Legislativo

Terça-Feira, 11 de Maio de 2010, 18h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

LEGISLATIVO

Maksuês quer instalar CPI da Sonegação para apurar fraudes

   O deputado Maksuês Leite (PP) vai apresentar nesta quarta (12) um requerimento que prevê a instalação da CPI da Sonegação na Assembleia. O progressista subiu à tribuna na sessão vespertina desta terça (11) para demonstrar indignação com as fraudes fiscais. “Os maiores sonegadores são os contribuintes dos setores de combustíveis, móveis e decoração, grãos e eletrodomésticos”, alertou.

   Conforme o parlamentar, o setor de combustíveis movimenta anualmente R$ 1,1 bilhão e há suspeita de que deixe de recolher 14%, o equivalente a R$ 100 milhões, aos cofres do Estado. “Se não tem dinheiro em caixa, é porque alguém sonega”, argumentou o progressista.

   Ele garante que resolveu propor a CPI da Sonegação ao ser designado pela Comissão de Fiscalização da Assembleia para relatar o pedido de empréstimo de R$ 1,1 bilhão feito pelo Estado ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Fiquei horrorizado ao saber que não havia dinheiro em caixa. Os dados da sonegação fiscal são alarmantes”, disse Maksuês em entrevista ao RDNews.

   O deputado avaliou que não haveria necessidade de contrair empréstimos caso os empresários deixassem de sonegar. "Se abrirmos os dados da Sefaz para a CPI, tem empresário que não aguenta dois minutos e vai parar atrás das grades. Apesar de estar até a tampa de processos na secretaria, tem empresário que paga de bom moço e depois vem criticar o empréstimo e a Copa do Mundo. Só emprestamos dinheiro porque se sonega no Estado", sustentou. Além dele, os deputados Zé Domingos Fraga (DEM), Chica Nunes (DEM), Guilherme Maluf (PSDB) já teriam se comprometido a assinar o requerimento de instalação de CPI. Ao todo, são necessárias oito assinaturas. "Vamos articular isso nesta quarta. Com certeza os demais colegas vão apoiar a proposta", acredita Maksuês.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Jedae | Quinta-Feira, 19 de Agosto de 2010, 20h33
    0
    0

    Tenha coerência. Ao menos nestes seus últimos dias de poder. Seu barraco esta caindo, pai riva acabou de rodar, dia 3 de outubro será sua vez!

  • Jedae | Quinta-Feira, 19 de Agosto de 2010, 20h30
    0
    0

    Até dia 31 de março, Mato Grosso era uma maravilha. Esse nobre deputado era um dos que mais defendeu o então governador Maggico. Será que a caixa preta é mais negra ainda? Eita meu Mato Grosso. Isso é bem Mato Grosso!

  • Eduarda Mello | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 18h13
    0
    0

    Deputado Maksuês não é a sonegação fiscal que deixa Mato Grosso sem caixa e sim os duodécimos altíssimos que o Executivo repassa aos poderes por mês, principalmente a Assembléia Legislativa. O Senhor sabe quanto custa um Deputado Estadual para os cofres de Mato Grosso? Além disso, a receita pública de Mato Grosso aumentou quase 700% na última década, mesmo assim os desvios de dinheiro público, ou melhor dizendo, os "rombos" nos cofres públicos, geram falta de investimentos, como exemplo pode-se citar o superfaturamento dos maquinários adquiridos pelo Governo Maggi. Isso não justifica que Mato Grosso deve se endividadar para suprir gastos com a copa de 2014. Mas se houvesse vontade política e planejamento adequado, poderia tirar da própria receita do Estado uma média de 500 milhões por ano, a partir de 2011. Bastaria cortar repasses a Assembléia Legislativa, ao Judiciário, ao Ministério Público e até mesmo dos altos índices de gastos com custeio do Executivo. Desta forma, somente com redução de custeios e repasses aos poderes, Mato Grosso teria condições de fazer a copa mais audaciosa e "limpa" tão almejada pelos matogrosseses. Estamos começando errado: com o Estado endividado.... Isso é muito triste!

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 11h53
    0
    0

    Nobre DEp. desista vc é muito demagogo rapaz vai trabalhar pela segurança de CBA- VGRANDE Q NINGUEM AGUENTA MAIS TANTA VIOLENCIA OH PRA LEMBRAR VC SEU MANDADO JA ERA

  • Sandro Cesar | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 11h38
    0
    0

    Pô Maksuês gosto tanto de vc, pq vc não aperece tentando acabar com máfia da cobrança de ICMS da Sefaz, que faz nossos combustível serem o mair caro do Brasil ???

  • carlos roberto | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 11h19
    0
    0

    E QUEM VAI INVESTIGAR SEU ACERTO COM O JULIO CAMPOS.??

  • ad | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 09h33
    0
    0

    MAKSUES, VC TEM QUE INVESTIGAR E A CORRUPÇÃO, DO GOVERNO E NÃO AQUELES QUE PAGA IMPOSTO, SE NÃO TEM DINHEIRO PRIMEIRO OLHA A CONTA DOS GOVERNADORES DEPOIS DOS SEUS SECRETARIOS, OU VC JA MORDEU O SEU

  • silvia | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 09h18
    0
    0

    Se ha Sonegação de empresário, e porque o Sistema da SEFAZ e falho ou ha conveniencia de alguem.

  • PITTER JOHNSON DA SILVA CAMPOS. | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 08h42
    0
    0

    Por onde andou esse Deputado durante os anos anteriores do seu mandato ??? Resolveu aparecer agora a troco de que será? Se liga Maksuês, o povo de Várzea Grande não viu trabalho seu, somente demagogia.

  • ZÉ DAS VACAS | Terça-Feira, 11 de Maio de 2010, 21h10
    0
    0

    CHEGA DE DEMAGOGIA BARATA SR MAKSUES, AGORA EM ANO ELEITORAL VESPERA DE ELEIÇÕES O SENHOR VEM COM CONVERSA FIADA DE CRIAR CPI, O POVO NÃO É OTARIO NÃO. O SR, BLAIRO MAGGI GOVERNOU 07 ANOS COM TODOS OS 24 DEPUTADOS NA PALMA DA SUA MÃO, AGORA O SENHOR VEM QUERER DAR UMA DE MOCINHO BONZINHO.

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.