Legislativo

Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 12h:36 | Atualizado: 24/04/2014, 13h:19

Leitão critica visita de Dilma

O deputado federal Nilson Leitão (PSDB) aproveitou que a presidente Dilma Rousseff (PT) viria a Cuiabá para soltar duras críticas a sua gestão no Plenário da Câmara Federal, nesta quinta (24). O tucano, que faz oposição a petista, “desafiou” ela a andar de carro pela cidade para ver o estado das obras na Capital.

Apesar de direcionar os embates à presidente, os argumentos do parlamentar atinge mais ao governador Silval Barbosa (PMDB) e o prefeito Mauro Mendes (PSB), responsáveis pelos trâmites das obras. “Não desça de helicóptero presidente, vá de carro para que possa ver o absurdo que está Cuiabá, veja o que será visto pelos turistas, as obras da Copa será uma vergonha para a sociedade, para o povo brasileiro e de Mato Grosso”, disse o deputado. 

Para ele, a presidente não deveria fazer uma visita política no Estado, mas sim técnica, a fim de ver as mazelas que estão ocorrendo e puxar a orelha dos responsáveis. Para o parlamentar, se a presidente fosse ao jogo do Luverdense e Vasco, no sábado (26), seria vaiada pelos presentes e por isso veio à Capital com antecedência para fazer só uma vistoria na Arena Pantanal. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • emidio de souza líder comunitario | Sexta-Feira, 25 de Abril de 2014, 18h13
    0
    0

    eu gosto de ver a atuação do deputado federal Nilson Leitão (PSDB),mais vamos Respeitar o Trabalho e investimento que nossa querida Cuiabá esta recebendo nos governo, Dilma e Silval,a unica injustiça que Silval, esta fazendo e que prometeu as Indenização das famílias que sera despropriado por caso das obras da copa,inclusive os perfeicionas da prainha, isso vai pesar na Balancá, Politicamente. Eu Emidio de Souza, quero ser Deputado Estadual de MT,e não vou permitir prejuízo a esse povo trabalhador.

  • Elio Alves | Sexta-Feira, 25 de Abril de 2014, 14h37
    2
    0

    Sabemos que a disputa pelo poder, pelos políticos, nem sempre se faz com buscar o bem estar para todos, mas também se faz obstruindo esta busca, seja ela feita por quem quer que seja. Cuiabá é uma Capital com aspecto feudal resultado desta mesma pratica política: critica a quem faz, mas acima de tudo comodismo dos ex- prefeitos. Agora as obras redentoras para Cuiabá chegaram. Só que chegaram todas de uma só vez. Obras que na sua maioria já eram para estar prontas a décadas. A turma do comodismo e do conformismo com o atraso se uniram e conseguiram atingir seus objetivos, o atraso das obras, através de "denuncismos" . Agora o cenário está preparado. O povo sem o fim das obras, revoltados com razão, e ainda ficam na obrigação de votar nos políticos denuncistas.

  • luis | Sexta-Feira, 25 de Abril de 2014, 12h52
    0
    1

    filipe matos, quem ta privatizando e acabando com o brasil, e o pt, e a dilma. ajuda a recuperar os rombo que derao na petrobras.

  • JOAO | Sexta-Feira, 25 de Abril de 2014, 12h27
    0
    1

    a dilma nao vem no sabado entre luverdense e vasco para nao ser vaiada.sai fora DILMA E PT

  • paulo | Sexta-Feira, 25 de Abril de 2014, 09h11
    4
    1

    Boa deputado,esta é uma das suas funções,fiscalizar....

  • Felipe Matos | Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 23h02
    4
    2

    O PSDB é medíocre nunca investiu 1 real no Brasil. Privatizou todo o patrimônio brasileiro e ainda botava o país de pires na mão pedindo grana pro FMI e esse deputado ainda vem criticar quem está trabalhando. Nunca o Brasil e MT tiveram tanta obra e geração de emprego qto agora nos governos do PT. Ah vá caçar o q fazer deputado.

  • Wagner | Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 18h58
    0
    0

    Wagner, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Angelo | Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 18h19
    7
    2

    Todos os deputados federais de MT são medíocres, mas esse aí, é hors concours ...

  • oliveira | Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014, 15h27
    3
    3

    ta certo deputado a dilma tem q passar nas crateras q ta as ruas de cuiaba e ver

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.