Legislativo

Quarta-Feira, 10 de Julho de 2019, 19h:46 | Atualizado: 11/07/2019, 09h:42

1º TURNO

Entre os 8 da bancada de MT, apenas Rosa Neide votou contra a PEC da Previdência

Lula Marques

Rosa Neide

Rosa Neide no plenário da Câmara Federal; na votação de hoje, foi a única de MT a votar contra PEC da Previdência

Somente a deputada Rosa Neide (PT) votou contra o texto-base da reforma da PEC da Previdência. Os demais integrantes da bancada de Mato Grosso na Câmara Federal – Nelson Barbudo (PSL), José Medeiros (Podemos), Emanuelzinho (PTB), Neri Geller (PP),  Carlos Bezerra (MDB), Doutor Leonardo (Solidariedade) e Juarez Costa (MDB) - foram favoráveis à proposta encaminhada pelo Governo Jair Bolsonaro (PSL).

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou em 1º turno, por 379 votos a 131, o texto-base da reforma da Previdência na noite dessa quarta (10). Agora, os parlamentares começarão a votar os destaques apresentados à proposta.

Os destaques podem ser de emenda ou de texto. Para aprovar uma emenda, seus apoiadores precisam de 308 votos favoráveis. No caso do texto separado para votação à parte, aqueles que pretendem incluí-lo novamente na redação final da PEC é que precisam garantir esse quórum favorável ao trecho destacado.

A matéria foi aprovada na forma do substitutivo do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que apresenta novas regras para aposentadoria e pensões.

 O texto aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, aumenta as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.

Outros pontos

Ficaram de fora da proposta a capitalização (poupança individual) e mudanças na aposentadoria de pequenos produtores e trabalhadores rurais.

Na nova regra geral para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória.

Para todos os trabalhadores que ainda não tenham atingido os requisitos para se aposentar, regras definitivas de pensão por morte, de acúmulo de pensões e de cálculo dos benefícios dependerão de lei futura, mas o texto traz normas transitórias até ela ser feita.

Obstrução

A oposição obstruiu os trabalhos por ser contra os termos do substitutivo, argumentando que as regras são rígidas demais, principalmente para os trabalhadores de baixa renda.

Liberação de Emendas

Eleito com discurso critico à chamada velha política, o presidente Jair Bolsonaro, às vésperas da votação na Câmara da reforma da Previdência resolveu lançar mão de uma das práticas mais antigas de convencimento de parlamentares: a liberação de emendas ao Orçamento.  Só em julho, o governo liberou R$ 2,55 bilhões em emendas, de acordo com levantamento da ONG Contas Abertas. Os partidos que mais receberam são Podemos, PP, PL e o PSD, todos do chamado Centrão (Com informações da Agência Câmara).

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • Cida Cortez | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 19h38
    2
    3

    Parabéns DEP Rosa Neide. Vc demonstra de fato a sede da O povo , principalmente dos humildes. Deus te abençoe e dê formas pra enfrentar esse governo TIRANO e distruidor do Brasil

  • ELEITOR | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 16h25
    6
    4

    A unica descompensada de MT.

  • Fernando Campos | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 14h01
    11
    14

    Obrigado Rosa Neide!!! to vendo o povo comemorar a reforma da previdência... não sabe o que os aguarda!!! Grande parte da população pobre vai sofrer na pele por essa "REFORMA"!!!! Mais uma vez, muito obrigado professora!!!!

  • GILMAR DE PAULA | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 13h38
    15
    12

    Natural que a petista tenha votado contra a Reforma da Previdência. Afinal a reforma não era para TRIPLEX ou de SÍTIO.

  • soares zurrilho | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 13h25
    10
    14

    Orgulho do nosso médio norte. Sempre defendeu quem trabalha. Agora quero ver o povo que acreditou na salvaçáo do planeta com a reforma. Cade o emprego?

  • Ventura | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 12h39
    10
    16

    Rosa Neide, nossa deputada de luta em defesa da classe trabalhadora no congresso nacional. Os demais, embora tenham recebido votos dos trabalhadores votaram a favor dos interesses dos poderosos, parabéns deputada.

  • Nelson | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 12h34
    10
    15

    Mostrou garra Deputada, essa reforma prejudicará os trabalhadores e não é a saída para a recuperação da economia, necessita-se de melhor gestão, retardar e dificultar aposentadoria é mostrar cobrança de onde não tem de onde mais aumentar a carga tributária da população.

  • bugre | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 12h33
    15
    10

    PT deve mais de 20 milhões para a previdência! Partido de bandidos Olha o chefe aonde está. preso babacas kkkkkkkkkk

  • Felipe Matos | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 11h35
    15
    17

    Parabéns deputada Rosa Neide. Você fez o que os outros deputados deveriam ter feito: votar à favor do Povo matogrossense. Somente você, Rosa Neide, votou com o povo. Os outros votaram contra o povo. Essa reforma não combate privilégio nenhum, pois os milionários continuam intocáveis, os juízes e os militares das forças armadas continuam com seus privilégios. Mas o trabalhador mais pobre vai ver sua aposentadoria minguar, o povão não vai conseguir somar idade mínima com tempo de contribuição para se aposentar e com certeza vai trabalhar até morrer sem se aposentar. Fizeram essa maldade alegando que isso fará a economia voltar a crescer e gerar empregos. Mais uma Mentira contada para ferrar a vida do povo.

  • Bertha | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 11h20
    14
    16

    Obrigada pela luta! Depois vão sentir no lombo quando a velhice chegar e ter que depender de outros para alimentação, remédios, cuidados! Ninguém sabe o dia de amanhã, como seu corpo vai resistir! Os que votaram a favor já estão ricos, não dependem de aposentadorias miseráveis!

Matéria(s) relacionada(s):

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

Rosana reassume Sinop na quinta

gilson de oliveira 400 curtinha sinop   Pela segunda vez, o apresentador de TV Gilson de Oliveira (foto), do MDB, comanda temporariamente Sinop, a chamada capital do Nortão. A prefeita e empresária Rosana Martinelli saiu de licença não remunerada por 12 dias para cuidar de assuntos pessoais. Viajou aos Estados Unidos....

Vereador induzindo as pessoas ao erro

diego guimaraes curtinha 400   O vereador oposicionista pela Capital Diego Guimarães (foto), do PP, está induzindo a erro às pessoas. Mesmo o prefeito Emanuel já tenho anunciado que vetará a proposta da Câmara Municipal de aumentar o seu próprio salário, uma forma de criar o efeito cascata e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.