Legislativo

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 14h:01 | Atualizado: 08/02/2019, 16h:33

COFRE MAGRO

Governo só tem 15% do valor necessário para aliviar a Saúde de MT, diz deputado

Rodinei Crescêncio

Doutor jo�o

Deputado estadual Dr. João (MDB) em visita à sede do Rdnews, onde falou sobre a realidade da saúde pública em MT

Compondo o grupo de cinco parlamentares médicos que atuam nessa legislatura, João José de Matos (MDB), o Dr. João, defende que a saúde pública em Mato Grosso precisa ser descentralizada da Capital. Para o deputado, não adianta somente inaugurar um novo Pronto-Socorro, em Cuiabá, pois isso não resolverá o problema da falta de estrutura dos hospitais no interior.

Outra situação é a falta de recursos públicos que só piora a situação de sucateamento da saúde no Estado, sendo que a Secretaria de Saúde teria solicitado R$ 60 milhões ao Executivo para "refrigerar" a situação, mas o montante disponível pelo Executivo não passa de R$ 9 milhões, ou seja, apenas 15% do necessário. 

“Se não houver essa descentralização, podem até inaugurar o novo Pronto-Socorro, mas vai simplesmente tirar a população de um corredor de um local sujo e velho para colocar em um corredor novo e limpo, enquanto os hospitais regionais continuarão sucateados”, assevera.

Dr. João relata que já se reuniu com o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo, e que a situação apresentada pelo titular da pasta é pouco tranquilizadora. Segundo ele, dos R$ 60 milhões necessários - o que engloba R$ 400 milhões de restos a pagar -, o Executivo garantiu apenas R$ 9 milhões neste momento.  

Neste sentido, o parlamentar avalia que o governador Mauro Mendes (DEM) terá que resolver a questão da saúde sobre dois pilares, o primeiro é com gestão, o segundo é com a conquista de dinheiro novo.

“O governador vai ter que se virar para conseguir dinheiro novo. Eu vou apoiá-lo se não retirar direitos dos servidores ou da sociedade. Mas uma coisa é certa, se nessa legislatura, com cinco parlamentares médicos, a saúde não tiver uma solução, daqui a quatro anos poderemos nos declarar como extremamente incompetentes”, avalia o deputado.

Como proposta para viabilizar políticas públicas que salvem a saúde, João quer criar uma frente parlamentar da Saúde, na Assembleia, além de participar da Comissão de Saúde, onde seu nome é cotado para a presidência.

A justificativa para criação da Frente seria  motivada pelo fato de que outros deputados, não médicos, demonstrarem interesse em militar pela causa, mas não terão esse espaço na Comissão de Saúde, onde cinco médicos - Guilherme Maluf (PSDB), Dr. Gimenez (PV), Dr. Eugênio (PSB) e Ludio Cabral (PT), mais Paulo Araújo (PP), que atuou por quase vinte anos na área da saúde estadual - já fecham a composição da comissão.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Pedro luis | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 22h05
    0
    0

    Simples, é só cortar 50% do duodecimo da assembleia e passar para a saúde. Para bancar 24 deputados não precisa de 531 milhões, que o orçamento da assembleia para esse ano. Isso ninguem discute...

Matéria(s) relacionada(s):

Ulysses, ideologia e clima amistoso

Ulysses Moraes curtinha   Entre os 14 deputados novatos, Ulysses Moraes (foto), do DC, é quem assumiu cadeira na Assembleia fazendo o maior barulho. Polêmico líder do MBL em Mato Grosso, ganhou fama devido aos vídeos no Youtube, em que faz críticas ao petismo e a corrupção no Estado. Antes mesmo de...

Max ou Maluf será conselheiro do TCE

max russi curtinha   Até 5ª (21) a Assembleia deve aprovar tanto no colégio de líderes quanto em plenário o nome de Max (foto) ou de Maluf para o cargo vitalício do TCE. Curiosamente, os dois estão nivelados em termos de “problemas”. Maluf se tornou réu. Max responde também a...

Guiratinga dá R$ 900 pra paciente SUS

humberto domingues bolinha curtinha guiratinga   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingues Ferreira, o Bolinha (foto), do PSDB, transformou em lei uma medida considerada rara no Estado, garantindo auxílio de R$ 900 reais a cada paciente do SUS que necessite se deslocar a outra cidade para fins de tratamento médico. Essa...

O retorno e como apresentador de TV

eder moraes curtinha   E ele ressurge depois de ir do céu ao inferno. Eder Moraes, que foi supersecretário dos governos Blairo e Silval, se envolveu em escândalos, ficou preso por alguns meses e carrega condenações, processos e ações sobre os ombros, volta ao noticiário, agora como apresentador...

Condenada por fraudes na equipe de JC

chica nunes curtinha   Jayme Campos (DEM), de volta à cadeira de senador para mais oito anos de mandato, emprega no gabinete não apenas Baiano Filho, que foi vereador por Sinop e deputado estadual. Na lista de 22 nomeados nos últimos 15 dias está outra pessoa que passou pelos mesmos cargos, a ex-deputada e...

Reação do agro por causa da taxação

mauro mendes curtinha   Em solo onde brotam culturas que sustentam Sorriso no ranking de capital nacional do agronegócio e dentro de um círculo tomado por um grupo de produtores rurais, o governador Mauro Mendes (foto), que teve a coragem de taxar o agronegócio, não poderia encontrar um ambiente favorável. Ali, ao...

Selma usa Dilma para ficar no Senado

selma arruda curtinha   Na tentativa de escapar de uma cassação pela Justiça Eleitoral, a senadora Selma Arruda (PSL) invocou, quem diria, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Conhecida por bradar contra o Partido dos Trabalhadores, a senadora traz em suas alegações finais a decisão do TSE que inocentou a...

Deputado presta homenagem a pastor

thiago silva curtinha   Da tribuna da AL, em sessão na quinta, o deputado estreante Thiago Silva (foto) prestou homenagem ao pastor da Assembleia de Deus, Rubens Siro de Souza, que faz aniversário neste sábado (16). Membro da mesma Igreja, Thiago rasgou elogios a Rubens, vice-presidente da Convenção dos Ministros...

Janaina confirma bloco dos 10 na AL

A deputada Janaina Riva (MDB) confirma a construção de um bloco formado por 10 parlamentares. Ela pondera que Ullysses e Xuxu foram convidados, mas que não integram o grupo. Garante que a ideia é atuar na defesa dos direitos dos servidores e que, por enquanto, pautas como as eleições de 2022 ou a presidência da AL em 2020 ainda não são tema de discussão. Sobre o TCE, confirma que o bloco pretende votar unido em um candidato. A...

MAIS LIDAS