Legislativo

Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 17h:47 | Atualizado: 12/06/2019, 18h:01

EMENDA BARRADA

Na AL, Fórum articula derrubada de veto que barrou a inclusão do Fex na receita

Maurício Barbant

Forum Sindical na AL

Presidente Eduardo Botelho e outros deputados recebem membros do Fórum Sindical para reunião na AL, nesta 4ª

O Fórum Sindical, juntamente com os deputados estaduais que representam os servidores públicos do Executivo, buscam derrubar o veto do governador Mauro Mendes (DEM) a uma emenda que inclui os recursos do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (FEX) na Receita Corrente Líquida do Estado. Na prática, a compensação financeira pelas perdas da Lei Kandir iriam incidir sobre os cálculos para o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), facilitando a concessão da perda inflacionária.

 Na reunião realizada hoje (12) pela manhã, no gabinete do presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM), o Fórum Sindical foi representado pelo sindicalista Oscarlino Alves. Também participaram os deputados estaduais Delegado Claudinei (PSL), Elizeu Nascimento (DC), Valdir Barranco (PT), Paulo Araújo (PP)  e João Batista (Pros).

“Com esse acordo realizado entre os parlamentares na Assembleia, a votação da matéria foi suspensa, até que possamos articular um acordo com o governador ou obter a quantidade suficiente de votos aqui, com o objetivo de garantir a derrubada do veto”, afirmou João Batista após a reunião com Botelho.

Durante a reunião, o líder do governo na Assembleia Dilmar Dal Bosco (DEM) ligou para o coordenador da bancada federal de Mato Grosso, deputado Neri Geller. O progressista explicou que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinaliza a perspectiva de votar a PLP 511 de 2018 nos próximos 15 ou 20 dias, o que garante a liberação dos R$ 500 milhões do FEX.

Ajuste Fiscal

A Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual faz parte do pacote de ajuste fiscal aprovado pela Assembleia durante convocação extraordinária em janeiro.  Também foi aprovada a renovação do Fethab 2, a reforma administrativa que reduz o número de secretarias de 25 para 15 e autoriza a extinção de seis empresas públicas, a Lei Complementar que altera a composição do Conselho do MT Prev e a mensagem que estabelece critérios para concessão da RGA.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • John | Quinta-Feira, 13 de Junho de 2019, 07h43
    0
    0

    Enquanto os servidores do executivo estiverem representandos por esses pelegos do Fórum Sindical, nada conseguirão. Bando de preguiçosos que quando não tem agenda oficial inventam pra não terem que trabalhar!

  • Marcos | Quarta-Feira, 12 de Junho de 2019, 18h44
    1
    3

    Tem que criar vergonha na cara e ir trabalhar cambada.

Matéria(s) relacionada(s):

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

Equipe, foco e elogios ao governador

mauro carvalho 400 curtinha   Mauro Carvalho (foto), o número 2 do Palácio Paiaguás, faz questão de destacar que o governador Mauro Mendes está fechando o 1º ano de mandato sem promover uma única mudança no quadro dos 16 secretários, incluindo os que comandam a CGE e PGE. Entende isso...

Até Galvan quer o Senado pelo agro

antonio galvan 400 curtinha   A eleição suplementar ao Senado para início de 2020 começa a despertar interesse de diferentes setores. Só dos chamados representantes do agronegócio são pelo menos quatro possíveis candidatos. Até Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja Mato...

Sem elo com a servidora denunciante

abilio 400 curtinha   Sob investigação da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá por causa de reincidentes casos de quebra de decoro, Abílio Brunini (foto), em nota, contesta o colega Juca do Guaraná, que divulgou imagens e afirmou que o vereador do PSC esteve no Hospital São Benedito e...

Goleada na cassação no TRE e no TSE

edson fachin 400 curtinha   No TRE-MT, em abril, a juíza aposentada e senadora Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, teve o mandato cassado por unanimidade. No julgamento do recurso da parlamentar no TSE, nesta terça, o placar também foi "elástico": 6 a 1. Somente o ministro Edson Fachin (foto) votou acatando o...

PP não quer se desgrudar do prefeito

vanderlucio 400 curtinha   O PP de Cuiabá está mergulhado na gestão Emanuel Pinheiro, inclusive, comandando três secretarias com Vanderlúcio Rodrigues (foto), de Obras Públicas e que preside a legenda na Capital, Francisco Vuolo (Cultura, Esporte e Turismo) e Débora Marques (Agricultura, Trabalho e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.