Legislativo

Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 12h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

CÂMARA DE CUIABÁ

Júlio entra na briga por comando da Mesa e tira sono de Adevair

Júlio Pinheiro  A apenas oito dias para a escolha da nova Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá, os bastidores do Legislativo fervem com o surgimento de um grupo que pretende contrapor o de Adevair Cabral (PDT), que já dava como certa a sua vitória em 25 de agosto, quando vai ser escolhido o sucessor de Deucimar Silva (PP). A reviravolta no Legislativo cuiabano ocorreu devido à saída de Ivan Evangelista (PPS), cassado por compra de votos. Ele é tido como o principal articulador pró-Adevair e teria costurado todos os apoios para o pedetista, que até a semana passada sorria à toa, mas que agora começa a ver o famoso grupo dos 14 “desmoronar”.

  O grande motivador dessa reviravolta é justamente o substituto de Ivan, Júlio Pinheiro (PTB), que entrou com a corda toda e, desde o primeiro minuto que pisou na Câmara, passou a tentar cooptar aliados para se sagrar como novo presidente da Casa. Vereador de terceiro mandato, ele se mostra habilidoso na arte de negociar. Além disso, conta com o apoio do vereador Clóvis Hugueney (PTB), o Clovito, do seu partido e do próprio prefeito de Cuiabá Chico Galindo (PTB), que não interfere diretamente, mas acompanha o desenrolar da história. A entrada dele ocorre depois que o vereador licenciado Edivá Alves (PSDB), que hoje comanda a secretaria municipal de Trânsito e Transporte Urbano, resolveu jogar a toalha.

  Assim há uma expectativa de que a bancada do PSDB, orientada pelo presidente municipal Ussiel Tavares, possa votar em bloco junto com Pinheiro. Hoje Lueci Ramos e Antônio Fernandes estão com Adevair. Resolveram abraçar o projeto dele depois que o pedetista ofereceu a 1ª secretaria para Lueci e a 2ª vice-presidência a Antônio Fernandes. Para atender as exigências partidárias, eles teriam que abandonar Adevair e compor com a ala do PTB. Já o líder do prefeito na Câmara Paulo Borges (PSDB) integra o grupo de dissidentes, enquanto que Roosivelt Coelho está licenciado. Nos bastidores comenta-se que Lueci aceitaria abandonar o grupo do pedetista para concorrer à sucessão de Deucimar. O nome de Borges também é cogitado. De todo modo, Lueci, Borges ou Pinheiro deve ser escolhido como "cabeça de chapa", consolidando a formação de uma segunda via.

   Em meio ao assédio dos dois grupos, estariam indecisos Lúdio Cabral (PT), Washington Barbosa (PRB) e Francisco Vuolo (PR). Além disso, Domingos Sávio (PMDB) estaria inconformado com o modo como Adevair conduziu todo o processo ao antecipar a escolha do novo presidente de dezembro para agosto. É um dos que podem aderir ao grupo, que faz frente ao pedetista, levando com ele o também peemedebista Arnaldo Penha. Outra manobra que pode dar mais força para o grupo contrário a Adevair seria a volta de Edivá e até de Néviton Fagundes, hoje secretário de Esporte e Cidadania, para o Legislativo. Muito ligados a ala governista, eles estariam dispostos a apoiar o projeto contrário ao de Adevair. No caso de Edivá ele cobriria o “buraco” deixado pela licença de Roosivelt. Já Néviton mostraria sua lealdade ao grupo já que Ademir Xavier hoje se mostra relutante e pretende ficar com Adevair.

   Apesar das baixas, o ex-secretário de Cultura conta com o apoio dos progressistas Everton Pop, Leve Levi, que apesar de licenciado tem poderes sobre o voto do suplente Juca do Guaraná, além do próprio Deucimar. Outros que integram o grupo é Chico 2000 (PR), Toninho de Souza (PDT) e Totó César (PRTB). Tanta movimentação estaria tirando o sono de Adevair, que tenta manter o grupo e cooptar mais apoio. Por enquanto, o cenário está indefinido e, a exemplo da escolha de Deucimar, que venceu Lueci em janeiro de 2009, a nova eleição promete ser bastante polêmica e recheada de articulações.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Maria Joaquina | Quarta-Feira, 18 de Agosto de 2010, 13h49
    0
    0

    O legislativo Cuiabano não funciona a 19 meses, aonde está nossos impostos?, aonde está o duodécimo da Câmara??? se ela está parcialmente fechada...No final Deucimar, vai Darcimal...NÃO HÁ VERDADE QUE UM DIA, NÃO VENHA Á TONA!!!!

  • paulo macedo | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 19h23
    0
    0

    E isso ai JULIO PINHEIRO vira jogo, mostra que a manobra do deucimar e colocar o adevair de laranja pra pagar as contas da sua candiadatura furada .

  • josé carlos | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 17h49
    0
    0

    como esse julio vai ser presidente se nem esta efetivo isso esta cherando malandragem estilo nossa camara municipal, de uma coisa eu sei vou convidar meus amigos para ver mais uma dessa camara municipal. afinal de contas vai ser um fato inedito no brasil alguem ser eleito que nem mesmo esta efetivo no cargo. o que esperar desse povo?

  • Gilmar Brunetto | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 16h53
    0
    0

    Vai rolar muita grana, o Lixo, a fumaça e os burracos tomando conta da Cidade, sem falar na falda de água, das filas nas poloclinicas e pronto socorro. E o atual presidente Deucimar oque será que esta fazendo com o duodécimo? As duas últimas gestões desviaram mais de 12 milhões. Será que a farra continua?

  • pedro | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 15h35
    0
    0

    aff adeus cuiabá caso esse julio pinheiro seja presidente da camara..

  • Cleverson | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 13h38
    0
    0

    como que o Riva. Chica pode ser candidatos e o Ivan ser casado por um cara chamado Wellington e deixar um cara como esse julio pinheiro ser vereador

  • Otavio fernandes | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 13h31
    0
    0

    esse julio pinheiro é o cara mas corrupto em toda as minha vida.. tenho certeza que não vai durar mto tempo na camara... ouvir dizer que Ivan ja pode voltar pra camara dai eu quero ver como que vai ficar..

  • IVAN NUNES | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 13h18
    0
    0

    SÓ TENHO DÓ DE CUIABÁ, COM DESSES DOIS..AVE MARIA.

  • Gean Carlo | Terça-Feira, 17 de Agosto de 2010, 12h36
    0
    0

    Este vereador não é aquele que passou pela Camâra de vereadores de Cuiabá e ficou conhecido por não ter feito nada, bem improdutivo e agora quer o apoio do povo para alcançar vôos mais altos, etâ povo que escolhe mal....

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.