Legislativo

Terça-Feira, 01 de Outubro de 2019, 14h:59 | Atualizado: 01/10/2019, 15h:05

BANCADA RURALISTA

Líder da bancada de MT diz que Lei Kandir incentiva economia, gera emprego e renda

Rodinei Crescêncio

Neri Geller

Líder da bancada, Neri Geller em entrevista no Rdnews

O coordenador da bancada federal por Mato Grosso deputado Neri Geller (PP) aposta que a PEC que revoga a Lei Kandir será derrubada na Câmara, caso seja aprovada no Senado. O deputado revela que após sua articulação, em conjunto com parlamentares ligados ao agronegócio, conseguiu adiar a votação da proposta que deveria ter sido realizada na terça (24) passada.

“Infelizmente, muitos parlamentares não conhecem o benefício da Lei Kandir. Com os incentivos à produção agropecuária existe o fomento da economia, geração de emprego e renda. Para se ter ideia, nos últimos quatro anos o aumento do consumo em Mato Grosso foi de 48%, em razão de maior de compra de óleo diesel, fertilizantes, máquinas agrícolas”.

Neri cita que um dos fatores que motivou o crescimento do consumo foi o aumento na produção de milho, que passou de 17,7 para 31 milhões de toneladas nos últimos cinco anos, um aumento de 75%, razão que motivou mais busca por produtos e serviços ligados ao campo.

Para o parlamentar, alternativa a PEC 42  é a regulamentação da compensação em razão da Lei Kandir, o FEX, que há dois anos deixou de ser repassado pela União a Estados e municípios, em razão do vencimento da legislação, em 2017. Mato Grosso recebia R$ 500 milhões, sendo que R$ 400 milhões ficavam com o Estado e R$ 100 milhões eram repartidos entre os municípios com produção agropecuária voltada à exportação.

O fim da Lei Kandir significaria incremento anual de pelo menos R$ 7,5 bilhões na arrecadação de ICMS em Mato Grosso. Caso seja aprovado o projeto de Lei Complementar 511/2018, relatado pelo senador Wellington Fagundes (PR), que prevê compensação pela União a Estados e municípios na ordem de R$ 39 bilhões por ano. Mato Grosso ficaria com R$ 1,6 bilhão deste recurso. 

O deputado defende que novas fontes de receitas para os entes federados devem ser estabelecidas com a reforma tributária, que conforme anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, deverá começar a ser tratada de forma mais taxativa junto ao Congresso a partir desta semana.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.