Legislativo

Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 16h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Daltinho vincula as denúncia de ex-esposa à derrota nas urnas

Daltinho vincula denúncia de Lilian à derrota nas urnas

Adalto de Freitas, o Daltinho  O empresário e deputado estadual Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), atribuiu a sua derrota nas urnas às denúncias supostamente infundadas feitas por sua ex-esposa Lilian Karla Azevedo de que ele a teria agredido e que a ameaçava. De posse do acórdão do Tribunal de Justiça, que determinou o arquivamento das acusações, o peemedebista pontuou que infelizmente a manifestação de Lilian o prejudicou politicamente.

   “É um desgaste. Ela foi usada com intenções políticas eleitorais. Não conseguiu consolidar a candidatura dela, mas ocasionou grande desgaste”, afirmou Daltinho, durante entrevista coletiva em seu gabinete nesta segunda (6). Lilian chegou a disputar a Assembleia Legislativa, mas com a candidatura sub júdice teve apenas 47 votos.

   Ainda segundo o parlamentar, a ex-esposa foi utilizada por pessoas que pretendiam atingi-lo. “Fomos inocentados em todas as instâncias e como o fato íntimo se tornou público, achei melhor esclarecer de vez que não houve nada”, afirmou o deputado.

Veja as denúncias feitas por Lilian contra Daltinho

  O escândalo envolvendo o ex-casal começou em outubro do ano passado, quando Lilian registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá. Na época, ela afirmou que estava sendo ameaçada por Daltinho e que, por isso, procurou a delegacia. “Não reunidos indícios mínimos para evidenciar o lastro fático da existência do crime, não resta outra medida senão arquivar os autos em referência”, diz trecho do acórdão do TJ.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Zé do Araguaia | Terça-Feira, 07 de Dezembro de 2010, 08h58
    0
    0

    Hum, santinho esse futuro ex deputado, so falta algun pucha saco, construir um altar para ele, falar em denúncia da ex mulhar, teve outra ex mulher que tem o mesmo nome, que também fez denúncia no passado e bem piores, só que o assunto morreu, será que esse suposto coitadinho naceu para ser vitima de ex mulher ?

  • Cheik | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 21h59
    0
    0

    KKKK, Eu Já sabia, aa Justiça tarda mas não falha. E agora, quem vai reparar o dano do deputado Daltinho?

  • carlos machado | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 19h22
    0
    0

    acredito que a justiça falha mais não tarda a males que vem para o bem deputado daltinho pode ter certeza que o troco ela receber por si mesmo que dias melhores virão e nos que acreditamos na sua pessoa agora temos mais credibilidade contigo abraços dos amigos de cuiaba pra pro nosso lindo araguaia.

  • joão paulo bezerra | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 18h37
    0
    0

    O ex-Dep. Estadual Daltinho sempre teve a capacidade de cercar-se das pessoas mais torpes,sem caráter,sem moral e destituidas de qualquer ética. Na sua empresa, por força de contrato de gestão com a Honda, não tem possibilidade de introduzir esses "malas" que sempre o acompanharam na vida política e pessoal. Deu no que deu. E agora, , se não conseguir uma Secretaria que lhe dê visibilidade política, estará condenado ao ostracismo. Prá quem se afeiçoou tanto ao Poder como o ex-Dep. Estadual, vai ser duro acostumar-se novamente à vida dos "normais".

  • Cheik | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 18h11
    0
    0

    E agora, quem vai pagar essa fatura? o deputado teve prejuízos incalculáveis. Isso vai ficar assim? Ação de reparação de dano nela deputado. Faça valer o seu direito.

  • Wcr | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 17h20
    0
    0

    Wcr, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Geovani Josetti | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 16h51
    0
    0

    O Ministério Público deve tomar providências enérgicas contra denuncias caluniosas que prejudica a imagem dos acusados. Os agentes da Lei devem proteger as mulheres de agressões físicas e morais, mas também devem punir aquelas que são levianas, e tentam usar de artifícios para dar vazão a sentimentos mesquinhos. Com a palavra o Ministério Público.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.