Legislativo

Sexta-Feira, 07 de Maio de 2010, 08h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

CÂMARA DE CUIABÁ

Em março, Deucimar gasta R$ 6 mil com assessoria de imprensa

   O presidente da Câmara de Cuiabá, Deucimar Silva (PP), pagou R$ 6,1 mil à empresa Editapress por serviços de assessoria de imprensa. O dinheiro é proveniente da verba indenizatória de R$ 9 mil a que os 19 parlamentares tinham direito até o mês de abril. Agora, a aprovação de um projeto de lei regulamenta o benefício em R$ 8 mil. Em compensação, eles não precisam mais divulgar seus gastos, como vinha acontecendo obrigatoriamente todos os meses - veja aqui. Na prestação de contas referentes a março, Sérgio Cintra (PDT), que assumiu a secretaria municipal de Cultura em abril, "torrou" R$ 3,9 mil com assessoria publicitária e R$ 2,5 mil em assessoria de imprensa. O líder do prefeito na Câmara, vereador Paulo Borges (PSDB) pagou a Edmundo de Carvalho R$ 3 mil por informativos publicitários e R$ 900 por impressos.

   Já Ivan Evangelista (PPS) declarou gastos de R$ 3 mil em combustíveis à empresa Lidergás. Logo em seguida figura Néviton Fagundes (PRTB), que gastou R$ 2,7 mil junto a Demeneghi e Demeneghi Ltda. Outro que desembolsou parte do benefício com a mesma empresa foi o vereador Antônio Fernandes (PSDB), que declarou ter gasto R$ 2,4 mil em combustíveis. Já o pedetista Toninho de Souza "torrou" R$ 3 mil só com locação de veículo.

   O apresentador de TV e vereador mais votado em 2008,  Everton Pop (PP), repassou à empresa LCR Santos ME R$ 2,5 mil pelo serviço de assessoria de marketing e R$ 1,6 mil pela Campanha de Conscientização do Peixe. O  peemedebista Arnaldo Penha apresentou despesas de R$ 8,8 mil. Deste valor, R$ 4 mil foram repassados a Gerson Luiz Lintzmaier, pelo serviço de assessoria jurídica. A vereadora Lueci Ramos (PSDB), pagou caro a quantia de R$ 2,2 mil para a empresa Alinhauto, que presta serviços de alinhamento, balanceamento e rodas. 

   Roosivelt Coelho (PSDB), declarou que não fez uso da verba indenizatória no mês de março. Já os vereadores Domingos Sávio (PMDB) e Leve Levi (PP) não apresentaram a planilha de gastos referentes a março. 

Gastos com verba indenizatória declarados pelos vereadores de Cuiabá

Sérgio Cintra (PDT)                                          R$ 9 mil
Ivan Evangelista (PPS)                                    R$ 9 mil
Paulo Borges Junior (PSDB)                         R$ 9 mil
Toninho de Souza (PDT)                                R$ 9 mil
Professor Néviton (PRTB)                              R$ 9 mil
Clovito (PTB)                                                     R$ 8,9 mil
Chico 2000 (PR)                                              R$ 8,9 mil
Ver.Francisco Vuolo (PR)                               R$ 8,9 mil
Everton Pop (PP)                                              R$ 8,9 mil
Pastor Washington (PRB)                              R$ 8,9 mil
Totó César (PRTB)                                          R$ 8,8 mil
Arnaldo Penha (PMDB)                                  R$ 8,8 mil
Antonio Fernandes (PSDB)                           R$ 8,8 mil
Deucimar Silva (PP)                                        R$ 8,2 mil
Lueci Ramos (PSDB)                                     R$ 8,7
Lúdio Cabral (PT)                                            R$ 5,2 mil
Domingos Sávio (PMDB)                              não declarado
Leve Levi (PP)                                                 não declarado
Roosivelt Coelho (PSDB)                             não utilizou verba indenizatória

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Profª Márcia | Terça-Feira, 11 de Maio de 2010, 08h09
    0
    0

    É revoltante assistirmos (e ficarmos calados), ver esses nobres edil, torrarem o nosso dinheiro dessa maneira. Se for verdade que o vereador Roosivel Coelho não faz uso dessa imoralidade, parabéns Vereador.

  • Ademar Adams | Sexta-Feira, 07 de Maio de 2010, 12h38
    0
    0

    Ademar Adams, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • EVERTON | Sexta-Feira, 07 de Maio de 2010, 10h07
    0
    0

    PARABENS AO ROOSEVELT COELHO

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.