Legislativo

Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2019, 11h:47 | Atualizado: 30/10/2019, 18h:52

Falta de Quórum

Deputados querem sessões em dois dias

Um projeto da Mesa Diretora da Assembleia prevê a redução das sessões ordinárias para dois dias na semana, um a menos do que acontece atualmente. Com faltas constantes de quórum, o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM), já propôs desconto nos salários dos parlamentares pelas ausências.

Helder Faria

Wilson Santos

Wilson Santos diz que proposta precariza o debate no Parlamento e pede vistas do projeto

O relatório do deputado doutor João (MDB), no núcleo das comissões temporárias, foi pela aprovação do projeto de redução dos dias de sessão. Na de ontem (29), o projeto foi lido e o deputado Wilson Santos (PSDB) pediu vistas.

"Realizar três sessões no mesmo dia, você precariza a qualidade das discussões. Isso já é regimental, funciona há décadas... Quando eu cheguei no Legislativo em 1991 isso já era esse calendário de sessões, de maneira que o deputado do interior, minimamente, permanece três dias na Capital. É importante essa permanência, nós temos comissões na quinta, CPIs na quinta. Eu pedi vistas para pedir aos colegas para manter a disposição atual do calendário", disse Wilson.

Se aprovado o projeto, as sessões seriam realizadas às terças, com início às 17h, e às quartas em três horários: 8h, 14h e 18h. A sessão matutina de quinta seria extinta. Em 2018, no período pré-eleitoral, a Assembleia chegou a reduzir as sessões para um único dia da semana.

No texto, a justificativa traz que a mudança é necessária “para que os parlamentares possam atender as demandas da população mato-grossense, tendo como se deslocar ao interior do Estado nos dias após a realização de tais sessões”. Os deputados poderiam atender a população no interior e também em seus gabinetes nos dias em que não houvesse votação.

“Vale ressaltar que da forma que acontece hoje os parlamentares ficam obrigados a ficarem durante toda a semana na capital não podendo atender aqueles menos favorecidos que residem no interior, deixando assim a população escassa de atendimento”, diz o projeto.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Gutemberg Abreu | Quinta-Feira, 31 de Outubro de 2019, 10h42
    0
    0

    Gostaria de saber qual a função do chefe de gabinete e os assessores, só atendem o deputado ou também atendem as demandas dos municípios? aqui no município de alto Garças os vereadores fazem uma sessão de 1 hora na segunda-feira e o resto da semana vão cuidar das suas atividades particulares e recebem 8 mil reais por mês e o povo paga a conta.

  • alexandre | Quinta-Feira, 31 de Outubro de 2019, 10h28
    0
    0

    daqui a pouco, ´só o executivo, vai trabalhar....2 dias por semana e cama office....

  • Jonas Matos | Quinta-Feira, 31 de Outubro de 2019, 08h30
    1
    0

    Então tem que reduzir os salários e a verba indenizatória também, pois ser irão trabalhar menos, tem que receber menos também. Isso é Justiça social e o dinheiro economizado deverá retornar para o Governo investir em saúde, educação, segurança, habitação, etc.

  • Denilza | Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2019, 17h23
    4
    0

    JÁ NÃO FAZEM NADA MESMO.

  • Carlos | Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2019, 17h00
    5
    0

    Com essa onda digital, daqui a pouco vão propor sessão pela internet, alguns nas praias do nordeste e outros em outros países por falta de segurança aqui, etc, etc....

  • Rakel | Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2019, 12h29
    6
    0

    Vai abaixar o salário também? Nunca trabalham, agora querem trabalhar apenas 2 vezes por semana? Com esse salário deviam trabalhar 6 vezes por semana, 8 horas por dia. Vivem faltando as sessões.

Padrinho político de Fabio a prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Após se reunir com o governador Mauro Mendes (foto) na sexta (14), o suplente de senador Fabio Garcia, presidente regional do DEM, deve oficializar sua pré-candidatura à Prefeitura de Cuiabá. Fabinho quer discutir com Mauro, que é seu padrinho político, o arco de aliança e...

4 ex-prefeitos se juntam em Chapada

gilberto mello 400 curtinha   Considerado nome mais forte da oposição, Gilberto Mello (foto), do PL, lançou sua pré-candidatura à sucessão em Chapada dos Guimarães com apoio de nada menos que três ex-prefeitos, fora ele próprio, que administrou o município entre 2005 e 2008....

Contrato em VG sob irregularidades

jaqueline jacobsen curtinha 400   O TCE mandou a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, suspender qualquer pagamento à empresa Lidyfarma Comércio de Produtos Farmacêuticos referente a um contrato sem licitação para compra de 50 mil comprimidos de Azitromincina 500 mg para combate ao coronavírus....

Fabio deve mesmo tentar prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   O DEM do governador Mauro aposta todas as fichas na candidatura do empresário Fábio Garcia (foto) a prefeito de Cuiabá. Até sexta ele deve responder "sim" ao partido. Fabinho, como é conhecido, é um dos integrantes do núcleo de confiança do governador. Inclusive foi...

No marketing de Pivetta para Senado

bruno bini 400 curtinha   O cineasta e publicitário Bruno Bini (foto) deve comandar o marketing da campanha ao Senado do vice-governador Otaviano Pivetta. As negociações estão praticamente fechadas. Antes da pandemia, em fevereiro, Pivetta estava em negociação com Antero de Barros. A última campanha...

Jogada de vereador pra conseguir vice

thiago muniz 400 curtinha   O vereador de 2º mandato Thiago Muniz (foto), primo do ex-prefeito Percival, resolveu se lançar pré-candidato a prefeito de Rondonópolis pelo DEM como estratégia para manter o nome nas discussões majoritárias e na esperança de ser convidado para vice de alguém....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.