Legislativo

Quarta-Feira, 29 de Janeiro de 2014, 21h:27 | Atualizado: 29/01/2014, 21h:39

Desembargador suspende Operação Aprendiz e vídeo contra Emanuel

O Tribunal de Justiça, em decisão monocrática do desembargador Juvenal Pereira, suspendeu a Operação Aprendiz, desencadeada pelo Ministério Público, por meio do Gaeco, contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá João Emanuel (PSD). Conforme o parecer, a investigação deveria ter tido participação obrigatória da Polícia Judiciária Civil, o que não aconteceu. Dessa forma, a ação teve “vício de composição”, previsto em lei.

O desembargador acatou liminar impetrada em favor de Amarildo dos Santos – braço direito do parlamentar - que beneficia também o vereador. A decisão se estende ao possível oferecimento de denúncias para instauração de ação penal até o julgamento do mérito.

O parecer do magistrado deve suspender também o vídeo existente contra João Emanuel como prova contra ele. O vereador é acusado de ter implementado um esquema de desvio de dinheiro na Câmara, cometer fraudes à frente do Legislativo, desviando recursos para pagar dívidas de campanha e fazer caixa para 2014.

No vídeo que serviria como prova, João Emanuel tenta coagir a dona de uma gráfica oferecendo R$ 500 mil pelos dois terrenos que possui, sendo que R$ 100 mil seriam repassados em 15 de outubro e o restante divididos em oito parcelas de R$ 50 mil. À época presidente do Legislativo, o social-democrata oferece também vários esquemas de licitação junto à Câmara.

MP detalha esquema de fraudes na Câmara - veja o documento

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Gean | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 13h21
    0
    0

    Estranho, muito estranho partir somente de um Desembargador, é, mas se tratando de Justiça Matogrossense, tudo é possível e impossível!!! Deus nos acuda e nos salve!!!

  • valter do forno | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 13h05
    1
    0

    PALHAÇADA...AGORA QUE A POPULAÇÃO TEM QUE IR A CAMARA PROTESTAR. POIS OS VEREADORES PODEM CASSA-LO ANTES DA JUSTIÇA. VAMOS GALERA!! BLACK BLOC, ROLEZINHO, DCES......VAMOS PARA CIMA!!

  • Pacífico | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 11h15
    1
    0

    Pacífico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • mario tadeu | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 11h04
    3
    0

    Eta Brasil que não muda, as mesmas coisas os mesmos vícios continuam,como diz aquela velha frase "você sabe com quem esta falando", é isso que esta acontecendo nesse M.T. que continua com o coronelismo, vai esse cidadão não ser genro de quem se esse desembarcador suspenderia alguma operação. VERGONHA

  • ROBERTO DE FIGUEIREDO | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 10h43
    4
    0

    ISSO MESMO EXMO. SR DESEMBARGADOR: BUSQUE DE TODAS AS FORMAS, POSSIVEIS E IMPOSSIVEIS, LEGALIZAR A CORRUPÇÃO NO BRASIL. ENQUANTO O STF FECHA AS PERNAS ALGUNS MP`S AS ESCANCARAM.

  • Dornele$ | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 10h42
    3
    0

    Deixemos o ôme em paz. Aqui tudo que é ruim compensa. É o que sempre eu digo, não sejam ladrões de galinhas. Se for ladrão de galinha, a peia vai cantar no seu lombo. O crime compensa e muito!

  • leonardo | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 08h24
    6
    1

    isso e uma palhacada, so no Brasil mesmo , acredito q esse juiz tem rabo preso com o tal cacique !

  • Alfredo Santos | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 08h19
    7
    1

    Poxoréo em ação. As decisões dita não republicanas do dito desembargador já são bastante conhecida da sociedade matogrossense, más, o que poucos sabem é que o dito desembargador e o pai do dito vereador são oriundos da bela POXORÉO. Dúvidas no ar...

  • IVAN NUNES | Quinta-Feira, 30 de Janeiro de 2014, 08h04
    5
    1

    NÃO DÁ PARA ENTENDER ESSA NOSSA INJUSTIÇA! SERÁ QUE É PORQUE É GENRO DE RIVA?...MAIS PODEMOS CALAR DIANTE DE FATO REAL...TEM QUE HAVER CASSAÇÃO...

Queda-de-braço em Alto Araguaia

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), enfrenta uma queda-de-braço com os vereadores. Recentemente, oito dos 11 parlamentares encaminharam ofício ao chefe do Executivo, inclusive com cópia para o MPE, considerando inoportuna, descabida e suspeita, neste momento de pandemia, fazer obra...

Estado amplia leitos de UTI no Sul

gilberto figueiredo 400 curtinha   O secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo (foto) reclama, sem citar nome, da forma como a prefeitura rondonopolitana está encarando a pandemia da Covid-19. Mesmo o governo federal já tendo pago diárias antecipadamente e, inclusive por três meses, de 10 leitos de...

Briga inconsequente com Santa Casa

z� do patio 400 curtinha   Acuado pela consequência da falta de planejamento e de gestão, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, está numa luta descabida de tentar encontrar culpados pelo avanço da Covid-19 no município. A prefeitura não construiu, sequer,...

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a administração Emanuel Pinheiro em Cuiabá

excelente

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.