Legislativo

Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 14h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Câmara de Cuiabá

Levi e Deucimar expõem PP ao lavar "roupa suja" em plenário

    O presidente da Câmara de Cuiabá, Deucimar Silva, e o vereador Leve Levi, ambos do PP, protagonizaram um “bate-boca” durante a sessão desta quinta (4) e resolveram lavar a “roupa suja” de assuntos internos. Na plateia estavam os colegas de parlamento. A indicação do novo secretário de Assistência Social, que vai substituir Celcita Pinheiro, teria motivado a exaltação dos ânimos, mas nos bastidores comenta-se que o clima esquentou mesmo porque os dois são pré-candidatos a uma das 24 vagas de deputado estadual e disputam espaço internamente. Já Éverton Pop (PP), que também é pré-candidato a AL, tenta se manter distante da briga dos dois e colocar panos quentes para apaziguar a situação.

  Apesar de não entrar em detalhes, Deucimar chegou a dizer que desconhece os motivos do descontentamento de Levi, mas que deve ter sido por contaminação política. “Não sei o que houve, mas deve ser motivação política”, afirmou Deucimar. Perguntado se acredita que os trabalhos do Legislativo vão ser contaminados politicamente pela eleição majoritária em outubro, o progressista é ponderado. Evitando polemizar,  se limitou a dizer que os trabalhos devem transcorrer normalmente e que o processo eleitoral não vai atrapalhar o andamento dos trabalhos.

  Durante a sessão, em meio as discussões, Levi chegou a dizer que indicará Lídio Barbosa, filho do segundo suplente Juca do Guaraná (PP), para assumir a área social do município. Juca teria pedido a Levi que articulasse a nomeação com a promessa de que vai ajudá-lo na corrida por uma das vagas de deputado. “Ele (Levi) tem o direito de indicar quem ele quiser. Eu e o Pop vamos indicar os nossos nomes. Quem tiver o melhor currículo deve ser escolhido”, disse Deucimar, que não escondia o descontentamento pelo fato do debate interno ter sido debatido durante a sessão. "Não entendi porque este assunto foi tratado na sessão", disse. 

  O presidente da Casa negou que o seu chefe de gabinete Sebastião Ney  será indicado por ele para o posto de secretário de Assistência Social. “Isso nunca foi cogitado”, rechaça. Apesar disso, comenta-se que o nome de Ney teria sido referendado por Deucimar. Por enquanto, nenhuma definição ocorreu e os progressistas devem debater o assunto em uma reunião fechada para depois encaminhar uma lista tríplice. Apesar de não confirmar nenhum nome, Deucimar rechaçou a possibilidade do suplente Marcus Fabrício (PP) ser o “escolhido”. “Ele não será secretário”, se limitou a dizer o presidente da Câmara, que completou dizendo que não tem nada pessoal contra Fabrício, mas que ele não será o novo secretário. Fabrício e Deucimar se desentenderam no início do ano passado quando Fabrício tentou cancelar junto a Justiça alguns votos que Deucimar teve em uma urna de lona, para assim, assumir a cadeira de vereador. Ambos tiveram 3.524 votos, mas como Deucimar é mais velho ficou com a vaga.

   Lixo

   Em meio a empolgação das discussões, Levi “desenterrou” até a CPI do Lixo e exigiu que o relatório final fosse lido em plenário. Não escondendo a irritação Deucimar reclamou que ele não tem o relatório e que não há motivo para ele ser lido. Levi retrucou: “pois eu tenho esse relatório”. Na tréplica, Deucimar disse que se ele tem é muito estranho porque nunca ninguém viu o relatório feito pelo colega de partigo Marcus Fabrício, que relatou a CPI, presidida por Francisco Vuolo. “Ele não tem o relatório. Se tiver é uma surpresa. Eu já contratei até o FBI para tentar achar esse relatório”, afirmou o presidente da Câmara. Vuolo, por sua vez, garante que o relatório existe, mas que ele não foi submetido a votação porque não há um entendimento jurídico se isso é necessário. "Mesmo assim cumprimos nosso papel. E toda a documentação foi encaminhada aos órgãos competentes para que pudessem tomar as medidas cabíbeis", ressalta o republicano.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Salomão | Segunda-Feira, 08 de Fevereiro de 2010, 14h32
    0
    0

    Olha seria melhor o Deucimar ficar quieto pois, o que ele pretente ele é o todo poderoso , poderoso Deucimar é so um Deus, entao voce achou um que nao ficou quieto com o seu poder absuluto , enquanto outros vereadores ficam comendo de perder o DIMDIM esse nao ficou e encarou acho que o Fabricio Faria isso pois ele é um Homem competente o que fala e nao ia ficar de Acordo com voce

  • Silvana | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 17h50
    0
    0

    O dr. Ney é muito competente para tal cargo. Chega de politicagem em pastas tão importantes como a área social. QUEREMOS O DR. NEY SIM!!!!!

