Legislativo

Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 14h:11 | Atualizado: 04/03/2021, 17h:16

Pandemia

Emanuelzinho propõe a suspensão dos pagamentos do Fies por seis meses - veja

emanuelzinho 680

Deputado federal Emanuelzinho  conseguiu as 257 assinaturas para garantir a urgência

O deputado federal Emanuelzinho (PTB) conseguiu as 257 assinaturas necessárias para fazer tramitar em regime de urgência o projeto de Lei suspende os pagamentos dos estudantes ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) em razão das dificuldades causadas pela pandemia da Covid-19.  A medida deve alcançar todos os trabalhadores beneficiários do auxílio emergencial que tem cobertura do Fies para  cursar o ensino superior.

Na próxima semana, Emanuelzinho pretende se reunir com o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP-AL). No encontro, vai apresentar as 257 assinaturas e pedir que a matéria seja incluída na pauta de votações o mais rápido possível.

A suspensão do pagamento do Fies  terá o prazo de seis meses. No entanto, poderá ser estendida caso as dificuldades econômicas causadas pela pandemia se agravem.   

O projeto de Lei surgiu através da troca de ideias com eleitores. Um deles é o jovem Patrick Thiago, de São Pedro da Cipa. 

Segundo Emanuelzinho, a  proposição tem por objetivo promover o apoio aos estudantes de todo Brasil, dependentes do FIES  para se qualificarem, pelo prazo mínimo de seis meses. Isso porque, com o agravamento da crise pandêmica e econômica no país, houve um aumento do desemprego que atualmente está em 14,1% e atinge 14 milhões de pessoas.

PageFlips: PL Fies Emanuelzinho

“A situação  acaba impossibilitando grande parcela dos estudantes a continuarem a pagar as parcelas do   programa estudantil, sem afetar o seu sustento de vida. Com o objetivo de garantir senso de justiça a esses estudantes enquadrados na lei que dispõe sobre o benefício ao auxilio emergencial,  estou trabalhando pela aprovação desse projeto”, disse Emanuelzinho.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jandir | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 19h54
    0
    0

    Jandir, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Mara Penha | Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 15h39
    1
    3

    Adorei. Quero ver essas universidades inúteis falindo.

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

MAIS LIDAS