Legislativo

Terça-Feira, 23 de Julho de 2019, 17h:45 | Atualizado: 24/07/2019, 10h:57

FORA DO MURO

Governador poderia ter evitado greve se tivesse transparência, critica Wellington

Rodinei Crescêncio

Wellington Fagundes

O senador Wellington Fagundes conversa com a imprensa durante reabertura do Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, na manhã desta terça

O senador Wellington Fagundes (PR) critica o governador Mauro Mendes (DEM) e aponta que a greve dos servidores da Educação poderia ter sido evitada se houvesse transparência em relação à falta de caixa, como tem argumentado o democrata. O parlamentar avalia que se tivesse sido eleito governador teria contornado a situação com diálogo. Esta é a primeira vez que o republicano fala sobre o assunto em quase 60 dias de paralisação e era o único parlamentar que ainda não tinha comentado sobre a greve. 

“Eu sou um homem do diálogo. Costumo dizer que não sou de briga, sou de luta. Penso que a greve não deveria ter acontecido se começasse chamando todos e pudessem encontrar um melhor caminho. O Governo alega que não tem caixa suficiente, então abra essas contas, mostre de forma clara à população, principalmente ao servidor e chamar para o desafio: como vou pagar?”, apontou o senador.

Wellington lembra que quando foi candidato a governador prometeu que se eleito iria fazer uma administração com a participação da sociedade, dos setores econômicos e dos servidores públicos.

O prejuízo que o Estado passa com a paralisação dos servidores da Educação, não será reposto de uma hora para a outra

Wellington Fagundes

“Os servidores foram colocados como peça problema para o Estado, e não podem ser encarados dessa forma. O servidor tem o papel mais importante que é ajudar a governar, seja na arrecadação ou na aplicação dos recursos. Por isso, penso que apesar de ser um regime presidencialista, o diálogo é o melhor caminho”, defendeu.

A greve dos servidores da educação está na 9ª semana e, até agora, Mauro ainda não ofereceu nenhuma proposta que agradasse à categoria. O democrata tem apostado que vencerá pelo cansaço dos trabalhadores, que seguem para o segundo mês sem receber salário em razão do corte de ponto.

“Tudo o que é traumático é ruim, hoje o prejuízo que o Estado passa com a paralisação dos servidores da Educação, não será reposto de uma hora para a outra. Imagino que ainda há tempo para que o diálogo seja feito de forma ampla e clara com todos os Poderes, principalmente, para que nossas crianças não sejam prejudicadas”, pontuou Wellington.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Zora Narampa | Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 12h48
    7
    2

    Coberto de razão. E com o tal decreto de calamidade as finanças tão sempre na "emergência". Ninguém vê nada de transparente por causa da tal calamidade instalada desde o começo.

  • jj | Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 11h29
    3
    7

    vamos falar a verdade é isso que essa raça de petista querem,afundar o pais, tudo isso tem dedo do PT, só cego que não vê essa manobra, infelizmente as crianças estão sofrendo sem aula

  • Charles | Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 09h50
    12
    2

    MM esta cometendo o mesmo erro que Pedro Taques cometeu. Prometeu valorizar e não mexer nos direitos adquiridos dos servidores, mais na primeira oportunidade corta direitos adquiridos. E de forma ditadora, não tem conversa. Não sou servidor, mais não gosto de mentira e enganação. É como o senador Wellington comentou, só quem perde são os alunos e a sociedade nessa briga de braço.

  • Bertha | Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 09h25
    12
    2

    Durante a campanha, a promessa de Mauro Mendes era valorizar o servidor público! Mentiu na cara dura! Agora é aguardar a próxima eleição e votar em candidatos que valorizem mesmo o trabalhador!

  • elipe | Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 07h54
    12
    9

    Olha só quem fala em transparência...kkkkkkkkkkkkk... faz-me rir...

  • MONICA | Quarta-Feira, 24 de Julho de 2019, 07h30
    9
    14

    Esse Sen. é demagogo, igual ao Lula, e sua turma, é daqueles que fala qualquer coisa para agradar e angariar eleitores, não gosto dele e estou do lado do Gov. do Estado, não tem como pagar!

