Legislativo

Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 12h:15 | Atualizado: 06/11/2019, 12h:28

Polêmica

Nós lutamos para criar esses municípios, extinção é retrocesso, diz presidente da AL

Fablicio Rodrigues

Eduardo Botelho

Eduardo Botelho defende que a classe política se una para impedir a aprovação da PEC

O presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) se une aos que se colocam contrários à PEC apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), que quer extinguir municípios com menos de 5 mil habitantes e com arrecadação própria abaixo de 10% da receita. “Para Mato Grosso é muito ruim, temos muitos municípios pequenos. Temos que nos mobilizar com nossa bancada federal para não aprovarem. Acho que isso não vai prosperar no Congresso”, pondera.

Botelho justifica que à época que os 34 municípios - que podem ser extintos em Mato Grosso - foram criados houve um esforço muito grande, principalmente por parte da Assembleia e do governo. “Nós lutamos para criar esses municípios, acabar com eles agora depois que estão estruturados, seria um retrocesso muito grande”, explica Botelho, que avalia que as despesas seriam transferidas aos municípios maiores, o que coloca em dúvida se tal medida será tão eficiente em Mato Grosso, onde as distâncias entre as cidades é um dos fatores preponderantes.

Além de Botelho, a deputada Janaina Riva e o presidente da AMM, Neurilan Fraga, já se colocaram contrários à medida, e apostam na articulação junto a bancada federal para tentar barrar as extinções.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • jj | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 16h41
    2
    0

    ja imaginou uma estrutura com prefeito assessores, vereadores e muito mais, em uma cidade com 900 pessoas, e agora?

  • JORGE LUIZ | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 16h27
    3
    0

    ESSE BEDELHO ANTES DE FALAR EM RETROCESSO DEVERIA VER A SITUAÇÃO DE SANTO ANTONIO DO LEVERGER QUE É UM MUNICÍPIO COM MAIS HABITANTES QUE ESSES MUNICÍPIOS QUE TÊM QUE DESAPARECER DO MAPA, SANTO ANTONIO DO LEVERGER NÃO TEM DINHEIRO PARA NADA E AGORA PENSA MUNICÍPIOS COMO PONTE BRANCA E ARAGUAINHA COMO É A SITUAÇÃO. ALÉM DO MAIS, COMO DISSE OUTRO INTERNAUTA TODOS OS ANOS ESSES PREFEITOS VÃO A BRASÍLIA PEDIR MAIS DINHEIRO, HAJA DINHEIRO PARA ALIMENTAR ESSE BANDO DE INÚTEIS

  • deovaldo | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 15h27
    6
    0

    Estão indignados a classe politica e não é por menos. A mamata esta acabando, pois reduzirá o numeros de inserviveis vereadores e diminuirá o curral eleitoral de alguns deputados....kkkkkkkkkkk, Bom Demais e aqui em MT lembra riva querendo criar mais não sei quantos e mamae dilma vetou.. Hilario...Bom demais e por isso não gostam de BOLSONARO...

  • Valter | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 15h15
    8
    0

    Retrocesso é a população cada vez mais pagando impostos para manter esses políticos corruptos no poder e ter atendimento de péssima qualidade por parte do poder público. Desafio a desenvolver audiências públicas para discutir qual o desejo do povo. Vocês terão surpresas.

  • alexandre | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 15h12
    7
    0

    Todo ano tem marcha dos prefeitos a brasilia com o Pires na mão...Se não consegue se manter extingue...pra que tantos vereadores ?

  • JANUÁRIO | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 14h36
    11
    0

    Retrocesso e maneira de manter curral eleitoral para se elegerem.

  • Crítico | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 14h32
    10
    0

    Esses mini municípios são meio de corrupção dos políticos kkkkkkkk

  • Denilza | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 14h19
    10
    0

    SENHOR PRESIDENTE DESSA CASA DE LEIS, RETROCESSO É VOCÊS DEPUTADOS FICAREM REVOGANDO E CRIANDO LEIS PARA AFROUXAR A FISCALIZAÇÃO DE MADEIRAS.

  • Marcos | Quarta-Feira, 06 de Novembro de 2019, 13h40
    14
    0

    É retrocesso, sim senhor. Retrocesso de políticos corruptos, canalhas e nepotistas.

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.