Legislativo

Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 09h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Ager

Deputado tem 12 assinaturas por CPI e quer diálogo com Maggi

Márcia Vandoni, que comanda a Ager   O deputado Dilceu Dal Bosco (DEM) volta a ameaçar abrir uma CPI na Assembleia para investigar a gestão Márcia Vandoni, presidente da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado (Ager-MT). Garante ter 12 assinaturas, suficientes para instaurar o processo investigatório e posterga decisão para o próximo mês, quando o Legislativo retoma aos trabalhos. Antes, o democrata quer conversar sobre o assunto com o governador Blairo Maggi. Enquanto Dal Bosco ataca a postura de Márcia à frente da Ager, principalmente quanto às exigências de novas concessões para o transporte intermunicipal e implantação de aglomerado urbano, é acusado de agir em defesa de um grupo empresarial que explora linhas de ônibus. O parlamentar nega interesse pessoal no processo.

   "Eu só não apresentei o requerimento (pela CPI) ainda em respeito ao governador Maggi. Pedi uma audiência com ele e depois decidirei”, afirma o deputado. Na sua avaliação, o fato da Ager ter contratado por R$ 1,7 milhão a Oscip Brasil Essencial, de propriedade de Argon Noberto Filho, para fazer adequações, principalmente no regimento interno da Agência, apenas reforça a tese de que a gestão precisa ser investigada. A Ager existe há 20 anos. Hoje tem 35 servidores efetivos e 13 comissionados. A Oscip terá a missão de reestruturar seu funcionamento, mas a contratação causou polêmica porque muitos afirmam ser um jogo de cartas marcadas. A Oscip é ligada aos irmãos Jayme e Júlio Campos.

  Dilceu reclama também do fato de Márcia Vandoni querer licitar todas as linhas intermunicipais implantadas no Estado. “Grande parte das linhas podem ter os contratos renovados e serem licitadas cerca de 200 linhas”, argumenta o parlamentar, que desde o ano passado entrou em rota de colisão com a presidente da Ager. Costuma subir à tribuna para atacar Márcia. Argumenta que se as linhas forem divididas em oito mercados para serem licitados, as empresas que atuam no ramo há anos serão prejudicadas. Já a presidente da Ager diz ter “carta branca” do governador e que cumpre um Termo de Ajustamento de Conduta assinado junto ao Ministério Público.

   Além disso, muitos contratos foram feitos na década de 1970, antes mesmo da Lei de Licitações e da Constituição Federal (1988). “Essas empresas vão passar sufoco. O transporte que temos hoje é de boa qualidade e nos lugares que não é de muita qualidade a culpa é da Ager”, dispara Dal Bosco. Segundo ele, a agência não fiscaliza a atuação irregular daquelas que tiram o faturamento das empresas oficiais e, por isso, elas perdem o potencial de investimento. O parlamentar reclama também do fato da Ager apresentar despesas de R$ 1,5 milhão em consultoria para dividir o Estado em oito mercados. “É brincar com o dinheiro público. Agora gastam R$ 1,7 milhão com Oscip, isso tem que ser averiguado”, dispara Dilceu Dal Bosco.

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • Karina Santos | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 12h49
    0
    0

    Sr. Romilson, seu blog não está sendo informativo, nem tampouco colabora para senso crítico nesta matéria. Está infundada e não divulga as supostas fontes como deveria. Isso faz de seu conteúdo algo extremamente superficial. Soa como mera "picuinha". É lamentável que a responsável por este texto continue atacando o Sr. Júlio Campos com tanta constância e de forma acusatória. Como disse aqui mesmo um de seus fantasmagóricos milhões de leitores diários, ele não tem cargo algum.Por que tanta provocação? Que tal ater-se a investigar os fatos de forma arraigada e fazer de seu blog algo que dê aos leitores a possibilidade de disseminar o conhecimento adquirido aqui com aptidão para participar de qualquer debate com inteligência, ainda que este debate tenha-se dado início em uma informal "conversa de bar"? Cadestre formalmente seus leitores com idoneidade, assim como fazem os demais meios de comunicação. Selecione seus comentários de forma mais criteriosa. Divulge somente aqueles que de fato têm algo a agregar e relacionem-se diretamente com o assunto abordado. A liberdade de expressão é garantida, mas comentários infantis acabam por ridicularizar seu próprio blog. Adoraria que seu blog se tornasse referência nacional para todos os que se interessam pelos assuntos do Estado, afinal, tenho orgulho de ser matogrossense. Baseie-se nos fundamentos do jornalismo, caso contrário, a exemplo do prórpio Noblat, prepare seu departamento jurídico para ações indenizatórias. No caso dele, infelizmente o caso ultrapassou a seara civil. Não siga pelo mesmo caminho. Posição política, opção partidária e opnião pessoal todos temos, mas não deixe que isso reflita em suas matérias e respingue em seus maiores bens, ou seja, seu nome, sua imagem, seu trabalho e, principalmente em sua dignidade. O Sr. é responsável por tudo o que é publicado aqui e responde de forma solidária às acusações ainda que escritas por funcionários. Estando certa de que isso não se repitirá e ansiosa para ver seu blog transceder o nosso Estado do MT, agradeço a oportunidade de colaborar com seu trabalho. Atenciosamente, Karina Santos.

