Legislativo

Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 14h:55 | Atualizado: 14/06/2019, 14h:59

corte de contas

É um escárnio, diz Ulysses sobre PEC que permite voto de conselheiros afastados

Ronaldo Mazza

Ulysses Moraes

Ulysses Moraes discursa da tribuna durante sessão; deputado é contra PEC de lideranças partidárias da AL sobre TCE

O deputado estadual Ulysses Moraes (DC) criticou o Projeto de Emenda Constitucional (PEC), que tramita na Assembleia, que pode permitir que conselheiros afastados do Tribunal de Contas (TCE-MT) possam concorrer ao cargo de presidente e vice da Corte de Contas.

“Com relação a presente emenda constitucional, se eventualmente o conceito de afastamento legal abarcar o judicial, com todo respeito àqueles que a tenham assinado, a meu ver, é um escárnio, pois daria voz e voto a conselheiros afastados suspeitos de corrupção. Afastados, diga-se de passagem, por decisões judiciais de diversas instâncias e que são respaldadas em provas. Não há como permitir isso. A justificativa do projeto infelizmente é ininteligível e rasa neste aspecto”, disse o parlamentar.

O projeto assinado pelas lideranças partidárias, visa alterar incisos do artigo 49 da Constituição Estadual, que trata sobre o TCE. A mudança no inciso 3, tem por objetivo esclarecer que apenas conselheiros titulares podem assumir a presidência e a vice-presidência do TCE.

Outra alteração estabelece a exclusividade de conselheiros para votar e ser votado aos cargos da Mesa Diretora, mesmo que desfrutando de gozo de licença, férias ou afastamento legal.

As novas regras, se aprovadas, poderão abrir brecha para que os conselheiros afastados, por serem investigados por suposta participação em esquemas de corrupção, poderiam voltar ao TCE, e também beneficiará o conselheiro Guilherme Maluf, que foi empossado em março, substituindo Domingos Campos Neto, que preside a Corte, e antes de Maluf, era o único conselheiro advindo de indicação política.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Maria Helena | Sábado, 15 de Junho de 2019, 22h16
    0
    0

    Mesmo torcendo para o retorno dos Senhores Conselheiro, que estão afastado desde Setembro de 2015 por decisão do Supremo Tribunal Federal do Brasil, ao cargo de Conselheiros ( pois até agora nada foi provado contra os 5 Conselheiros- Antonio Joaquim,José Carlos Novelli, Walter Albano,Waldr Theiss, e Sérgio Ricardo), o Deputado Ulisses Moraes tem razão, essa emenda do Poder Legislativo de Mato Grosso, não pode prosperar, enquando o Poder Judiciario Federal não julgar os fatos relatados,e absolver os 5 Conselheiros-Afastado.

  • Ediomar | Sábado, 15 de Junho de 2019, 14h42
    3
    3

    Tô com voce Deputado Ulisses, realmente é um ESCARNIO e uma Barbaridade, Conselheiros-Afastados do TCE por corrupção e improbidades pelo Supremo Tribunal Federal, há dois anos atras, e agora respondendo processo CRIMINAL perante o Ministerio Publico Federal e no STJ Superior Tribunal de Justiça, querer ter direito em interferir nas eleições da Mesa Diretora do TCE-MT, da qual eles estão afastados. Isso é o fim da picada, só uma Assembleia Legislativa Corrupta e Desqualificada como essa de Mato Grosso, para aprovar uma Lei desse jeito. Fora Conselheiros-Corruptos...aplausos ao Dep.Ulisses Moraes.

  • Aderbal Ratzinger | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 17h30
    8
    3

    Tá com medo de o chefe do papai dele voltar a ser mero substituto. O rapaz é pura demagogia.

  • marta | Sexta-Feira, 14 de Junho de 2019, 16h18
    8
    3

    O papai vai perder a boca kkkkkk o dó , demagogo esse cabra !

Matéria(s) relacionada(s):

Primeira-dama, hospital e dia histórico

virginia mendes curtinha   A primeira-dama do Estado Virgínia Mendes classificou esta terça (23) de dia histórico por marcar a inauguração do hospital estadual Santa Casa, em Cuiabá. Averso a entrevistas para jornalistas, ela recorreu às redes sociais para, em postagem, fazer elogios ao ministro da...

Empossado no comando do Incra-MT

ivanildo incra curtinha   Apesar de já estar atuando desde o início do mês, Ivanildo Teixeira Thomaz (foto) tomou posse na segunda (22) como novo superintendente do Incra/MT, numa solenidade em Brasília que marcou a posse de outros dois, sendo eles Cassius Rodrigo de Almeida na regional do Rio de Janeiro, e Antonio...

Setor produtivo pressiona deputados

Algumas entidades, especialmente do setor produtivo, estão exercendo muita pressão sobre deputados, inclusive econômica, na tentativa de convencê-los a votar pela rejeição do projeto que estabelece reinstituição dos incentivos fiscais e que já foi aprovado, semana passada, em primeira votação, inclusive pelo placar de 15 a 7.  Há empresários do agronegócio que foram pessoalmente à AL...

Governador chateado com grevistas

jayme_curtinha   Embora pareça, muitas vezes, ignorar o movimento grevista, agindo como o árbitro de futebol, que finge não ouvir os gritos da torcida, Mauro Mendes não está nada feliz com o tom das críticas de alguns servidores. Jayme (foto), líder do Democratas, mesmo partido de Mauro, pediu hoje...

Ministro lamenta ausência de prefeito

mandetta_curtinha   Ministro da Sáude Luís Henrique Mandetta fez questão de ressaltar a ausência do prefeito da Capital Emanuel Pinheiro na solenidade de reabertura da Santa Casa hoje. Mandetta disse que Emanuel foi muitas vezes a Brasília “pedir por esse hospital”, que foi fechado após a...

Dinheiro para Fipe veio da Assembleia

allan kardec curtinha   O secretário estadual Allan Kardec (foto), da Cultura, Esporte e Lazer, confirma que, de fato, o Estado repassou R$ 1,5 milhão para o tradicional Festival Internacional de Pesca Esportiva, realizado este mês em Cáceres. Enfatiza que esse dinheiro havia retornado para o Poder Executivo em forma de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.