Legislativo

Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 09h:01 | Atualizado: 17/10/2019, 09h:31

CRISE PARTIDÁRIA

Deputado denuncia advogada por receber R$ 100 mil do PSL e não defender Selma

O deputado federal Julian Lemos (PSL-PB) denunciou, na tribuna da Câmara Federal, a advogada Karina Kufa por ter recebido valores do PSL sem, supostamente, prestar os devidos serviços. Uma das ocasiões envolveria a senadora Selma Arruda (PSL-MT), que foi defendida por Karina em processo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) que culminou na cassação do mandato da parlamentar.

A cassação determinada pelo TRE-MT ainda passa por julgamento Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo o deputado, a advogada recebeu pagamentos do PSL para defender Selma, mas não compareceu à audiência do processo.

"E você, doutora Karina, procure devolver os R$ 300 mil que usou do partido, R$ 200 mil que antes do cancelamento do partido você colocou no bolso e não devolveu, e os R$ 100 mil que recebeu para defender a nossa senadora e sequer compareceu à audiência”, disse o deputado.

O PSL passou a ser parte da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) no TRE-MT em junho deste ano, depois que o TRE-MT já havia dado a primeira decisão no sentido de cassar o mandato de Selma. Mesmo com recursos da senadora e também do partido, a decisão foi mantida.

O parlamentar criticava o ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e, atualmente, advogado Admar Gonzaga, quando também citou a jurista Karina Kufa. Os dois advogados atuam para achar uma solução jurídica para a crise vivida entre presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente do partido, Luciano Bivar. Na quarta (16), Karina defendeu a saída de Bivar do partido, depois que ele divulgou os gastos da sigla do presidente.

“E você fala em nome de quem? Talvez em nome de seus interesses. Talvez seus interesses, contrariados por aqueles contratos que você levou e não foram aceitos dentro do partido, talvez tenham aí lhe contrariado. Aquele contratozinho de R$ 1 milhão que foi rejeitado e aqueles outros que somavam quase R$ 500 mil, você não tem moral para apontar para os parlamentares do PSL", disse Julian Lemos.

Outro lado

A reportagem tentou contato com a advogada por telefone, mas as chamadas não foram atendidas. Também foi tentado contato com o escritório de Karina Kufa, sem sucesso. O espaço segue aberto.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.