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 11h35
    0
    0

    Povo da AGER!!! Adivinhem quem está por tráz disto? Vou dar 3 dicas (molesa): 1. O seu sonho é ser Presidente da AGER; 2. Já trabalhou na SINFRA; 3. É fanho. Quem será??? Na próxima participação minha, neste site, revelarei o nome com letras "GARRAFAIS".

  • Drª Graziele | Quinta-Feira, 28 de Janeiro de 2010, 11h23
    0
    0

    Povo da AGER!!! Adivinhem quem está por tráz disto? Vou dar 3 dicas (molesa): 1. O seu sonho é ser Presidente da AGER; 2. Já trabalhou na SINFRA; 3. É fanho. Quem será??? Na próxima participação minha, neste site, revelarei o nome com letras "GARRAFAIS".

  • Julio Jose de Campos | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2010, 16h12
    0
    0

    Tomei conhecimento que o RDNews esta envolvendo meu nome e do Sen.Jaime,com uma tal de OCIP Brasil Central que deseja prestar servicos a AGER-MT.Nao tem fundamento algum essa noticia,nao conhecemos OCIP,nem os seus dirigentes,muito menos temos qualquer ligacao politica,ou empresarial com esse grupo de Ocipeiros.Por favor deixem de mentir com o nosso nome.E de etica do bom jornalismo,antes de publicar um noticia envolvendo terceiros,que os oucam antes ,ok.Muito Obrigado pela retificacao dessa noticia,com a urgencia que o caso requer.

  • Antonio | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2010, 14h57
    0
    0

    por que as empresas e o nobre deputado temem tanto a Licitação? se não for pra ter licitação, que não tenha também concurso público. Voltemos ao período dos coronéis.

  • Paulo | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2010, 14h54
    0
    0

    EssaOSCIP não tem nada a ver com políticos de Mato Grosso, ela pertence ao Sr. Argom e Sr. José Sabo Mendes,irmão do Sr. Francisval Mendes, diretor da AGER, ambos primos de Gilmar Mendes. Tô com o deputado, tem que investigar essa vergonha.

  • Doidão | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2010, 11h28
    0
    0

    Doidão, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ricardo da Silva Vieira | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 23h35
    0
    0

    Parabém deputado por ter a coragem de enfrentar essa Senhora que parece mandar mais que o governador. Na realizade acho que ela quer o lugar dele.

  • Rui Soares da Costa | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 23h32
    0
    0

    Outro dia li uma matéria do sr.Jean, e nela constava: Porque a AGER quer fazer audiência pública se já esta definido a realização da licitação.Nesse caso então, não há necessidade da Audiência para analizar oque.

  • PAULO ROBERTO | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 21h42
    0
    0

    NÃO VOU ENTRAR NO DETALHE DO QUE ESTA ACONTECENDO NA AGER, QUE SE ESTIVER ERRADO TEM QUE SER AVERIGUADO, MAS VOU CORRIGIR AS PALAVRAS DO NOBRE DEPUTADO ACHAR QUE TEMOS UMA FROTA DE ÔNIBUS DE EXCELENTE QUALIDADE, CONVIDO-O A VIM VISITAR POCONÉ-MT DE ÔNIBUS PELA EMPRESA TUT TRANSPORTE E AÍ ELE PERMANECER COM A MESMA IDÉIA E ALIÁS VEM VISITAR PORQUE TEVE VOTOS EM POCONÉ E NUNCA MAIS VEIO AQUI, APROVEITE E VEM DAR UM PASSEIO ESTAMOS NO SEU AGUARDO ESTE ANO É ANO ELEITORAL.

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...