  • augusto cesar Martins de Siqueira Júnior | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 13h44
    0
    0

    A casa de leis deveria ser respeitada porque é do povo e para o povo, e não lugar de bate boca, de parlamentares que mal sequer terminaram seus mandatos de veradores e já pensam em serem candidatos a deputado estadual, acho que todos estes, deveriam tomar vergonha na cara e representar de forma legitima a população que os elegeus, se insistirem em serem candidatos são sérios candidatos a serem passageiros do BATEU MUCHE, que propostas estes senhores apresentaram a população de cuiabá? Levi tenha conscieência, vc que é evangélico e cumpra com o que DEUS TE DEU COMO MISSÃO ATÉ O FIM E NÃO NO MEIO, DEUCIMAR VC QUE VEM REALIZANDO UM EXCELENTE TRABALHO COMO PRESIDENTE DA CASA, CONCLUA SEU MANDATO, É MAIS HONROSO

  • Ney | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 09h22
    0
    0

    Esse senhor Deucimar pensa que está acima do bem e do mal e é o senhor sabe tudo, mas está redondamente equivocado nessa linha de pensamento. Ele pensa que ele é o cara, mas parece um vereador de único mandato, com essa arrogância e prepotência. A democracia é feita de debates de opiniões e não de imposição, por isso vereador deve-se ouvir o povo (que o elegeu), as opiniões de colegas e pares de partido (suplentes que o ajudaram com os votos).

  • julio augusto de oliveira soares | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 07h24
    0
    0

    Alguem deveria dizer ao senhor Deucimar que os embates das ideias e oxigenio da Democracia,que para existir passa pela seguranca do direito que o mesmo nao pratica ao nao reconhecer e nao implantar o PCCS tal qual foi votado na casa onde ele preside, a sua queda de braco com os funcionarios da casa por puro egoismo e falta de tato politico o esta levando a um desgaste desnecessario que reflete na qualidade de vida da familia dos funcionarios.Quem assim age perde a legitimidade de querer alcar voos mais alto na politica . O vereador Levi Levi tem todo o direito do mundo de propor nome para o partido assim como o proprio Deucimar que tem que perder a mania de se achar um sinhozinho de escravo, pois politica se faz com debate interno e tambem externo onde o representante mostra a sua base que esta procurando defender os interesses desta.

  • Esmael Vicente | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 06h36
    0
    0

    Quando o vereador Deucimar se elegeu, conseguindo desbancar o Marcos Fabricio eu cheguei a parabeniza-lo pois estava começando ai a derrota da turma da Chica Nunes, também o parabenizo pela sua atuação na camara municipal. Pena que na sua escalada politica o Deucimar Silva se tornou muito arrogante e prepotente;por isso como sou uma pessoa livre para dar minhas opiniões e acompanho a politica diariamente sou mais pela indicação do vereador Leve Levi pois o conheço a anos e sempre foi uma pessoa ponderada e correto em suas atitudes pois ai se nota que ele está valorizando seu companheiro Juca do Guarana que com seus votos também ajudou o partido a eleger tanto o Levi quanto o Deucimar e também o Pop

  • Giovani cuiaba | Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 23h43
    0
    0

    Com sua prepotência como seria se Deucimar fosse eleito? Participaria do colegiado de lideres na AL? lugar onde se dá valor ao título, Riva valoriza e respeita todos os Deputados independente de sigla, é o que eu vejo. Porque não aprender com o Sr. experiência? Quanto ao Leve Levi, é de luta e determinação, concerteza havera uma cadera esperando ele na AL-MT.

  • Paulo Cunha | Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 17h13
    0
    0

    Pelo que sei e já sofri na pele, o Vereador Levi é uma pessoa de personalidade instável e sem muito compromisso com o crescimento de Cuiabá e sua população. Usa o movimento evagélico em benefício próprio e isso com certeza será cobrado mais dia menos dia...

  • santos carvalho | Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 16h38
    0
    0

    Se a zebra acontecer e o Deucimar for eleito deputado,la na assembleia o buraco e mais embaixo!!! quero ver se ele e Macho para fazer algum barulho...Se cuida Riva,o home e descontrolado a luta pelo poder ele enfrenta ate ele mesmo,Nao viu como estao sendo tratados ate os funcionarios da camara.Os vereadores morrem de medo dele.

  • Felipe Bastos | Quinta-Feira, 04 de Fevereiro de 2010, 16h32
    0
    0

    Pura prática do Levi mesmo, a muitos anos na Câmara municipal de Cuiabá e sempre pensando em si próprio.Aos amigos do Pedregal que olhem o porque o Levi esta indicando o Lídio, pois o Juca prometeu apoio a candidatura do Levi se isso viesse a acontecer. Por outro lado o Presidente Deucimar que chegou a câmara municipal e teve coragem e ousadia, tem todos os créditos e moral para falar, pois está fazendo um trabalho exelênte a frente do legislativo fazendo história como nenhum outro havia tido a capacidade de fazer.Só penso que deva repensar quanto ao seu nome de indicação, acho que deve sim presidente ser o Drº Ney, pois e um homem trabalhador e que reune sim todas as qualidades para conduzir essa secretaria.Ney daqui da grande Cidade Alta, será um orgulho para nós ve-lo a frente da Secretaria, pois se o Deucimar trabalhou muito ai na câmara, parte disso tem o seu suor. Deucimar ,queremos o Ney como secretário.

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.