Legislativo

Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019, 14h:33 | Atualizado: 20/05/2019, 14h:37

POLÊMICA À VISTA

Jayme deve assumir Conselho de Ética do Senado para investigar Flávio Bolsonaro

Waldemir Barreto

Jayme Campos

Senador por MT Jayme Campos (DEM) na tribuna do Senado, durante sessão plenária

O senador Jayme Campos (DEM) segue cotado para assumir a presidência do Conselho de Ética do Senado. Caso a eleição para o cargo se confirme, o democrata conduzirá o processo de conduta ética contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

O  filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) é investigado pelo Ministério Público por suspeita de peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa. Além disso, existem suspeitas de suposto envolvimento de Flávio com a milícia no Rio de Janeiro.

A possibilidade do democrata assumir a presidência do Conselho de Ética foi divulgada pela Revista Época neste final de semana. Entretanto, o assunto foi abordado pelo   ainda em fevereiro na matéria “Jayme assume presidência do Conselho de Ética e diz que trajetória limpa o credencia para função”.

Questionado sobre a postura que adotaria, Jayme prometeu cautela e respeito à lei. Ainda assim, evitou falar de casos concretos. "Iniciei na vida pública em 1982 e tenho 36 anos de uma trajetória política limpa. Por isso, estou apto a exercer a função de presidente do Conselho de Ética. Vou conduzir os eventuais processos de forma justa, sem açodamento e respeitando o que diz a lei. Missão dada é missão cumprida", disse. 

A presença de Jayme no Conselho de Ética não é novidade. Durante o primeiro mandato de senador (2007-2014) foi eleito e reeleito vice-presidente do colegiado.

Investigações contra Flávio 

 Há indícios de que houve no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro na Assembleia do Rio de Janeiro (Alerj) a chamada “rachadinha” - prática de servidores devolverem parte dos salários aos deputados.  

Em fevereiro deste ano, o próprio ex-motorista Fabrício Queiroz confirmou, em depoimento por escrito, que servidores do gabinete de Flávio devolviam parte do salário e que esse dinheiro era usado para ampliar a rede de colaboradores junto à base eleitoral do então deputado. O hoje senador Flávio nega que a "rachadinha" tenha ocorrido em seu gabinete (Com informações da Época).

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • CHIRRÃO | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 16h33
    0
    1

    ESSE AI TEM UMA ÉTICA INVEJÁVEL...só que nom!

  • Nunes | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 09h10
    2
    1

    Deveria investigar a morte do trabalhador, que morreu enfrente ao shopping Goiabeiras

  • Eduardo Neves | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 08h29
    1
    5

    Realmente o Jaime Campos e' um politico serio e honrado ate' que me prove o contrario.Pois ate' hoje nunca entrou em safadezas e maracutaias. Pode sim ser o Presidente da Comissao de Etica do Senado.

  • Eli Rosa | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 08h25
    1
    3

    Só espero que Jayme campo representa bem o seu povo de MATO GROSSO principalmente o de várzea Grande.

  • Edson Canzian | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 07h43
    0
    2

    Edson Canzian, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 07h34
    0
    2

    Maria, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Critico | Terça-Feira, 21 de Maio de 2019, 02h10
    0
    2

    Critico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Lito | Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019, 15h01
    4
    2

    Quá, vem arranjo por aí. Aguardem.

Matéria(s) relacionada(s):

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.