Legislativo

Segunda-Feira, 28 de Dezembro de 2009, 19h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Articulação

Elismar e Nico "driblam" escola e prosseguem como DAS

Nico BaracatElismar Bezerra   O ex-secretário de Estado de Educação e professor Elismar Bezerra não quer nem saber de enfrentar sala-de-aula, assim como o ex-deputado e ex-vice-prefeito de Várzea Grande Nico Baracat se distancia do cargo de assistente administrativo da escola Couto Magalhães, de Várzea Grande. Ambos ingressaram com pedido de prorrogação de cessão para prosseguirem em 2010 em cargos que rendem melhor remuneração e menos trabalho. A pasta da Administração já deferiu os dois pedidos. Elismar continua lotado no gabinete do deputado Percival Muniz (PPS). Recebe pela Assembleia.

   Filiado hoje ao PPS, Elismar ganhou projeção nos anos 1990, quando presidiu o Sintep, que congrega servidores da Educação, maior categoria do funcionalismo público do Estado. Depois virou governista de carteirinha. Primeiro, assumiu a pasta da Cultura na gestão Dante de Oliveira. Depois foi secretário de Trânsito e Transporte Urbano de Cuiabá (SMTU) da gestão Wilson Santos e de Educação de Várzea Grande, no primeiro mandato do prefeito Murilo Domingos. Teve também uma passagem "relâmpago" pelo gabinete do vereador cuiabano Ivan Evangelista e, desde o início deste ano, o ex-sindicalista dá expediente no gabinete de Muniz.

   Membro da Executiva regional do PMDB e derrotado a prefeito de Várzea Grande no ano passado, Nico Baracat é outro servidor efetivo do Estado em desvio de função há vários anos, graças as suas articulações políticas para ocupar cargo comissionado. Ex-deputado, ele ganha quase R$ 12 mil mensais de pensão do extinto Fundo de Assistência Parlamentar (FAP) e quase R$ 5 mil como assessor parlamentar do colega peemedebista Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB). Para não voltar à função de origem, de assistente de administração da Seduc, Ernandy Maurício Baracat de Arruda apresentou pedido para continuar no cargo DAS na Assembleia. Os secretários Geraldo de Vitto (Administração) e Ságuas Moraes (Educação) deferiram o pleito.

   Outros casos

   Outros servidores estaduais aproveitaram os últimos dias deste ano para garantir a permanência em outros cargos no exercício de 2010. Juci Alves de Arruda e Mariza Helena Morais deixaram, por exemplo, os cargos de técnicos da área instrumental do governo da pasta do Planejamento para atuarem na Agecopa. Os atos que liberam os dois para a autarquia que cuidará dos projetos relacionados à Copa do Mundo de 2014 em Cuiabá têm validade até 30 de novembro do próximo ano.

   Alba Valéria Gomes de Melo Via conseguiu prorrogar sua permanência na secretaria estadual de Saúde. Assim, não precisa voltar em 2010 à cadeira de professora. Outro professor que também "dribla" a sala-de-aula é Anibal de Alencastro, que continuará na secretaria de Cultura do Estado, assim como Arinice Benedita de Figueiredo, que garantiu sua permanência em Brasília, onde atua no Escritório de Representação de Mato Grosso.

   Assis Frizon é professor de Educação Básica do Estado, mas conseguiu autorização para atuar no próximo ano na Prefeitura de Paranaíta. O técnico de desenvolvimento econômico e social Ciro Gomes de Freitas prossegue lotado na secretaria estadual de Meio Ambiente. Cleodenise Bernardes Garcia da Silva também continuará fora da sala-de-aula, pois conseguiu "carimbo do passaporte" para se manter na pasta da Fazenda. Denise Maria Karnec Cappellari foi mais longe. Assegurou o afastamento dos quadros de professora da escola estadual Lúcia Borges Maggi, em Vila Rica, para atuar a serviço do governo de Tocantins. Maria de Lourdes Freitas deixou também a escola Lucinda Fachini, em Diamantino, para trabalhar na Prefeitura de Franciscópolis (MG). Marilene de Almeida Oliveira, professora em Sorriso, está a serviço do governo de Rondônia.

   O professor Erenídio Gonçalves da Silva e o técnico administrativo educacional Ezequiel Alves vão permanecer na Prefeitura de Pontes e Lacerda. O também professor Gabriel Vasconcelos de Abreu se mantém lotado como DAS na Prefeitura de Sinop. Outros professores em desvio de função são José Mar Armigliatto, Luiza Pereira e Lúcia Moreira de Almeida, que atuam na secretaria estadual de Cultura. A servidora Maria Aparecida Oliveira de Souza não voltará ao posto de apoio administrativo educacional profissionalizado, pois garantiu a prorrogação de sua cessão no Detran.

   Nadia Maria Boabaid deixou a sala-de-aula da escola Hélio Pimenta de Arruda, em Várzea Grande, para trabalhar com melhor salário na secretaria estadual de Saúde, assim como Nilma da Cunha Godoi, que está em cargo DAS na Educação. Paulo Roberto de Carvalho Berigo, efetivo como técnico administrativo educacional, integra os quadros de DAS da secretaria estadual de Infraestrutura, assim como o professor Roberto Nepomuceno dos Santos, que está no Intermat.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Antonio Carlos Cuiabano | Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 17h30
    0
    0

    Gostaria de dizer uma coisa, lugar de professor é na sala de aula... o engraçado é que a Seduc esta abarrotada de apradrinhados que tem pavor da sala de aula... e o SINTEP não se manifesta pois a caterva petista esta no comando da pasta... Esses que detonaram outras administrações fazem hoje a mesma coisa e talves até pior. Elismar e Nico por serem politicos rapinas, vão continuar assim até a aposentadoria... sempre como fantasmas... e o povo vai pagar a conta.

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

Quitados atrasados da gestão Taques

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes comemora o fato de estar fechando os 10 primeiros meses de mandato já tendo conseguido, mesmo sob crise financeira e uma série de medidas austeras para equilibrar as contas públicas, regularizar todos os pagamentos aos municípios de 2018 empurrados para sua...

Tangará, os indecisos e PSL com Caio

caio 400 tangara da serra curtinha   Em Tangará da Serra, até agora ninguém sabe para onde vão alguns partidos, como PTB, PL (ex-PR), Pros e DC. Há uma chance de que estes, que outrora foram importantes na cidade, nem lancem candidatos a vereador, principalmente porque não possuem nomes suficientes para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.