Legislativo

Sábado, 19 de Abril de 2014, 12h:08 | Atualizado: 19/04/2014, 12h:13

Assembleia

Luciane diz que falta de informações dificulta aprovação de bons projetos

Deputada comenta ser frustrante a situação e que muitos projetos bons vão parar na gaveta

Iara Rezende/Rdnews

luciane_bezerra_interna.jpg

Deputada Luciane Bezerra (PSB)

“É meio frustrante”, afirma a deputada estadual Luciane Bezerra (PSB) sobre os trabalhos na Assembleia. Segundo a socialista, devido ao atropelamento e à falta de informações há muitos projetos excelentes que, poderiam beneficiar a população, mas acabam ficando “na gaveta”.

O maior problema, para a deputada, é o fato de as propostas chegarem, principalmente da CCJ, sem terem sido pautadas ou explicadas previamente. “É preciso ficar muito atento, o tempo todo, para que não se perca nenhuma informação ou mudança. Aí quando alguém pede vista de algum projeto, os outros reclamam falando que atrasa”, explica.

De acordo com Luciane, querer entender melhor é um processo necessário para que se possa conhecer do que se trata o projeto, antes de votar em algo que pode mudar toda a dinâmica da sociedade. “Com melhor entendimento poderíamos aprovar leis de modo diferente, com alternativas melhores para os cidadãos, que constantemente nos cobram”.

A socialista ainda afirma que as mensagens que chegam do Governo também são muito rápidas, complicadas e confusas, e a sociedade acaba sendo deixada de lado porque não há tempo de discussão e debates. Além disso, conforme ela, há o fato de ser mulher em um ambiente predominantemente masculino.

Luciane conta que não é fácil, mas que o respeito está sempre presente e que se surpreendeu com o modo como os outros deputados a tratam, bem como as demais representantes do sexo feminino. “A dificuldade, neste caso, é mais de convívio social do que de trabalho em si”. A deputada foi eleita em 2010 com 14.294 votos. Nos bastidores, informações dão conta de que ela não deve disputar à reeleição. Os planos da socialista são de entrar na briga por uma vaga na Câmara Federal, enquanto o marido, ex-prefeito de Juara Oscar Bezerra, também do PSB, enfrentará as urnas para concorrer a vaga na Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Adalberto Ferreira da Silva | Domingo, 20 de Abril de 2014, 18h23
    0
    0

    A questão é que "oposição" parlamentar na Assembleia é desarticulada, não atua em bloco, age dividida por interesses menores dos deputados, e não tendo foco definido, nem unidade na ação política e parlamentar, é engolida pelas manobras do governo e da Mesa Diretora, que agem em defesa de seus interesses. É o jogo político deputada, e a Senhora não sabe disso?

  • Doriane Carvalho | Domingo, 20 de Abril de 2014, 13h01
    0
    0

    Exma. Deputada, isso tudo faz parte do velho pacto de corrupção que impera na AL MT e no Executivo. No mínimo, ser o parlamentar obrigado a votar projeto de lei sem o devido conhecimento e entendimento viola os princípios do Estado Democrático de Direito, tornando ilegítima a representatividade do povo.

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.