Legislativo

Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, 13h:52 | Atualizado: 26/06/2019, 15h:22

The Intercept

Medeiros é repreendido após se referir a marido de Glenn como "parceiro sexual"

Vinicius Loures/Montagem

Glenn Greenwald e Jos� Medeiros

Glenn Greenwald na audiência pública sobre a atuação de juízes e procuradores brasileiros no âmbito da Lava Jato

Durante sessão na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, nessa terça  (25), o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil,  ficou incomodado com o deputado federal José Medeiros (Podemos), que se referiu ao deputado federal David Miranda (PSol -RJ), marido de Glenn, como “parceiro sexual”.  Além disso, acusou o jornalista americano de crime de receptação de material roubado.

Medeiros se referia as conversas atribuídas ao ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro e ao procurador da República Deltan Dallagnol e outros integrantes da Força Tarefa da Operação Lava Jato que estão sendo divulgadas pelo Intercept. Para o parlamentar, o material teria sido “roubado” dos celulares por hacker de forma criminosa.

“Gostaria de lembrar ao deputado que o Supremo Tribunal Federal acabou de tornar crime a homofobia  e não é primeira vez que o deputado se refere à minha vida sexual, o que eu acho um pouco estranho e que deve ser examinado. Meu marido é meu marido, independente de qualquer desejo, se você está pensando sobre sexo, sobre nossa vida sexual. Vamos discutir o assunto que viemos tratar aqui", respondeu Greenwald, chamado para falar sobre a divulgação de conversas pelo celular atribuídas a Sérgio Moro e a procuradores da Lava Jato. 

Parlamentares que participavam da sessão também reagiram e chamaram Medeiros de "homofóbico". O presidente da Comissão, Helder Salomão (PT-ES), pediu a exclusão do termo "parceiro sexual" da ata da audiência e após outro questionamento sobre a vida sexual do jornalista, se irritou e avisou que o deputado estava faltando com o decoro.

No último dia 18, Medeiros usou o Twiter para defender a prisão de Glenn por receptação. Em resposta, o jornalista o acusou de  “autoritário”, “antiético” e lembrou que teve o mandato cassado quando era senador.

Após a polêmica com Glenn, Medeiros resolveu fazer enquete no Twitter reafirmando o termo “parceiro sexual” e perguntando se é “homofóbico” e merece a cassação. Neste caso, até às 13h50 desta quarta (26), 77% dos internautas responderam que “sim”.

Medeiros já responde por quebra de decoro e pode ser cassado. O parlamentar foi representado pelo PSB junto ao Conselho de Ética por ter agredido o colega Alie Machado (PSB-PR) durante discussão sobre a reforma da Previdência. 

 Sobre a polêmica com Glenn, Medeiros aguarda resposta sobre os questionamentos feitos ao representante do site Intercept Brasil para melhor esclarecimento de um processo que, segundo ele, se configura ilegal, parcial e pouco transparente na divulgação de conversas privadas do então juiz Sérgio Moro, durante a sua atuação  no combate a corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Carlinhos AF | Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019, 09h35
    11
    10

    Defender moro ou querer bandido solto não é mais questão de política é caráter já e eu aprendi ficar do lado de quem prende/combate o ladrão e não do lado de quem é preso caráter do bem e caráter do mal escolha seu lado

  • Elias | Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019, 08h19
    19
    14

    Quem e esse Medeiros....cara so da bola fora

  • israel borges | Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019, 08h00
    14
    21

    "22.Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação." Levítico, 18 - Bíblia

  • César Fernandes | Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019, 06h35
    20
    13

    Esse Medeiros é um babaca de marca maior!

  • José Carlos dos Santos | Quinta-Feira, 27 de Junho de 2019, 02h05
    20
    15

    medeiros é o deputado mais babaca que já conheci, se preocupa com matogrosso ao invés de ficar defedendo esse pilantra desse moro.

  • alexandre | Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, 17h04
    14
    26

    mimimi petebas...

  • adair ferreira | Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, 16h33
    34
    22

    esse deputado jose medeiro tem que perder o mandata .. converssa demais

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, 16h01
    35
    20

    To falando que ele tem inveja dos casais homoafetivos kkk este deputado é um factoide... ou um Hacker kkkk

  • Elias | Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019, 14h49
    33
    23

    Deputado inútil

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.