Legislativo

Sábado, 01 de Maio de 2010, 08h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

SENADO

Goellner lidera gastos com verba indenizatória; Serys fica em 3º

   O senador Gilberto Goellner (DEM) lidera a lista dos três parlamentares da bancada mato-grossense que mais gastaram a verba indenizatória referente ao mês de março. Dentre as despesas do democrata está R$ 20,6 mil referentes ao pagamento de consultorias, assessorias, pesquisas, trabalhos técnicos e outros serviços de apoio. Deste montante, R$ 8 mil foram repassados à Trade Construções Ltda, R$ 7 mil foram pagos à consultoria empresarial, R$ 3,6 mil à empresa América Auto Posto Ltda e R$ 2 mil pagos à Qualitatis Assessoria.

   Em segundo lugar está o democrata Jayme Campos que apresentou despesas de R$ 19,1 mil. O senador usou R$ 10,5 mil da verba indenizatória para divulgação de atividade parlamentar. Jayme repassou R$ 8,5 ao jornal Diário de Cuiabá e R$ 2 mil à Internet Newa Network. Para locomoção, hospedagem, alimentação, combustíveis e lubrificantes, o parlamentar usou a quantia de R$ 8,5 mil. A maior parte desta fatia foi para a empresa Vida Locadora de Veículos, que recebeu R$ 4,8 mil, e o Auto Posto Ipase, ao qual o senador repassou R$ 3 mil.

   Entre os três senadores mato-grossenses, apenas Serys Marly (PT) não extrapolou a cota de R$15 mil mensais que cada um tem direito. A petista gastou da verba indenizatória R$ 14 mil. O maior montante das despesas de Serys é de R$ 7,1 mil referente à locomoção, hospedagem, alimentação, combustíveis e lubrificantes. Também chama atenção em seu relatório o gasto de R$ 4 mil para aluguel e manutenção de seu escritório político, o que inclui pagamento de energia, linha telefônica, TV a cabo e até o valor de R$ 650 pago ao jornal Diário de Cuiabá.

   Além do salário de R$ 16,5 mil, o dinheiro da verba indenizatória é oferecido aos parlamentares para despesas com locomoção, combustível, divulgação dos serviços parlamentares, dentre outras coisas relacionadas à atividade parlamentar.

 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • FRANCISCO | Sexta-Feira, 09 de Julho de 2010, 12h35
    0
    0

    SRA. JUDITE FALOU TUDO, SE A VERBA É LEI ENTÃO O QUE ELES TEM QUE FAZER É GASTAR ESSE DINHEIRO, EU TAMBEM FARIA O MESMO.

  • Judite Rosa | Domingo, 02 de Maio de 2010, 18h24
    0
    0

    Gostaria de perguntar a equipe do RDNews,e outros orgãos da imprensa de Mato Grosso, se essa tal verba indenizatória que faz jús legalmente os parlamentares federais,estaduais e municipais, é para ser GASTA na atividade do politico portador do mandato, ou é na ser ECONOMIZADO ou DEVOLVIDO MENSALMENTE AO GOVERNO ?,pois se é de Lei,não interessa para os seus leitores todo mês repetir a mesma noticia, não é mesmo? Então,tá.

  • toco1000 | Domingo, 02 de Maio de 2010, 12h51
    0
    0

    toco1000, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.