Legislativo

Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 18h:51 | Atualizado: 17/10/2019, 18h:57

QUESTÃO DO ICMS

Membros do bloco governista, 4 disputam vagas na CPI da Energisa; definição na 3ª

Ronaldo Mazza

Dilmar Dal Bosco

Líder do Governo e do bloco governista, Dilmar Dal Bosco deve se reunir com Mauro Mendes para definir indicados

Quatro integrantes  do bloco governista Assembleia Unida e Forte, liderado pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM),  são cotados para ocupar as três vagas que têm direito na CPI da Energisa. São eles: Thiago Silva (MDB), Carlos Avalone (PSDB), Xuxu Dal Molin (PSC) e Paulo Araújo (PP). As indicações serão oficializadas junto a Mesa Diretora na sessão ordinária da próxima terça (22).

apurou que antes de indicar, Dilmar deve consultar o governador Mauro Mender (DEM). Isso porque a Energisa é uma das principais pagadoras de ICMS ao Estado. A conversa deve acontecer nesta sexta (18), quando os democratas estarão cumprindo agenda em Sinop, domicílio eleitoral do líder do governo na Assembleia.

Seguindo o Regimento Interno, o autor da proposição que recebeu a assinatura de 18 deputados, Elizeu Nascimento (DC), assume a presidência. Ele é membro do Bloco Resistência Democrática, liderado pela deputada Janaina Riva (MDB), que referendou  sua indicação para a CPI.

Já o Bloco Independente, liderado pelo Doutor Eugênio (PSB), formalizou a indicação de Oscar Bezerra (PV) que é suplente.  Neste caso, o membro será substituído assim que o titular Faissal (PV) retornar ao Parlamento.

O objetivo da CPI é investigar possíveis irregularidades cometidas pela Energisa no que diz respeito ao  aumento abusivo nas contas de energia elétrica nos municípios do Estado e no enxugamento no quadros de funcionários.  A  má prestação dos serviços aos concessionados também deve ser investigada.

A tendência é que a CPI convoque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Annel) que autoriza os reajustes anuais, o Governo do Estado que arrecada o ICMS contado sobre a energia elétrica, as prefeituras que recebem taxas de iluminação pública, os funcionários do sistema e os parlamentos municipais e a própria Assembleia. O Conselho Estadual dos Consumidores de Energia Elétrica também deve ser convocado.

Existem CPIs similares nas assembleias do Acre, Rondônia e Mato Grosso do Sul onde a Energisa também atua. A Assembleia de Mato Grosso deve buscar informações com os estados vizinhos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.