Legislativo

Quinta-Feira, 18 de Fevereiro de 2010, 10h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Câmara de Cuiabá

Deucimar cobra explicação de Totó; sessão só volta em março

Deucimar Silva    O presidente da Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá, Deucimar Silva (PP), garantiu que nos próximos dias o vereador Totó César (PRTB) terá de prestar esclarecimentos sobre as denúncias envolvendo supostas fraudes na obtenção de benefícios do Bolsa Família. O progressista quer ouvir a versão do parlamentar antes de decidir se a Casa provocará ou não a Comissão de Ética para acompanhar o caso e, em caso de comprovação das denúncias, punir o vereador do PRTB. “Nós vamos entrar em contato com Totó porque precisamos saber o que ele tem a dizer”, conta Deucimar. Segundo o presidente do PP, um posicionamento oficial deve ocorrer apenas em 2 de março, quando os trabalhos do Legislativo municipal serão retomados.

   As sessões deveriam ter recomeçado em 23 de fevereiro, mas como o prédio passa por reforma, serão retomadas em 2 de março. “Devido às chuvas, as obras atrasaram”, explica. Para compensar, haverá duas sessões consecutivas em 2 de março e outras duas no dia 4. Com o novo “remanejamento”, os parlamentares ganharam nada menos que 20 dias de recesso.

   Eles estão de “férias” desde 9 de fevereiro, quando foram realizadas as últimas duas sessões no auditório Milton Figueiredo, no prédio da Assembleia Legislativa. Sob alegação de que o local não era adequado para os trabalhos, eles fizeram “cerão” em 4 e 9 de fevereiro.

   No retorno em março, o clima deve ser tenso principalmente por causa das denúncias feitas pela ex-mulher do vereador Totó César. A tendência é que os outros parlamentares aproveitem o grande expediente para comentar o assunto, que teve repercussão em todo o Estado.

   Reforma

   Por enquanto, os vereadores descansam e os operários reformam o plenário, gabinetes e toda a infraestrutura da Câmara de Cuiabá, inclusive, as partes hidráulica e elétrica. Estão previstas também adequações para que o prédio atenda a Lei de Acessibilidade. A reforma vai custar aos cofres do Legislativo R$ 2,9 milhões.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

MDB diz apostar em Thiago em Roo

thiago silva 400 curtinha   Dirigentes do MDB contestam o registro em nota no Curtinhas, assegurando que a oposição está forte em Rondonópolis e que deve unificar os grupos políticos e derrotar o projeto de reeleição do prefeito Zé do Pátio. Pesquisas internas estão deixando...

Pátio, adversários fracos e reeleição

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto), por mais populista, demagogo e com uma gestão avaliada pela maioria como desastrosa, caminha a passos largos para conquista de mais um mandato. Tende a vencer pela lógica do menos pior. Seus virtuais adversários são...

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.