Legislativo

Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 08h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CPI da Unemat

Deputados adiam reunião da CPI devido ao PCCS dos servidores

   Os membros da CPI da Unemat, que fariam uma reunião nesta quinta (18) de manhã com a diretora-financeira da Fundação de Amparo ao Ensino Superior (Faesp), Maria Auxiliadora de Araújo, cancelaram o encontro, que ainda não tem nova data para acontecer. O motivo do cancelamento foi a reunião dos deputados com o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) para definir o Programa de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos servidores da saúde. A reunião da CPI também serviria para aprovar os requerimentos propostos pelos membros e contaria com a presença do reitor da Unemat Taisir Karim.

   A Comissão tem como presidente o deputado Percival Muniz (PPS) e Airton Português (PP) como relator. Já José Domingos Fraga (DEM) é vice-presidente e Adalto de Freitas (PMDB) e Hermínio Jota Barreto (PR), membros titulares. Como suplentes estão os deputados Guilherme Maluf (PSDB), Mauro Savi (PR), Antônio Azambuja (PP), Dilceu Dal Bosco (DEM) e Antônio Brito (PMDB).

   O grupo conta ainda com a participação do deputado Alexandre Cesar (PT), que preside a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto. Mesmo não sendo membro efetivo da CPI, vai acompanhar, integralmente, todos os atos da Comissão. Ele agirá como colaborador, mesmo após deixar a cadeira de Ságuas Moraes, em 1° de abril.

   Nos trabalhos de investigação da CPI, cada deputado será encarregado de visitar os campi da Unemat para colher informações. Para a região Sul ficou designado Jota Barreto. Já na região do Araguaia, os responsáveis são os deputados Percival e Daltinho. Na região Norte e Médio Norte, Zé Domingos, enquanto na região de Cáceres, Português. Percival foi o autor de quatro requerimentos para a CPI. Neles, o parlamentar solicita que sejam apurados o número de pessoas que se inscreveram para o concurso público do Estado e os valores arrecadados pela Unemat entre 2001 e 2010, além da cópia de todos os contratos licitatórios realizados no mesmo período, cópia do processo de licitação de despesas dos concursos de 2001 a 2010 e, para a Sefaz, os contratos de licitações para os concursos da Unemat com as despesas.

   De acordo com Barreto, os problemas da Unemat aumentaram nos últimos anos devido a erros em sua administração. Alexandre César já encaminhou dois requerimentos para a Comissão, direcionados contra a Faesp. Nos documentos ele solicita que a CPI investigue a Fundação, qualificada por ele como uma “verdadeira caixa preta”, além da lista de todos os repasses financeiros feitos para a Fundação. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Denizalde Pereira | Quinta-Feira, 18 de Março de 2010, 19h27
    0
    0

    A CPI deve investigar a construção do Museu da UNEMAT de Cáceres, particularmente a parte do telhado.

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.