Legislativo

Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2014, 18h:05 | Atualizado: 25/02/2014, 18h:07

Fórum Sindical e MTPrev na AL

Rodinei Crescêncio/Rdnews

romoaldo_mtprev.jpg

Romoaldo Júnior diz que projeto não será votado nesta semana

O Fórum Sindical promete uma mobilização na Assembleia, nesta quarta (26), para pressionar os deputados a retirarem de pauta a votação do MTPrev – projeto que unifica os Fundos Previdenciários do Executivo, Legislativo e Judiciário –, tendo em vista que o assunto necessita de ampla discussão. “Precisa ser retirado para ter mais tempo de discussão com os sindicatos, é a vida do servidor que está em jogo”, afirma o presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil, Lindomar Marcondes.

Acontece que a manifestação é em decorrência do anúncio do presidente do Legislativo, Romoaldo Júnior (PMDB), de que o MTPrev entrará em votação ainda nesta semana, mesmo após a Comissão Especial da Assembleia alertar a necessidade de mais debates. Por outro lado, o Governo pressiona os deputados para a liberação da matéria, uma vez que o Fundo será um regime único exigido pelo Governo federal para que o Executivo não entre na lista de inadimplentes.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Pesquisa, Assistência e Extensão Rural do Estado de Mato Grosso (Sinterp), Gilmar Brunetto, questiona a verdadeira intenção na aprovação do projeto. “Ninguém sabe o que vem por trás disso tudo. No meu entendimento se for aprovado do jeito que está vai nascer um fundo falido e quem vai pagar a conta será quem precisar da aposentadoria no futuro”. A presidente do Sinetran, Veneranda Acosta, por sua vez, explana que o servidor tem que lutar pelo seu direito de receber aposentadoria digna. “Vamos lutar até o final, para evitar que seja votado sem estarmos de acordo, porque se trata da nossa aposentadoria”.

Entre outras reivindicações, os sindicatos não querem que o cargo de direção da autarquia seja de livre nomeação e exoneração, mas que tenha mandato e que sejam colocados por eles. E também que fique especificado que não haverá desvios de recursos do Fundo para outros setores como aconteceu com o Fethab. (Com assessoria)

Outro lado

O presidente da Assembleia, Romoaldo Júnior (PMDB), afirma que o projeto não será aprovado nesta semana e que dará início a discussões com os deputados. A validação da matéria, segundo Romoaldo, deve ocorrer só após o Carnaval. Quanto às pressões do Fórum Sindical, o peemedebista ressalta que é normal, mas que o governo já discutiu com os interessados. “Não podemos ficar inadimplentes”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • De Olho | Quarta-Feira, 26 de Fevereiro de 2014, 06h42
    0
    0

    De Olho, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Aposentado | Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2014, 20h29
    0
    0

    Quem são os interessados que o Sr. Romualdo se refere? Visto que os servidores estão sendo representados pelo Fórum Sindical que quer exatamente discutir melhor o projeto. Então causa estranheza o Deputado Romualdo dizer que o Governo já discutiu! Olha temos que tomar realmente muito cuidado porque o quem destes deputados quase sempre é ruim para a sociedade e bom para o grupo que estão no poder. Por isso, vamos fazer um limpa nesta AL/MT em outubro deste ano, a começar por este Romualdo, aliás ele esta até com o direito políticos casados!!!!! este é o tipo de deputado que esta na legislatura atual uma vergonha.

Matéria(s) relacionada(s):

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.