Legislativo

Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 11h:54 | Atualizado: 23/05/2019, 12h:00

Legislativo

Faissal abre mão da VI em maio e diz que não depende de dinheiro da Assembleia

Em meio à discussão sobre verba indenizatória, que marcou a agenda da Assembleia esta semana, o deputado Faissal (PV) renunciou integralmente os R$ 65 mil que poderia receber este mês para destinar ao programa Assembleia Social. A atitude, segundo o deputado, foi alvo de criticas de próprios colegas de parlamento, que teriam chegado a chamá-lo de “criminoso”.

“Não vou utilizar VI este mês, estou abrindo a totalidade do valor em prol do programa Assembleia Social. Fui vereador desta Capital e não fui candidato à reeleição, simplesmente porque não me sentia mais útil. Quero deixar bem claro que estou aqui por amor, porque eu gosto, não porque quero ganhar dinheiro. Minha fonte de renda não está aqui. Sou advogado e empresário, graças a Deus, bem sucedido”, disse o parlamentar ao se utilizar da tribuna na manhã desta quinta (23).

Fassial disse ainda que, desde o começo do mandato, defende a redução da verba indenizatória e a clareza no destino do valor renunciado. “Eu não fiz promessa de reduzir VI, fui eleito pelo trabalho que executei como vereador da Capital. Agora não sabia que fazer o bem incomodaria tanta gente. Não saberia que ajudar um hospital me chamaria de criminoso”.

Entre os beneficiados pela VI de Faissal, está o Complexo Assistencial e Educacional Maria de Nazaré Obras Sociais, que administra o Hospital Amparo de Rosário Oeste (a 120 km de Cuiabá), e recebeu R$ 25,3 mil.

Nesta quarta (22), a Assembleia aprovou projeto de lei que garante aos deputados decidir se renunciam, a qualquer tempo, a totalidade ou parte, da VI. O projeto foi proposto pelo deputado Ulysses Moraes (DC), mas foi substituído integralmente pelas lideranças partidárias. Na proposta inicial, Ulysses queria reduzir em 50% o valor da verba indenizatória de R$ 65 mil para R$ 32 mil. Diante da derrota, o parlamentar abriu mão de metade do valor que teria direito.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Betão do Pão | Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 06h30
    1
    1

    Tá fazendo assistencialismo. Tá errado. Função do legislativo é legislar e fiscalizar. Quem executa é o executivo. Quer tacar o foda-se pro sistema, tamo junto, mas faz direito. Vira ancap. Caridade com dinheiro dos outros é fácil.

  • Dom Quixote de La Mancha | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 15h41
    3
    0

    Parabéns Deputado Faissal, sua atitude é louvável. Deus o abençoe.

  • PROF ROSALIA | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 14h47
    5
    0

    NÃO PODIA ESPERAR OUTRA AÇÃO SUA SOU AMIGA DE SUA MÃE E O CARÁTER DELA É FANTÁSTICO

  • Vera Margareth | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 14h09
    5
    0

    Ainda sem.acreditar, mas parabenizo o deputado, será que há mesmo uma luz no final deste esgoto

  • Elvis Crey | Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 12h22
    11
    1

    Que o exemplo do nobre deputado seja seguido pelos demais. Parabéns Deputado!

Matéria(s) relacionada(s):

TCE declara prefeita Lucimar à revelia

lucimar campos curtinhas   O conselheiro do TCE Guilherme Maluf declarou à revelia a prefeita Lucimar Campos (foto), de Várzea Grande, em um processo de tomada de conta especial que aponta danos ao erário. Foram feitos pagamentos indevidos à empresa contratada Selprom Tecnologia. A esposa do senador Jayme Campos deve...

Aumento virá se MT melhorar o Ideb

mauro mendes curtinha   O governador Mauro Mendes propõe aos profissionais da Educação, que estão em greve, conceder reajuste de 7,6%, mas se o Estado atingir duas metas. E uma delas dependerá da atuação em sala de aula dos próprios educadores. Esse aumento virá quando o Executivo...

Bezerra se empolga e lança Emanuel

bezerra_curtinha   O deputado federal Carlos Bezerra, eterno presidente do MDB, fez um comentário curioso nesta terça durante o lançamento da construção de um viaduto na avenida Beira Rio, na Capital. Ele disse que políticos como ele e Emanuel têm o perfil de falar mais do que fazer. Em seguida,...

Comitiva da Bolívia e debate sobre gás

O governo boliviano vai retribuir a visita feita pelo governador Mauro Mendes em maio. Há uma pré-agenda de uma comitiva para uma reunião nesta 5ª (27) em MT, quando será debatida a retomada do abastecimento de gás natural, vendido pela Bolívia, além do fornecimento de ureia. Rafael Reis, presidente do MT Gás, diz que ainda não pode dar detalhes, mas garante que as tratativas estão avançando. Mauro, nas...

Licitações serão gravadas em Tangará

rogerio silva curtinha   Mesmo o prefeito Fabinho Junqueira se manifestando contra, a Prefeitura de Tangará da Serra e suas autarquias e também a Câmara Municipal terão agora que gravar e transmitir em áudio e vídeo todas as sessões de licitações. O projeto partiu do vereador emedebista...

Pleno escolhe novo desembargador

carlos alberto 190 curtinha tj   Nesta 5ª (27) o Pleno do Tribunal de Justiça, sob Carlos Alberto Alves, define quem vai assumir a vaga deixada pela desembargadora aposentada Cleuci Terezinha Chagas, que deixou o Pleno em janeiro. Ao total, 24 magistrados, da primeira quinta parte dos mais antigos lotados na Entrância Especial,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.