Legislativo

Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2010, 08h:14 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Assembleia Legislativa

Em pré-campanha, deputados cancelam sessões nas quintas

   A partir de março as sessões ordinárias da Assembleia Legislativa realizadas todas as quintas-feiras serão suspensas. Hoje, as sessões acontecem nas tarde de terça-feira, manhã e tarde de quarta-feira e manhã de quinta-feira. Os deputados estaduais já planejam suas campanhas para tentar a reeleição, por isso, reorganizaram as sessões de modo que possam percorrer o Estado e fazer campanha. A tendência é que eles sejam mais “faltosos” neste ano em função da agenda apertadíssima com encontros com eleitores, empresários, cúpula dos partidos e outras lideranças com as quais precisam se reunir para cooptar ou reforçar o apoio.

    Pelo novo “calendário” de sessões apresentado pelo presidente da Assembleia José Riva (PP) nesta quarta (24), as sessões de quinta serão suspensas em março, mas para repor a mudança serão feitas sessões extra-ordinárias nas quartas, que ficarão com três reuniões, duas ordinárias e uma extraordinária.

  Segundo o progressista, a mudança foi debatida e aprovada durante reunião do Colégio de Líderes a pedido dos próprios parlamentares. Eles justificam que precisam permanecer mais tempo em suas bases eleitorais. Praticamente todos devem tentar a reeleição e aproveitam o fato de estarem no cargo para terem mais destaque e visibilidade.

   Nos próximos dias os deputados devem também definir um cronograma de votação dos projetos existentes na Casa. Há uma expectativa maior em torno da apreciação do projeto de Zoneamento Sócio-Econômico Ecológico. No início do ano o governador Blairo Maggi (PR) voltou a pedir celeridade na aprovação da mensagem, mas como ela é complexa, não se sabe se isso ocorrerá antes de abril, quando o republicano deixa o cargo para que o vice Silval Barbosa (PMDB), pré-candidato ao Paiaguás, assuma.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Do colapso a repasses regularizados

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que, antes mesmo da posse como governador e a partir do resultado do PIB-MT de 2017, apontando um crescimento de 12,5% da economia, é que resolveu mergulhar nos números da administração pública para tentar entender tamanha questão paradoxal. Questionou...

O conselheiro de pretensos candidatos

blairo maggi 400 curtinha   Blairo Maggi, que seria imbatível se concorresse à suplementar ao Senado para a vaga de Selma, se transformou num espécie de conselheiro político de vários pretensos candidatos. Entre outros, já procuraram-no para conversar sobre este pleito fora de época figuras como...

Em saia-justa sobre corte na Unemat

adriano silva 400 curtinha   A comunidade acadêmica da Unemat esperava mais do seu ex-reitor e integrante do quadro docente, professor Adriano Silva (foto). O governador Mauro conseguiu na Justiça derrubar a vinculação de repasse financeiro a Unemat, o que representa, na prática, menos recursos para a...

DEM consulta sobre regras ao Senado

julio campos 400 curtinha   Atendendo orientação da Nacional do DEM, na luta para ampliar bancada no Congresso, o diretório regional do partido vai apostar todas as fichas na disputa suplementar ao Senado. E, antes de avançar na definição de nome, o partido decidiu encaminhar consulta ao TSE para saber se...

Expediente suspenso e posse no TCE

guilherme maluf 400 curtinha   O expediente no TCE-MT será suspenso na segunda, a partir das 12 horas. É que às 15 horas acontece a sessão especial na Escola Superior de Contas, marcando a posse de Guilherme Maluf (foto) na presidência do órgão fiscalizador. O hoje presidente Domingos Neto passa ao...

Túlio, desgaste e disputa em Cáceres

tulio 400 caceres   Derrotado a deputado estadual duas vezes, a última em 2018, Túlio Fontes (foto) não sustenta mais o que declarou há três meses, quando anunciou que ficaria de fora da corrida à Prefeitura de Cáceres. Mesmo tendo abandonado o município por um bom tempo, desde quando concluiu...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.