Legislativo

Quinta-Feira, 07 de Novembro de 2019, 10h:01 | Atualizado: 07/11/2019, 15h:16

Previdência

Estados e municípios vão aprovar reforma da previdência antes das eleições 2020

O Senado aprovou, em primeira votação, a PEC 133, que estabelece alterações na Reforma da Previdência. O texto permite que Estados e municípios façam à adesão integral das regras aprovadas pela União. O projeto ainda precisa ser aprovado em segundo turno antes de seguir para a Câmara. Apenas 11 senadores foram contrários, e 56 votaram favoráveis, entre eles estão os mato-grossenses Selma Arruda (Pode) e Wellington Fagundes (PL). Já Jayme Campos não compareceu.

Jayme Campos, Selma Arruda, Wellington Fagundes

Jayme Campos não estava presente. Selma e Wellington votaram a favor da PEC Paralela

A PEC Paralela corrigiu alguns pontos da Reforma da Previdência aprovada em outubro. A principal delas foi criar a possibilidade dos entes federados aderirem às alterações do regime previdenciário promovidos pelo Governo Federal. A adesão deverá ser feita com envio do texto no formato de projeto de lei pelo Poder Executivo estadual à Assembleia.

Municípios também deverão fazer aprovação após o assunto tiver sido encerrado no Estado. Se não aprovarem regras próprias, deverão aderir de forma compulsória às regras da União. Entre as determinações,  fica previsto que os governadores e prefeitos não podem fazer essa discussão faltando 180 dias para encerrar o mandato, o que em regra exige que os municípios resolvam esta questão antes das eleições do próximo ano.

Em Mato Grosso a expectativa pela reforma é grande, principalmente porque o deficit mensal neste ano se situa em R$ 115 milhões, com perspectiva de encerrar o exercício com um saldo negativo de R$ 1,4 bilhão. O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que é prioritário tratar do tema ainda este ano.

Reiteradamente o presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) tem destacado a importância de se discutir a reforma e garantir que o crescente deficit previdenciário do Estado não entre em colapso em menos de uma década.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.