  • Elson Oliveira | Terça-Feira, 23 de Julho de 2019, 22h40
    24
    6

    Taí! Sen. Wellington tem razão! Se não tem como pagar, mostre isso na TV em vez de veicular comunicados em horário nobre da tv incitando a população contra uma das classes de trabalhadores mais importantes do país. Wellington Fagundes lembrou bem: nossas crianças são as mais prejudicadas nessa queda de braço!

  • Pedro luis | Terça-Feira, 23 de Julho de 2019, 22h23
    10
    29

    Esse Sobre os professores a uma greve suicida. Eles sabiam da situação do estado, e mesmo assim levaram a categoria a uma greve que não tem o apoio da sociedade. Estavam acostumados a governos frouxo, que não se preocupavam com o caixa do estado. As coisas mudaram, e o eleitor colocou um governador sério, que quer o equilíbrio das contas. Quanto ao senador Fagundes, é um derrotado e sua opinião pouco interessa.

  • Alexandre da Silva | Terça-Feira, 23 de Julho de 2019, 21h42
    21
    11

    O governador mente, se fosse verdade o estado das contas públicas, por que retirou do Conselho fiscal os representantes do executivo? Por que se estamos em.crise ele não pegou as contas e estragou na nossa cara até agora? Por que? Por que ele mente ele quer favorecer alguém nessa.

  • alexandre | Terça-Feira, 23 de Julho de 2019, 20h27
    11
    24

    não tenho nada contra os professores, tenho contra o uso politico do SINTEP pelos partidos da esquerda , se ele der o que o SINTEP quer , ele descumpre a LRF, e sofre impeachment, o Lúdio é o primeiro a protocolar, esta greve é a repetição da greve dos médicos de Cuiaba, contra MM na prefeitura, o decreto de calamidade, LRF estourada, crise, dificuldade para manter a folha em dia, faltou análise de cenários e não apenas o bumba me boi, eu tenho direito ? o movimento é certo, mas no momento errado, não é pedrinho, não é o silval, a mesma receita, não dá certo sempre.. a greve de desgaste...em momento nenhum defendi corte de ponto...

Matéria(s) relacionada(s):

Fábio tenta tirar aliados do prefeito EP

fabio garcia 400 curtinha   Fábio Garcia (foto), presidente do DEM-MT, começou um movimento forte de bastidores para tentar tirar partidos que hoje estão no arco de alianças do prefeito Emanuel (MDB), mesmo o futuro do Democratas na disputa majoritária em Cuiabá ainda sendo uma incógnita. De forma...

Licitação irregular em Alto Araguaia

gustavo de melo 400 curtinha   O conselheiro-subtituto do TCE, Luiz Carlos Pereira, determinou que o prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), suspenda de imediato, devido a apontamento de irregularidades, uma licitação para contratar por R$ 2,9 milhões uma empresa com vistas a executar obras de asfaltamento tipo TSD...

Mutirão fiscal prorrogado na Capital

Emanuel Pinheiro curtinha   Levando em consideração o grande número de contribuintes interessados em negociar dívidas com o município, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu prorrogar o Mutirão de Conciliação Fiscal até 30 de agosto. Os atendimentos foram retomados na terça...

6 deputados podem tentar prefeitura

silvio favero curtinha   Pelo menos seis deputados estaduais ensaiam candidatura à prefeitura. Eles nada têm a perder, pois a legislação não exige renúncia do mandato no Legislativo para disputar vaga no Executivo.  Sílvio Fávero (foto) deve concorrer em Lucas do Rio Verde, numa...

Munhoz agora é adjunto na Sinfra

 Mauricio Munhoz-curtinha-400   O governador Mauro Mendes nomeou o economista e escritor Maurício Munhoz (foto) como secretário adjunto de Gestão e Planejamento da Sinfra, pasta comandada por Marcelo Padeiro. Filiado ao PSD, é representante da Fundação Espaço Democrático em MT, que...

Contribuição com óculos às crianças

virginia mendes 400   Após lançamento de campanhas sociais, como o Aconchego, com distribuição de 100 mil cobertores a famílias em situação de extrema vulnerabilidade, de festas para angariar fundos e ajudar entidades, e do empenho pela reabertura do Hospital Estadual Santa Casa, a primeira-dama do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.