parlamentares estão sofrendo críticas nas redes sociais.

A lista dos vereadores tachados de machistas inclui o presidente da Câmara Remídio Kurtz (PL), além de Leonardo Visera (PP), Adenilson Rocha (PSDB), Blly Dal Bosco (PL), Luciano Chitolina (PSDB), Ícaro Severo (PSDB), Joacir Testa (PDT) e Dilmair Calegaro (PSDB). Um meme com as fotos dos parlamentes já circula no Whatsapp.

Pelo projeto de lei, o auxilio a mulher será prestado pelo estabelecimento mediante a oferta de acompanhamento ao carro, outro meio de transporte como táxi ou Uber ou até mesmo comunicação à polícia. Avisos deveriam ser fixados nos banheiros femininos ou em qualquer ambiente do local, informando a disponibilidade do estabelecimento para o auxílio para quem se sinta em situação de risco.

 Além disso, os estabelecimentos deveriam capacitar os funcionários para o efetivo cumprimento da legislação. Em caso de descumprimento, o texto previa advertência e multa em caso de reincidência, cujo valor seria destinado a entidades ou órgãos que atuam na proteção das mulheres vítimas de violência em Sinop.

Diversos estabelecimentos pelo Brasil oferecem o auxílio sem necessidade de lei. Um bar chamado Red Show, localizado em Santo André (SP), foi pioneiro nessa prática criando um “drink falso" que funciona como pedido de socorro.  

Gilson Carlos de Almeida Costa

Professora Branca

Professora Branca durante seu discurso na tribuna da Câmara de Sinop, quando defendeu a aprovação de projeto em prol das mulheres da cidade

O cartaz com aviso do drink foi colado no banheiro feminino do estabelecimento. Caso alguma mulher esteja se sentindo em perigo, ela pode pedir o drink "La Penha". Assim, a pessoa que estiver trabalhando no bar irá acompanhá-la até um táxi, carro ou até mesmo chamar a polícia se for necessário.

"Ei, moça. Você está em um encontro que não está indo muito bem? Você está num encontro e a pessoa não é quem ela dizia ser? Você não está se sentindo segura? Estamos aqui para ajudar", diz o cartaz. "Não se cale. Não tenha medo. Você não está sozinha, estamos aqui para te ajudar."

Outros estabelecimentos já estão fazendo o mesmo, colando cartazes em que especificam o nome do drink que a mulher deverá pedir caso precise de ajuda.  A rede estadunidense Hooters criou o “Angel Shot”. Caso seja necessário chamar a polícia, as mulheres pedem o drink com limão.

Até o momento, apenas dois vereadores se manifestaram nas redes sociais sobre o voto contrário ao projeto  da Professora Branca. Adenilson Rocha, que é coordenador do MBL em Sinop, sem citar nomes, diz que quem o chama de machista  quer “dividir a população entre A e B",  disse que Hitler dividiu alemães e judeus e acusa seus detratores de “hipócritas”. Já Ícaro Severo alega que não é machista e sustenta ter votado favorável a diversos projetos de autoria da colega vereadora.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Bruno | Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019, 22h09
    0
    3

    Não entendi o comentário do tal machista FEMINAZI... acaso você é adepto a esta prática criminosa contra mulheres também? Em que trecho consta algo que se refere à "extorsão" do comerciante? Você acha que veio a este mundo com o único objetivo ficar rico? Pois deixa eu te bater uma real camarada, a nossa função neste mundo é essencialmente buscar a nossa evolução, o que incluiu servir ao próximo, principalmente, a quem está em uma situação de risco à sua integridade física e mental. Muito triste ver gente como você, tão pobre de espírito. Homens como você têm muito o que aprender ainda!!!

  • Feminazi | Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019, 20h24
    5
    2

    Projeto nada a ver. Mais uma maneira de extorquir o comerciante. Parabéns vereadores!

  • Gladston | Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019, 18h56
    3
    3

    Eu chamaria esses vereadores de CANALHAS, machista seria um elogio à eles!

Matéria(s) relacionada(s):

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

Entrevistando uma aliada vitimizada

dito lucas 400 curtinha   Selma Arruda aceitou gravar entrevista para o programa Roda de Conversa, apresentado por Dito Lucas (foto) e que estreia hoje à noite, na TV Gazeta de Cuiabá, desde que fosse em sua casa, em Chapada dos Guimarães. E assim foi feito. A senadora cassada ficou bem à vontade para falar o que quis....

Redes expõem 2 senadores cassados

jose medeiros 400 curtinha   Acostumado a entrar em polêmicas, o deputado direitista e antipetista José Medeiros (foto), então suplente de Taques e que se tornou senador por quatro anos, entre 2015 e 2018, se transformou em saco de pancada depois das notícias de bastidores de que deverá ser candidato ao Senado, na...

Correção de distorções nos incentivos

silval curtinha 400   Ao enfatizar que jamais defendeu que a população passe a comprar produtos no comércio eletrônico de outros Estados, desmentindo alguns empresários que estão espalhando fake news, Mauro Mendes destaca que foi necessário corrigir distorções da política de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.