Legislativo

Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 12h:18 | Atualizado: 07/04/2021, 12h:24

POLÊMICA

Deputados divergem sobre projeto que permite compra de vacina por empresas

Rodinei Crescêncio

Rosa Neide e Jose Medeiros

A possibilidade de compra de vacinas contra Covid-19 por empresas privadas para serem aplicadas em seus funcionários antes da imunização dos grupos prioritários gerou embate entre deputados federais da bancada de Mato Grosso. Rosa Neide (PT) foi a única entre os 7 representantes na Câmara a votar contra o Projeto de Lei 948/21, do deputado Hildo Rocha (MDB-MA), que prevê ainda que parte das doses adquiridas pelas empresas fiquem para o Plano Nacional de Imunização. A Câmara aprovou o PL nesta terça (6), por 317 votos a 120.

“Se tivesse sobrando vacina no mundo, seria a favor das empresas privadas. Falta vacina e o que vier ao invés de ser comprado pelo SUS, vai para grandes empresas, não para as pequenas. O Governo brasileiro não pode abrir mão da sua obrigação em priorizar os pobres e vulneráveis. Querem beneficiar grandes empresas e alerto que os empresários poderão colocar na frente seus familiares e amigos”, disse Rosa Neide ao nesta terça (7).

Ela lembra que ontem (6), o governador Mauro Mendes (DEM) fez apelo à Anvisa para autorizar a compra da vacina Sputnik e ainda teve autorização. “Se não tem vacina para o próprio governo comprar, onde os empresários vão comprar? Eles vão comprar a vacina que o governo deveria. É um absurdo”, argumenta.

Já para o defensor da proposta, José Medeiros (Pode) acredita que a permissão para as empresas vai ajudar a reduzir gastos com a vacinação e agilizar a imunização que segue a passos lentos. Ele ainda criticou votos contrários da oposição.

“Um exemplo são as fazendas com funcionários que precisam trabalhar e estão ávidos pela vacina, mas não tem como vacinar. O setor privado quer imunizar e ainda doar ao SUS vacinas. A União deixaria de gastar. É odioso que figuras que só sabem discutir utopias, queiram discutir a vida real. Tudo que é para beneficiar as pessoas e facilitar, essa galera é contra”, disse.

Um dos problemas para acelerar a imunização, segundo o Ministério da Saúde, é a escassez de vacinas no mercado. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vem sendo criticado pela demora em assinar contratos com empresas que chegaram a enviar propostas ao país, logo no início do ano.

“Acho que quem é contra está colocando a questão partidária acima da vida das pessoas. Piorar não vai, de todo jeito se o setor público não conseguir comprar, o setor privado está conseguindo trazer vacinas, como a Sputnik. E a iniciativa privada tende a ser mais ágil”, concluiu.

Veja como votaram os deputados federais por MT

Vota��o bancada vacinas

 

 

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • JULIO C S OLIVEIRA | Quinta-Feira, 08 de Abril de 2021, 12h59
    0
    0

    Dois energúmeno. Nao servem para nada.

  • de olho | Quinta-Feira, 08 de Abril de 2021, 11h37
    0
    0

    Raul ! pelo seu comentário vc é luléte né ?? ROUBAR É HUMANO ! MAS DEFENDER O LADRÃO É SÓ PROS PTistas. o PT saqueou o Brasil por 16 anos...Bolsonaro é o único Presidente honesto da HISTÓRIA !

  • Augusto | Quinta-Feira, 08 de Abril de 2021, 10h40
    0
    0

    Esse raul deve ter cargo comissionado desses partidos só pode. Toda critica para ele é discurso de ódio. Ta com medo de perder a mamata né kkkkkkjkkk

  • Jose Carlos | Quinta-Feira, 08 de Abril de 2021, 09h43
    0
    0

    Esta deputada não quer tirar o dinheiro do bolso e pagar pela sua vacina. Quem tem condições financeiras como os políticos esses deveriam pagar para serem vacinados e não a população através dos nossos impostos que ainda ter que bancar a vacinação desta gente que ja recebe consome milhões dos cofres públicos com salários e penduricalhos que recebem.

  • Freud | Quinta-Feira, 08 de Abril de 2021, 09h34
    0
    0

    Esta certo liberar vacinas para o setor privado, afinal tem muitos milionários que tem dinheiro para comprar a sua vacina, e essas pessoas comprando suas vacinas libera a fila para o pobre que depende do SUS para se vacinar. Quantos mais pessoas puderem se imunizar comprando vacinas em farmácias e hospitais particulares, e isso tem milhões de pessoas neste país que tem condições financeiras, faz com que o pobre que sempre depende do SUS tenha preferencia no atendimento e vacinação. Hoje esta tudo misturado, tendo figurões milionários de Cuiabá sendo vacinado, e com isso aumentando a fila de vacinação do SUS para o pobre, que precisa e sempre dependeu do atendimento do SUS.

  • Raul | Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 22h58
    6
    5

    de olho, como você é idiota, tapado, mau-caráter, rato anti-petista, comedor de capim. Você deve estar de olho no saco do bolsonaro, e esquece do mundo. Sujeito como você é escória da sociedade.

  • de olho | Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 21h29
    7
    12

    Essa não faz nada pela sua própria cabeça ! É MARIONETE DO PT. Já era politicamente !

  • Felipe Matos | Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 18h06
    14
    6

    Parece piada que o segundo País que mais mata por Covid-19, aprove um Projeto que cria o camarote vip da Vacina. Quem tem grana compra sua vacina, quem não tem grana que morra de Covid e sem hospital, porque não tem leito de UTI. Vergonha! Parabéns Rosa Neide por ter votado contra esse absurdo!

  • Carlos | Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 17h36
    13
    14

    Quem votou contra a compra de vacina tem levar kacete nas urnas!!!!!!!

  • Soraya Baggio | Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 16h26
    22
    12

    É obrigação do Estado promover a vacinação! A Deputada Federal Rosa Neide está certo em votar contra este projeto de lei!! Ele só aumentará as desigualdades entre os mais pobres! Vacina é do SUS!!

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...