Legislativo

Quinta-Feira, 31 de Dezembro de 2009, 12h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Assembleia Legislativa

Deputado quer incentivo fiscal à energia limpa

   Uma energia limpa e mais barata. É o que propõe o deputado Ademir Brunetto (PT). Ele defende criação do Programa de Energia Elétrica Limpa. Seu projeto já tramita na Assembleia e pode ser implementado em 2010. A ideia é garantir incentivos fiscais às pessoas jurídicas que aderirem ao programa. Dessa forma receberão incentivo fiscal de até 20% sobre o ICMS incidente na fatura de energia elétrica. O pedido de adesão ao programa também fica condicionado à regularidade fiscal junto à Secretaria de Estado da Fazenda. O petista vai buscar negociação com o Palácio Paiaguás, a quem cabe, depois de aprovado pelo Legislativo, sancionar ou não o projeto.

   Pela proposta de Brunetot, o Executivo deve disciplinar e regulamentar as condições necessárias para o programa funcionar na prática. Explica que a adesão de pessoa jurídica não a excluirá de outros incentivos fiscais. O benefício será dado porque, segundo ele, atualmente existe muita barreira para exploração e geração do potencial energético das fontes limpas é o alto custo em comparação a outras fontes como, por exemplo, hidrelétricas e termoelétricas. Por isso, entende ser mais do que oportuno conceder incentivo tributário a essas fontes alternativas e limpas de energia.

   O cancelamento do beneficio será feito sempre que constatado que a empresa tenha deixado de cumprir os requisitos para adesão e/ou por falsa informação. Para ser beneficiária do Programa, a pessoa jurídica deve exercer ao menos uma atividade em pesquisa, desenvolvimento e produção de equipamentos de energia eólica e solar, bem como novas tecnologias ou matérias de armazenamento de energia.

   O projeto de lei define ainda que a pessoa jurídica excluída do programa fique obrigada a recolher aos cofres públicos estaduais os incentivos de 20%, acrescido de multa de 5% e juros moratórios de 1% ao mês. Pela proposta, a comercialização da energia gerada será realizada de forma livre, desde que atendidas às exigências técnicas e legais. Já a empresa distribuidora de energia elétrica deverá priorizar a aquisição de energia do Programa para fomentar essa prática.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Wilson Donizeth | Sábado, 02 de Janeiro de 2010, 16h35
    0
    0

    Parabéns pela iniciativa.. Realmente os empresários deveriam aproveitar o apoio do Governo Federal e aplicar em fonte de energia limpa. Temos um grande potencial em pequenas Hidrelétricas sem prejudicar o meio ambiente.

Políticos e prisões nos últimos 2 anos

gaspar lazzari 400 curtinha   Vários políticos, que exerceram mandatos eletivos, como de vereador, prefeito, deputado e de governador, foram em cana nos últimos dois anos em MT. Eis alguns deles com passagem pelo cárcere: ex-governador Silval Barbosa, ex-deputados José Riva, Mauro Savi e Gilmar Fabris e o hoje...

Contratos da MTI vão ser suspensos

kleber geraldino mti curtinha 400   O governador Mauro Mendes vai determinar que o presidente Kleber Geraldino Ramos dos Santos (foto) suspenda todos os contratos da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - ex-Centro de Processamento de Dados do Estado), após ser informado de irregularidades em pelo menos dois...

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.