Legislativo

Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011, 19h:45 | Atualizado: 01/02/2011, 07h:41

Articulação

Democrata pode assumir cargo na Mesa; PT cobra mais espaço

    O senador Jayme Campos (DEM) poderá ser eleito para a Mesa Diretora do Senado Federal nesta terça, 1º de fevereiro , quando tomam posse os 54 novos senadores e será escolhida a nova direção da Casa. O parlamentar mato-grossense está cotado para ocupar a segunda vice-presidência, mas seu nome também é lembrado para a terceira ou quarta secretaria. De certo mesmo é que ele é o indicado do Democratas para preencher a vaga, que deverá ser reservada ao partido na composição.

    Jayme já foi um dos secretários do Senado entre 2007 e 2008. Neste domingo (30) o senador Agripino Maia (DEM-PI) reforçou o nome dele perante os articuladores da nova Mesa Diretora. Maia conversou com o senador José Sarney (PMDB-AP), que, por sua vez, garantiu que o DEM terá uma vaga. Confirmado, o espaço será ocupado pelo ex-governador de Mato Grosso e ex-prefeito de Várzea Grande.

    A segunda vice-presidência era ocupada até esta segunda-feira (31) pela senadora Serys Marly (PT). Ela, que não conseguiu aval do partido para tentar a reeleição, ficou na primeira suplência de deputado federal, mas não há indícios de que possa assumir uma vaga neste ano.

   Apesar de toda a costura política até o momento para assegurar a vaga do DEM na Mesa Diretora, um fato novo pode melar as pretensões do partido. É que o PT, legenda com maior número de cadeiras no Senado, acenou que quer mais que a primeira vice-presidência, espaço já reservado para a senadora Marta Suplicy (SP). “Se o PT exigir mais um cargo na Mesa. o DEM corre o risco de ficar de fora”, disse um dos articuladores com exclusividade ao RDNews.

   O problema é que o DEM teve uma perda vertiginosa de cadeiras no Senado. O partido, que elegeu 18 senadores em 2007, conseguiu garantir apenas cinco para a próxima legislatura. Eram seis, mas com o falecimento de Elizeu Rezende (MG), se viu mais reduzido ainda. Dessa forma, fragilizado como está numericamente, o ex-PFL pode ser preterido. Por outro lado, há uma tradição na divisão de espaços na Mesa Diretora, esperança que o partido acalenta.

   A presidência do Senado ficará mesmo com José Sarney. Sua eleição é praticamente certa. Até agora não se apresentou nenhum nome de peso para contrapô-lo. O que se dispôs é o pouco conhecido Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que se apresentou como candidato na tarde desta segunda, em entrevista coletiva concedida em seu gabinete.

   Randolfe tem 38 anos e é o senador mais jovem do Brasil. Ele foi um dos líderes caras-pintadas, que exigiram o impeachment do ex-presidente Fernando Collor. Duas curiosidades: o novo senador vai atuar junto com Collor, que hoje é também senador; Randolfe é do mesmo Estado pelo qual Sarney foi eleito.

   Sarney tem a seu favor o fato de tradicionalmente o partido com maior número de cadeiras lançar o candidato a presidente. O PMDB, que tem 20 senadores, está fechado com seu nome. Já o PT, que tem 16 senadores, é a segunda maior bancada e, em tese, poderia escolher o segundo cargo mais importante: a primeira secretaria. Até agora o partido vinha declinando e se contentando com a primeira vice-presidência. Esta semana, no entanto, tem demonstrado que quer mais e pode requerer a primeira secretaria.

   Câmara

   Na Câmara dos Deputados, o comando deve mesmo ficar com o PT. O deputado Marco Maia (PT) é quase um consenso. Até semana passada era o único nome para dirigir a Casa. Até que surgiu o deputado Sandro Mabel (PR-GO), que não tem apoio nem de seu próprio partido. Maia deve ser eleito com pelo menos 400 dos 513 votos. Enquanto Mabel, além de perder a disputa, poderá ficar sem partido, já que está sendo ameaçado de expulsão caso insista na candidatura.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Jorge Mendonça Barros | Terça-Feira, 01 de Fevereiro de 2011, 08h22
    0
    0

    Jaime na mesa pra quê! Para acobertar os abusos do poder de Sarney nomeando namorado da neta, da sobrinha, etc., E aproveitando para fazer das suas, veja quem ele colocou lá se não são parentes e ex-empregados. Acorda povo.

  • Emílio | Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011, 21h50
    0
    0

    Ele vai repetir Efraim Morais e envergonhar MT.

  • marcos | Segunda-Feira, 31 de Janeiro de 2011, 21h31
    0
    0

    ESSES CARAS DO DEMOCRATAS NÃO TEM PUDOR DE JEITO NENHUM... QUEREM O PODER DE QUALQUER JEITO...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...